Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/08/2018 - 08:23

Accera Lança estudo de mercado

O estudo Insights from Data to Execution (IDE) analisou a categoria de salgadinhos que teve perda estimada em mais de R$5 milhões em julho.

A Accera, plataforma que entrega soluções para gestão de indicadores de vendas e estoque de produtos nos canais de vendas, divulga semanalmente o estudo Insights from Data to Execution (IDE), que avalia a performance de diversas categorias, fazendo um paralelo com o calendário do varejo. O estudo acompanha vendas e analisa os principais indicadores da indústria e do varejo, como a Ruptura, estoque negativo, item sem venda, dentre outros que, somados a uma boa estratégia de execução em loja, são cruciais para garantir a disponibilidade dos produtos na gôndola dos supermercados.

Nesta primeira edição, o estudo destacou a performance da categoria de salgadinhos no mês de julho. Com a fase final da Copa do Mundo e as férias escolares, os produtos registraram aumento de vendas comparado com o ano anterior, porém por falhas operacionais de execução em loja, estima-se que o segmento tenha perdido R$5,26 milhões em vendas.

Comparado com os números de 2017, a categoria de salgadinhos foi impulsionada pela Copa do Mundo no começo do mês e manteve a crescente de vendas atingindo 18,9% no somatório do ano. O varejo se preparou para a demanda aumentando o estoque em 28% no comparativo com julho do ano anterior, o que impactou positivamente e diminuiu o indicador de Ruptura (falta do produto na gôndola) que vinha em alta desde abril.

Por outro lado, algumas falhas operacionais como o abastecimento de gôndola, produto mal posicionado ou com preço incorreto, dentre outros, resultaram no aumento do indicador ‘Item Sem Venda’ em aproximadamente três pontos percentuais. De acordo com outro estudo da Accera, O.S.A (On Shelf Availability), que avalia os indicadores de indisponibilidade, 19% dos consumidores que não encontram o produto procurado em loja, acabam por não comprar nenhum outro da mesma categoria.

Perfil — A Accera é liderada pelos sócios fundadores e principais executivos: Cristhiano Faé, CEO, Eduardo Kazmierczak, COO, e Rodrigo Leão, fundador da Trade Force, Diretor Comercial. A Innova Capital, que investiu na Accera e na TradeForce desde 2014, segue como acionista relevante da Accera.

A Innova Capital, do empresário Jorge Paulo Lemann, é um fundo de investimentos com foco em empresas inovadoras. Atualmente, 85% do seu capital sob gestão está alocado em empresas de tecnologia (big data, aplicativos móveis, IoT (internet das coisas) e software as a service (SaaS)). Além de Accera e Trade Force, a Innova também é investidora da Movile (dona do iFood, PlayKids, Leiturinha, Sympla, Maplink, Rapiddo, entre outros), Sigga (empresa detentora de um software mobile para gestão de ativos fixos de grandes industrias), ClearSale (empresa líder em software para anti-fraude) e Snapchat.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira