Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/10/2018 - 08:29

Erasmo Carlos ganhará o Prêmio UBC 2018 em cerimônia da União Brasileira de Compositores


Segunda edição do Prêmio UBC celebra a obra do Tremendão. A honraria será entregue em cerimônia com homenagens a Erasmo, dia 09 de outubro, no Rio de Janeiro. Evento comemora também os 20 anos da Lei Brasileira de Direito Autoral

“Se chorei, Ou se sorri, O importante, É que emoções eu vivi”. Os versos imortais de Erasmo Carlos, em parceria com Roberto, darão o tom de uma merecida homenagem ao Gigante Gentil da música Brasileira. A União Brasileira dos Compositores (UBC) realiza a segunda edição do Prêmio UBC, em uma cerimônia repleta de surpresas a Erasmo. Autor de mais de 800 canções, o Tremendão receberá o Prêmio do Compositor Brasileiro, dia 09 de outubro, na sede da entidade, no Rio de Janeiro.

A União Brasileira de Compositores, maior sociedade de gestão coletiva de direitos autorais do país, criou o Prêmio UBC em 2017. Na estreia, o homenageado foi Gilberto Gil. Agora, o Prêmio do Compositor Brasileiro segue em boas mãos. Marcelo Castello Branco, Diretor Executivo da entidade, detalha como foi feita a escolha. ”Erasmo Carlos forma, junto com Roberto, nossa dupla Lennon e MacCartney. E no seu trabalho solo, Erasmo também se consolidou como compositor incisivo, particular, generoso. Seu nome foi acolhido com unanimidade pelo Conselho Diretor da UBC para o Prêmio Compositor brasileiro 2018. Uma honra para a nossa sociedade ter Erasmo por perto.” afirma o executivo.

Além do Prêmio UBC, em 2018, o compositor carioca – um dos pilares do rock nacional – é o único brasileiro dentre os sete nomes que serão laureados no 19º Grammy Latino com o Prêmio à Excelência Musical. O troféu será entregue na cidade de Las Vegas, em 19 de novembro.

Com curadoria de Zé Ricardo, festa do Prêmio UBC terá apresentações de grandes nomes da música brasileira — A noite promete ser mesmo de muitas emoções para Erasmo. A festa para 150 convidados reunirá um time de peso da música brasileira na Casa UBC. E terá ainda apresentações de grandes nomes interpretando os clássicos do Tremendão. A direção musical e escolha do repertório estão a cargo do músico e produtor Zé Ricardo, que assina a curadoria do Palco Sunset do Rock in Rio. “Quando eu penso Erasmo Carlos, eu penso música e amor. Erasmo é sempre ídolo. Sempre o Gigante Gentil. Ele se reinventa a cada trabalho e segue influenciando novas gerações. Ter sido convidado para fazer a direção musical de um prêmio que valoriza o autor e homenageia Erasmo é uma grande honra. Um presente. Uma nova oportunidade de visitar canções que ainda embalam meus sonhos”. diz o produtor.

Lei brasileira de direitos autorais completa 20 anos com homenagem a pioneiro — Além da celebração à obra de Erasmo. O Prêmio UBC 2018 fará outras homenagens. Durante o evento, haverá comemoração para os 20 anos da lei brasileira de direitos autorais. “A nova edição do Prêmio UBC caminha para consolidar nosso objetivo de valorizar o autor e o compositor brasileiro, o alcance do seu trabalho e a sua relevância cultural. O autor é o princípio, o meio e o fim desta iniciativa, que pretende, a cada ano, incorporar novas categorias, tornando-se mais abrangente e inclusiva”, diz Marcelo Castello Branco. “Preferimos ir sem pressa, mas sem pausa, nessa direção.”

Uma das novas honrarias a que ele se refere é o Troféu Fernando Brant, que, em seu próprio nome, recorda o grande compositor e ex-presidente da UBC, figura-chave na luta pela consolidação dos direitos autorais no país. O prêmio este ano será entregue a João Carlos Muller, advogado especialista em direitos autorais. João é autor da lei brasileira de direitos autorais e uma das figuras mais relevantes na defesa dos autores na história da cultura brasileira.

A UBC — Criada em 22 de junho de 1942 por Ary Barroso e outros grandes nomes da música, a União Brasileira de Compositores nasceu para ser o encontro, a convergência, a reunião de todos os autores musicais brasileiros. Hoje a UBC reúne não apenas os compositores, mas também os intérpretes, músicos, produtores e editores que somam 28 mil titulares associados. É também uma das principais associações do mundo e representa, através de contratos internacionais de produtores independentes a grandes nomes da música do mundo todo.

A música não existiria sem seus criadores. A UBC existe para representá-los, valorizá-los e assegurar que sejam remunerados por suas criações. Em 2017, foram R$ 605 milhões distribuídos a 164 mil criadores, nacionais e estrangeiros, um crescimento de 64% em relação a 2016, para atingir nada menos que 55,4% do total geral do Ecad.

Sem perder o foco na união e na tradição, a UBC ocupa o território musical moderno digital e tecnológico. Oferecendo muita informação, ferramentas de ponta para gestão dos infinitos metadados e defendendo a remuneração da classe sempre com muita transparência e inteligência, a associação soma hoje 76 anos de experiência e muita história, o que a torna uma das favoritas e mais conceituadas no mercado.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira