Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL
Busca: OK
CANAIS

20/10/2017 - 06:29

Nestlé reporta suas vendas para os primeiros 9M17

Crescimento orgânico de 2,6%, com 1,8% de crescimento real e 0,8% de variação de preços.

As vendas totais reportadas caíram 0,4% para 65,3 bilhões de francos suíços (9M-2016: 65,5 bilhões de francos suíços), devido a desinvestimentos líquidos de 2,6% (principalmente em razão da criação da joint venture Froneri) e aos efeitos da taxa de câmbio negativa de 0,4%. O crescimento orgânico foi de 0.8% nos mercados desenvolvidos e 5,1% nos mercados emergentes.

Nestlé orienta vendas para 2017, e agora esperamos crescimento orgânico para o ano em torno do nível do período de nove meses. A margem de lucro operacional subjacente para 2017 deverá melhorar ao menos 20 pontos-base nas moedas constantes, em linha com nossas expectativas. Nossas iniciativas de economias estruturais estão progredindo mais rápido do que planejado inicialmente, levando a um aumento adicional de 400-500 milhões de francos suíços nas despesas de reestruturação e despesas relacionadas em 2017. Como resultado, nossa margem de lucro operacional diminuirá 40-60 pontos-base nas moedas constantes. Esperamos que os ganhos subjacentes por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.

“Nossos resultados de vendas para o período de nove meses estão em linha com nossas expectativas comunicadas em julho.

O crescimento orgânico das vendas continuou a se beneficiar do crescimento de volume resultante de nossa liderança no setor, o que ilustra nossa capacidade de inovar e atender às demandas dos consumidores. A variação de preços permaneceu estável. A Zona AOA apresentou melhorias no crescimento orgânico. Como esperado, a Europa Ocidental voltou a ter crescimento orgânico positivo, com contribuições significativas de café e confectionery.

Sermos mais eficientes é uma prioridade fundamental. Já identificamos outras oportunidades de acelerarmos nossa melhoria de margens, o que resultará no aumento das despesas de reestruturação e despesas relacionadas em 2017. Consequentemente, agora esperamos que nossa margem de lucro operacional diminua 40-60 pontos-base. O desenvolvimento de nossa margem de lucro operacional está inteiramente em linha com nossas expectativas para 2017, disse Mark Schneider, CEO da Nestlé.

Vendas do Grupo — O crescimento orgânico aumentou 2,6%, sustentado pela melhoria de 1,8% do crescimento real. A variação de preços apresentou ligeira queda de 0,8%. Os desinvestimentos líquidos tiveram impacto negativo de 2,6%, principalmente devido à criação da joint venture Froneri. A taxa de câmbio reduziu as vendas reportadas em mais 0,4%. As vendas totais foram de 65,3 bilhões de francos suíços (-0,4%).

O crescimento na Zona AMS continuou tímido. A América do Norte ficou estável no contexto da dinâmica negativa das categorias. O Brasil foi afetado por um difícil ambiente comercial, enquanto o México continuou resiliente e outras partes da América Latina continuaram a apresentar bom crescimento. A Zona EMENA viu melhorias significativas em seu crescimento em comparação com o primeiro semestre, com as categorias de café e petcare sustentando um crescimento real forte no terceiro trimestre. O crescimento da Zona AOA foi forte, com melhoria constante na China e alto crescimento sustentado por outras sub-regiões, mantendo a tendência positiva. Nestlé Waters foi impactada pelo mau tempo, que pesou no crescimento no terceiro trimestre. O crescimento de Nestlé Nutrition foi tímido. Nespresso reportou meio dígito de crescimento, com crescimento de dois dígitos na América do Norte. Nestlé Skin Health foi beneficiada com o lançamento gradual de vários produtos novos. Nestlé Health Science reportou crescimento de meio dígito.

O crescimento por categoria teve base ampla, liderado por café, petcare e produtos culinários.

Zona Américas (AMS): . 1,3% de crescimento orgânico: 0,3% de crescimento real, 1,0% de variação de preços.

. As vendas na América do Norte permaneceram tímidas.

. A América Latina manteve um crescimento orgânico de meio dígito. O crescimento real melhorou no terceiro trimestre, mas a variação de preços declinou.

O crescimento orgânico permaneceu em 1,3%, mas o crescimento real aumentou 0,3%. Isso foi devido a um crescimento real mais forte na América Latina durante o terceiro trimestre. Tanto a América do Norte como a América Latina contribuíram positivamente para uma variação de preços de 1,0%. Contudo, a dinâmica da variação de preços mudou durante o terceiro trimestre, tendo em vista a variação de preços ter melhorado na América do Norte, mas declinado na América Latina. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas reportadas em 0,7%. O câmbio aumentou as vendas reportadas em 1,4%. As vendas reportadas na Zona Américas aumentaram 2,0% para 20,5 bilhões de francos suíços.

Nosso crescimento orgânico na América do Norte foi tímido em um contexto de demanda do consumidor sem variação. O crescimento real foi ligeiramente negativo, mas houve melhora modesta na variação de preços. Nossos negócios de coffee creamers, petcare e os negócios alimentos congelados e pizza nos Estados Unidos geraram crescimento, compensando o declínio em confectionery e sorvetes. No Brasil, o crescimento real aumentou significativamente durante o terceiro trimestre, na medida em que amplas reduções de preço foram introduzidas em linha com as dinâmicas do mercado e a deflação dos custos de entrada. O México manteve um nível de crescimento resiliente apesar do impacto dos desastres naturais. Petcare continuou a apresentar um crescimento de dois dígitos em toda a América Latina.

Zona Europa, Oriente Médio e Norte da África (Emena): . 1,9% de crescimento orgânico: 1,4% de crescimento real, 0,5% de variação de preços.

. A Europa Ocidental voltou a ter crescimento orgânico positivo, apresentando tanto crescimento real como variação de preços positivos.

. A Europa Central e Oriental mantiveram um crescimento orgânico de meio dígito, com crescimento real sólido e ligeira variação de preços negativa.

. O Oriente Médio e o Norte da África apresentaram baixo crescimento orgânico de um dígito, com crescimento real e variação de preços positivos.

O crescimento orgânico aumentou 1,9%, sustentado por um crescimento real de 1,4% e variação de preços positiva. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas reportadas em 10,5%, principalmente devido à transferência do negócio de sorvetes para a joint venture Froneri. Os efeitos do câmbio também reduziram as vendas reportadas em 0,8%. As vendas reportadas na Zona Emena caíram 9,4% para 11,8 bilhões de francos suíços.

O crescimento orgânico acelerou em todas as sub-regiões. O crescimento real melhorou significativamente na Europa Ocidental, com um bom terceiro trimestre para café, confectionery e produtos culinários. A Europa Central e Oriental mantiveram seu forte impulso, especialmente a Rússia, refletindo o aumento da distribuição. Petcare teve forte crescimento em toda a Zona, com crescimento orgânico de dois dígitos na Europa Central e Oriental. O crescimento no Oriente Médio e no Norte da África melhorou no terceiro trimestre, mas o ambiente comercial, de uma maneira geral, continuou desafiador.

Zona Ásia, Oceania e África Subsaariana (AOA): . 5,3% de crescimento orgânico: 3,6% de crescimento real, 1,7% de variação de preços.

. O Sudeste Asiático deu continuidade ao seu bom crescimento orgânico baseado no crescimento real.

. O crescimento orgânico da China foi positivo, sustentado tanto pelo crescimento real como pela variação de preços.

. A África Subsaariana continuou a crescer, e a região do Sul Asiático manteve seu forte impulso de crescimento real.

. O Japão manteve sólido crescimento orgânico com forte crescimento real.

O crescimento orgânico foi sólido, atingindo 5,3% no final de setembro. O crescimento real aumentou 3,6% com uma variação de preços de 1,7%. Os desinvestimentos líquidos e o câmbio reduziram as vendas reportadas em 0,5% e 2,8% respectivamente. As vendas reportadas na Zona AOA cresceram 2.0% para 11,9 bilhões de francos suíços.

O crescimento na China continuou a melhorar no terceiro trimestre com impulso positivo em todo o portfólio, especialmente nas categorias de café e produtos culinários. O Sudeste Asiático manteve um crescimento de meio dígito, e a África Subsaariana reportou crescimento de dois dígitos. O Sul Asiático também apresentou sólido crescimento, tendo conseguido administrar com sucesso a introdução de um Imposto sobre Bens e Serviços (GTS – Goods and Services Tax) na Índia, que teve impacto negativo sobre a variação de preços.

Nestlé Waters: . 2,2% de crescimento orgânico: 2,1% de crescimento real, 0,1% de variação de preços.

. Nos Estados Unidos, o crescimento orgânico positivo foi mantido durante o período de nove meses, com declínio observado no terceiro trimestre.

. A Europa apresentou baixo crescimento orgânico de um dígito, com crescimento real negativo no terceiro trimestre.

. O crescimento permaneceu forte em toda a América Latina e sólido na Zona AOA.

O crescimento orgânico desacelerou para 2,2%, com 2,1% de crescimento real e 0,1% de variação de preços.

Nestlé Waters apresentou declínio nos mercados desenvolvidos no terceiro trimestre. Isso foi devido, basicamente, aos comparáveis difíceis e ao mau tempo que impactaram a demanda na América do Norte e na Europa. A concorrência continuou intensa, com pressão constante sobre a variação de preços em todos os mercados desenvolvidos. Houve bom impulso nos mercados emergentes. As marcas premium internacionais continuaram a liderar o crescimento em todo o mundo.

Nestlé Nutrition: . 1,0% de crescimento orgânico: 0,4% de crescimento real, 0,6% de variação de preços.

. Na China, o crescimento orgânico permaneceu tímido, mas com melhora no terceiro trimestre.

. Os Estados Unidos e o México tiveram crescimento orgânico ligeiramente positivo, mas no Brasil a variação de preços declinou.

. O crescimento orgânico do Sul Asiático e da África continuou forte.

O crescimento orgânico continuou estável em 1,0%, composto por 0,4% de crescimento real e 0,6% de variação de preços.

Os desinvestimentos líquidos e o câmbio reduziram as vendas reportadas em 0,4% e 0,4% respectivamente. As vendas reportadas da Nestlé Nutrition aumentaram ligeiramente em 0,2% para 7,7 bilhões de francos suíços.

O crescimento na China melhorou no terceiro trimestre devido ao bom momento de NAN e Illuma. O crescimento nos Estados Unidos permaneceu tímido, de uma forma geral, mas com bom desempenho dos cereais infantis. O relançamento abrangente das linhas da Gerber, que incluiu seus produtos orgânicos e naturais, começou no mês de setembro. O Brasil apresentou declínio devido aos ajustes de preços que foram realizados para refletir a deflação de custos de entrada locais.

Outros negócios: . 5,1% de crescimento orgânico: 5,0% de crescimento real, 0,1% de variação de preços.

. Nespresso continuou com seu crescimento orgânico de meio dígito, o que incluiu um crescimento de dois dígitos na América do Norte.

. Nestlé Health Science manteve seu crescimento orgânico de meio dígito com crescimento real e variação de preços positivos.

. Nestlé Skin Health reportou crescimento orgânico de meio dígito baseado inteiramente no crescimento real.

O crescimento orgânico acelerou 5,1%, liderado por um forte crescimento real de 5,0% e melhoria da variação de preços, que ficou praticamente estável. Os desinvestimentos líquidos reduziram as vendas reportadas em 0,6%, mas os efeitos do câmbio tiveram um impacto positivo de 0,3%. As vendas reportadas em Outros negócios aumentaram 4,8% para 7,2 bilhões de francos suíços.

O consistente crescimento orgânico de meio dígito da Nespresso foi sustentado pelo crescimento de dois dígitos na América do Norte, o sólido crescimento na Zona Emena e forte crescimento na Zona AOA. Nestlé Skin Health se beneficiou do lançamento de vários novos produtos durante o terceiro trimestre. Nestlé Health Science manteve seu crescimento de meio dígito liderado por nutrição médica, em especial produtos pediátricos e produtos especializados.

Perspectiva — Confirmamos nossa orientação de vendas para 2017, e agora esperamos crescimento orgânico para o ano em torno do nível do período de nove meses. A margem de lucro operacional subjacente para 2017 deverá melhorar ao menos 20 pontos-base nas moedas constantes, em linha com nossas expectativas. Nossas iniciativas de economias estruturais estão progredindo mais rápido do que planejado inicialmente, levando a um aumento adicional de 400-500 milhões de francos suíços nas despesas de reestruturação e despesas relacionadas em 2017. Como resultado, nossa margem de lucro operacional diminuirá 40-60 pontos-base nas moedas constantes. Esperamos que os ganhos subjacentes por ação nas moedas constantes e a eficiência de capital aumentem.

A partir de 1º de janeiro de 2017, Nestlé Professional é reportada como um negócio gerenciado regionalmente, incluído nas zonas. A partir dessa mesma data, a Venezuela foi excluída do crescimento real, da variação de preços e do crescimento orgânico para refletir melhor o desempenho subjacente do negócio.  

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2017 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira