Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/04/2008 - 11:44

Cerâmica une criatividade e autoconhecimento

Modelar a argila, além de uma atividade criativa, pode ser também uma verdadeira terapia. Colocar a mão na massa, trocar energias com o barro e ver a transformação a cada toque das mãos demonstra a sintonia do lado interior com o exterior. O que antes era matéria-prima torna-se um objeto formado pela criatividade e perfil de quem o moldou. Além disso, elaborar uma peça em cerâmica ajuda a desenvolver o autoconhecimento. "Precisamos respeitar o tempo que a peça demora para ser modelada, para fazer os primeiros retoques, e o tempo que ela permanece dentro do forno até que ele esfrie para daí então vermos o resultado", conta a ceramista Nil Rocha, que há mais de vinte anos pesquisa e modela peças decorativas e utilitárias, além de ministrar aulas no seu Ateliê, localizado em Sousas, distrito do município de Campinas (SP).

Com essa proposta, a artista montou seu segundo ateliê na Rua Santo Antônio, no bairro do Cambuí, na cidade de Campinas (SP), um espaço aconchegante que inspira arte e tranqüilidade. A artista pensou em cada detalhe para deixar o ateliê perfeito para receber quem busca desenvolver trabalhos manuais. Os grupos são de no máximo cinco alunos, que recebem atenção individual da artista para aprenderem as técnicas cerâmicas. "É muito instigante ver o desenvolvimento de cada aluno. Depois de se familiarizarem com as argilas e com as técnicas de modelagem, iniciam seu processo de criação individual, se soltando e elaborando suas próprias peças", conta Nil. Seu primeiro Ateliê, que fica no condomínio San Conrado, em Sousas, já formou inúmeros artistas que hoje desenvolvem suas peças com estilo próprio. "Além da criação, o importante é o autoconhecimento, pois a cerâmica possibilita que as pessoas passem a encarar a vida de uma maneira diferente, e aprendam que tudo tem seu tempo e razão de ser e acontecer", completa a ceramista.

Segundo Nil, a cerâmica ajuda também a lidar com ansiedade, expectativa, perdas e perseverança. "Aquela peça que você demorou um tempão para fazer pode não corresponder às suas expectativas depois de queimada - ela pode ressaltar defeitos, trincar ou não ficar da cor que você havia imaginado e pode até explodir dentro do forno, ou seja, você deve aprender com o erro e iniciar tudo novamente. Por outro lado, a mesma peça pode surpreendê-la, indo além do que você havia projetado".

No Ateliê, a artista mantém também uma lojinha com as peças de sua criação - luminárias para interior e exterior, peças decorativas e utilitárias, elaboradas em cerâmica de Alta Temperatura ou Raku (técnica especial de queima oriental), opções diferentes e criativas.

O Ateliê Nil Rocha da Rua Santo Antônio, no Cambuí, começa suas atividades a partir do dia 15 de abril. Para solicitar uma aula experimental ou fazer a inscrição basta ligar para (19 )3388 6545.

A artista - Natural de São Paulo, Nil Rocha é formada em Administração de Empresas pela USP. Trabalhou por dez anos na área para depois cursar Artes Plásticas e dedicar-se à Cerâmica, mudando-se para Campinas e instalando seu ateliê em Sousas.

Sua especialização em Cerâmica inclui a participação em muitos cursos e workshops ministrados em São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas e região em modelagem, esmaltação, argilas e queima em baixa e alta temperatura, raku e queimas ditas "primitivas".

Participou de diversas exposições na região de Campinas, em São Paulo e litoral. Atualmente, dirige as atividades do Ateliê de Cerâmica Nil Rocha, onde produz luminárias, objetos decorativos e utilitários. Em seu ateliê ainda coordena e ministra cursos regulares e de especialização na área, palestras e workshops.

Ateliê de Cerâmica Nil Rocha, a partir de 15 de abril, Rua Santo Antônio, 87 - Cambuí - Campinas (SP) telefone: (19 )3388- 6545.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: