Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

31/08/2018 - 08:41

Uberlândia será a primeira cidade do Brasil a ter uma frota de ônibus elétricos

Que utilizará energia 100% limpa e renovável. Ônibus 100% elétricos BYD D9A com carroceria Caio Millenium, que entrará em operação em Uberlândia (MG).

A BYD fornecerá à cidade de Uberlândia, em Minas Gerais, oito ônibus 100% elétricos BYD D9A com carroceria Caio Millenium. A cerimônia de formalização da compra pela empresa São Miguel, uma das três concessionárias que atuam no Sistema Integrado de Transporte (SIT) da cidade, aconteceu na tarde do dia 28 de agosto (terça-feira) e teve a participação de representantes da São Miguel, da Diretoria da BYD e do Prefeito de Uberlândia, Sr. Odelmo Leão, dentre outras autoridades.

Os ônibus estão sendo produzidos na fábrica da BYD em Campinas (SP0, com previsão de entrega para 90 dias. O chassis 100% elétrico, desenvolvido para aplicação urbana erodoviária para carrocerias com até 13,2 metros de comprimento modelo piso alto, possui suspensão pneumática dianteira e traseira, o que proporciona maior conforto aos passageiros.

O modelo dispõe também de freios a disco regenerativos com sistema ABS nas rodas dianteiras e traseiras, proporcionando maior segurança e autonomia ao veículo. Os motores acoplados às rodas têm uma potência de 150 kW, que nos dois eixos somam 300 kW, o equivalente a 420 cavalos de um ônibus a combustão, o que e garante elevado desempenho operacional. O vice-presidente de vendas da BYD, Vagner Rigon, afirma que“ o tempo de recarga completa na garagem é de aproximadamente quatro horas e, em média, dependendo das condições operacionais, a autonomia das baterias é em torno de 300 quilômetros.”

A inclusão de veículos elétricos no rol daqueles utilizados pela São Miguel em Uberlândia, explica o diretor operacional, André Duarte, marca o início de um projeto da empresa para substituir gradativamente a frota abastecida por combustível fóssil. “Escolhemos a cidade para iniciar essa revolução tecnológica, que já é realidade em outros países, por respeito ao trabalho que o prefeito e a cidade desenvolveram e desenvolvem em prol do transporte público de qualidade”, disse. “Esse é um grande presente à população de Uberlândia. Só tenho a agradecer o respeito pelo qual a São Miguel tem com os nossos usuários. Um grande passo que permitirá, mais uma vez, que a cidade seja pioneira por suas práticas inovadoras, assim como foi a primeira do país como frota totalmente adaptada e acessível no passado. Portanto, é uma iniciativa que apoiamos para continuarmos com a renovação total da frota, garantindo um serviço de qualidade e sustentável”, destacou o prefeito Odelmo Leão.

Cumprindo um ciclo totalmente sustentável, os ônibus utilizarão energia 100% limpa e renovável. Isso porque a São Miguel irá construir, em parceria com a BYD, uma planta de painéis fotovoltaicos para garantir o abastecimento dos ônibus.

Um pacote completo em estrutura de eletrificação — A BYD proporciona aos seus clientes um pacote completo em estrutura de eletrificação, garantindo energia limpa, econômica e de fonte renovável.

O modelo de negócio consiste na construção de uma usina solar para geração de energia limpa, que será enviada para a rede elétrica. Esta energia é direcionada para o cliente, que ao adquirir sua frota de veículos elétricos (ônibus, caminhões, automóveis e vans) ou soluções logísticas (empilhadeiras, paleteiras e rebocadores) poderá abastece-los por meio dos carregadores BYD, tendo um preço de energia menor do que o oferecido pelo mercado cativo. Com este valor de energia, o custo operacional dos veículos elétricos é reduzido drasticamente.Redução de poluentes locais

Os ônibus elétricos representam um grande instrumento para a redução de poluentes locais e de gases causadores do efeito estufa. Na média, cada ônibus elétrico em operação urbana reduz cerca de 1,8 toneladas de CO2 equivalentes, o que representa o plantio de mais de 11 árvores ao ano, além de evitar a emissão local de 118,814 kg de NOX e 1,152 kg de material particulado, os dois maiores vilões para a saúde pública. Esses valores se referem a comparação aos ônibus diesel novos, Euro 5, com rodagem média de 6.000kms/mês. | www.byd.com

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira