Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/06/2018 - 07:15

Aromeiazero vai ao Velo-City Rio representar milhares de brasileiros que vivem de bicicleta pelo País


ONG paulistana falará para uma platéia de 1.500 especialistas mundiais em mobilidade na principal conferência de bicicletas do mundo.

O Instituto Aromeiazero de São Paulo, é uma das duas ONGs brasileiras a participar das sessões plenárias que ocorrem no Velo-City 2018, a principal conferência sobre ciclismo e mobilidade urbana, promovida desde 1980 pela Federação Europeia de Ciclismo (ECF) e que pela primeira vez será realizada em uma cidade da América do Sul. O evento ocorre de de 12 a 15 de junho(terça a sexta-feira), no Pier Mauá, Centro do Rio de Janeiro, em parceria com a Riotur.

Murilo Casagrande, fundador e diretor-executivo do Aromeiazero, participará da plenária intitulada Defensores da Inclusão (Advocacy for Inclusion), juntamente com Manuel Araújo, prefeito de Quelimane, em Moçambique. Eles vão falar para uma platéia formada por mais de 1.500 especialistas mundiais da mobilidade sobre um assunto que poucos ali compreendem: os impactos sociais e as vidas transformadas pela bicicleta que extrapolam os aspectos técnicos da mobilidade.

Murilo apresentará os cases do Aromeiazero no uso da bicicleta como empoderamento econômico e social por meio da plataforma Viver de Bike, enquanto Manuel trará a experiência de incentivar a profissão de táxi-ciclista para diminuir a pobreza no município. A sessão acontece no dia 14 de junho (quinta-feira), das 16h40 às 17h40.

A relevância do Instituto Aromeiazero no cenário mundial de instituições que promovem inclusão social a partir da bicicleta resultou ainda em um convite da ECF para que Murilo seja o mediador da sessão paralela, Acesso à Vida, que promoverá um debate com participantes de Botswana, Chile e Brasil. Eles discutirão o ciclismo como ferramenta de acesso à vida econômica e social, abordando temas como inclusão de gênero, diversidade e populações migrantes.

“A bicicleta, mais do que o ciclismo, é um instrumento interdisciplinar, pois pode ajudar a lidar com uma ampla gama de problemas, tais como mobilidade, saúde, meio ambiente, geração de renda, cidadania e democratização. Quando você vê todas essas possibilidades em uma bicicleta você percebe o poder que ela tem para promover o desenvolvimento sustentável que é urgente em cidades que precisam de mais políticas públicas, de mobilização de empresas e de pessoas a favor dos benefícios que gerados por ela”, diz Murilo.

O Instituto Aromeiazero — é uma organização sem fins lucrativos que promove a bicicleta como instrumento de transformação social, cultural e pessoal, estimulando a diversidade e a colaboração. A missão é promover uma visão integral da bicicleta, não só como transporte, mas também como expressão artística, oportunidade de renda, lazer, esporte e também como ferramenta de mudança no modo de vida, visando a humanização das relações nos centros urbanos. | www.aromeiazero.org.br | Voluntário do Aromeiazero: https://bit.ly/voluntFestVB7

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: