Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

13/11/2018 - 07:25

Grupo Panalpina aumenta lucro no 3T18

Modal aéreo registra aumento de 12% no lucro bruto por tonelada; nas operações logísticas, a expansão foi de 4%. "Conseguimos consolidar nosso crescimento em um ambiente de intensa volatilidade", afirma o CEO do Grupo.

Nos primeiros nove meses de 2018, o Grupo Panalpina, um dos principais fornecedores mundiais de soluções para a cadeia de suprimentos, aumentou o faturamento quando comparado ao mesmo período do ano passado. De janeiro a setembro, o lucro bruto aumentou de CHF 1.024,8 milhões para CHF 1.116,2 milhões. Anualmente, o EBIT da Panalpina aumentou de CHF 72,1 milhões para CHF 83.2 milhões e o lucro consolidado expandiu de CHF 48.4 milhões para CHF 51.0 milhões.

"Em um ano caracterizado por tensas relações no comércio internacional, conseguimos aumentar a rentabilidade do grupo em comparação com o mesmo período de 2017", declarou o CEO da Panalpina, Stefan Karlen. "As incertezas da macroeconomia no terceiro trimestre tiveram impactos nos mercados aéreos e marítimos, que performaram aquém do esperado. Observamos o peak season no transporte marítimo abaixo do previsto. O frete aéreo aumentou, o que impactou nossas margens de lucratividade. Entretanto, conseguimos consolidar nosso crescimento em um ambiente de intensa volatilidade".

Aumento de rentabilidade — O lucro bruto do Grupo aumentou 9%, para CHF 1.116,2 milhões nos primeiros nove meses do ano de 2018 (YTD 2017: CHF 1.024,8 milhões), enquanto que as despesas operacionais diminuíram de CHF 920,9 milhões para CHF 907,8 milhões. O EBIT aumentou de CHF 72,1 milhões no mesmo período do ano anterior para CHF 83,2 milhões, e a margem EBIT sobre o lucro bruto ficou em 7,5%, acima dos 7% apresentado no ano anterior. O lucro consolidado aumentou de CHF 48,4 milhões para CHF 51,0 milhões.

Transporte Aéreo — O volume de transporte aéreo da Panalpina aumentou 4% nos primeiros nove meses de 2018, acompanhando o crescimento estimado do mercado de 4%. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o lucro bruto por tonelada cresceu 12%, para CHF 705 (YTD 2017: CHF 632), resultando em um lucro bruto de CHF 530,1 milhões (YTD 2017: CHF 456.0 milhões). O EBIT do produto aéreo aumentou de CHF 69,4 milhões para CHF 80.2 milhões. A margem EBIT sobre o lucro bruto nos primeiros nove meses do ano de 2018 chegou a 15,1%, contra 15,2% no mesmo período do ano anterior.

Transporte Marítimo — O volume de transporte marítimo operados pela Panalpina de janeiro a setembro de 2018 diminuiu 2% na comparação com mesmo período do ano anterior, quando a estimativa de crescimento de mercado é cerca de 3%. O lucro bruto por TEUs aumentou 5%, chegando a CHF 296 (YTD 2017: CHF 283), resultando em um lucro bruto de CHF 331,9 milhões (YTD 2017: CHF 323,4 milhões). Durante os nove primeiros meses, o Frete Marítimo teve perda em EBIT de CHF 5,3 milhões, quando no mesmo período do ano anterior a perda foi de CHF 5,5 milhões in 2017. Entretanto, nos últimos dois trimestres, o transporte marítimo apresentou nível de equilíbrio.

Logística — Com relação às operações logísticas, o lucro bruto aumentou 4%, atingindo CHF 254.2, milhões no período (YTD 2017: CHF 245,4 milhões). A logística registrou um EBIT de CHF 8,3 milhões nos nove primeiros meses de 2018, comparados aos CHF 8,1 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

Perspectiva: "Considerando as incertezas macroeconômicas e políticas, é difícil prever a dinâmica do peak season no mercado aéreo e qual será o impacto nos volumes e fretes anuais, mas nos preparamos minuciosamente, garantindo capacidade aos nossos clientes e assegurando agilidade nas operações em aeroportos estratégicos. Em relação ao modal marítimo, esperamos tráfego intenso para os Estados Unidos, mas um crescimento moderado do mercado global e o nosso foco continua o aumento da rentabilidade por unidade transportada", afirmou Karlen. "O ambiente volátil no agenciamento de carga é um alerta importante que nos lembra que devemos fazer tudo que estiver a nosso alcance para continuar a construir uma organização sustentável e lucrativa".

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: