Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/11/2017 - 08:36

Inteligência para as conversões: dicas para o sucesso da Black Friday brasileira


Enquanto os consumidores preparam o bolso e a lista de compras, os varejistas dos e-commerces buscam estratégias para aumento de conversões e de vendas qualificadas durante a Black Friday. Com tantos usuários e acessos, como direcionar uma campanha de impacto para o público certo? A resposta pode estar nas ferramentas que utilizam a audiência dos portais para conversões com relatórios customizados.

Considerada pelo Google como a segunda data sazonal mais importante do País, atrás apenas do Natal, a Black Friday tem se tornado numa das maiores apostas dos varejistas. Em 24 de novembro, a sexta-feira dos descontos imperdíveis já está marcada no calendário dos brasileiros e a previsão é que a data some R$ 2,2 bilhões em vendas pela internet, com crescimento estimado entre 15% e 20%.

Afinal, são as métricas que oferecem todos os dados valiosos para a mensuração de resultados de uma campanha. Para otimizar suas campanhas, os varejistas podem apostar em opções de ferramentas de marketing digital que integram dados de usuários com base em suas pesquisas e comportamento. Sua grande estratégia é o oferecimento de diversas possibilidades, como cookies pool integrados (ferramentas que permitem a criação de um único perfil de audiência, consolidando os dados de todos os canais digitais em um único lugae), que geram uma experiência de marca e conversão direta de comerciantes e market places.

Vendas qualificadas em ação na Black Friday — Anunciar direto para os consumidores que navegam nos principais e-commerces do Brasil com segmentações específicas para produtos, categorias, ciclos ou estratégias também faz parte dos diferenciais de quem busca esse tipo de ferramenta. Para impulsionar as vendas durante a Black Friday, confiar apenas na memória ou na intenção dos clientes não é uma opção num universo digital cada vez mais automatizado.

Enquanto 33% dos entrevistados da pesquisa realizada pelo Google com a Provokers afirmaram que a Black Friday é o momento de realizar uma compra desejada há tempos, 25% disseram que realizavam apenas compras de abastecimento e 17%, por impulso. Ou seja: o público é diversificado e as lojas precisam de estratégias cada vez mais focadas para atingir o seu nicho com assertividade.

Com ações de mídia programática operando nos varejistas, é possível reforçar produtos ou serviços para consumidores que já estavam quase finalizando suas compras. Nessa hora, a inteligência de navegação dos próprios sites é utilizada para o remarketing, com flexibilidade operacional para conversões em canais variados.

Assim, os varejistas saem na frente impactando os clientes interessados em determinados produtos ou serviços logo na home page com a segmentação que a Black Friday precisa para se tornar uma data lucrativa, com aproveitamento de oportunidades e campanhas lucrativas.

. Por: Eduardo Sani, publicitário pós-graduado em Gestão de Marketing pela Faap e esteve à frente da Uselink desde sua fundação em 2006. Com mais de 10 anos de atuação no atendimento do mercado imobiliário, em 2017 o profissional transferiu sua experiência em marketing digital e mídia programática para clientes de outros setores para a Ads Play Retail & Programmatic.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: