Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL
Busca: OK
CANAIS

03/08/2017 - 07:41

O promissor mercado de planos odontológicos

A economia nacional e os desdobramentos da complexidade da crise que enfrentamos vem sendo noticiada diariamente, somos bombardeados e alardeados sobre a dificuldade de crescimento de diversos setores no país, contudo, o setor dos planos odontológicos ficou na contramão e registrou um aumento positivo desde o início da crise. Entre 2014 e 2016, tivemos um crescimento de 3,9 %, 4,1% e 3,8%, respectivamente, e o setor dos planos odontológicos se manteve numa ascendente favorável significante.

Para se ter uma ideia, de outubro de 2016 a março deste ano, foram firmados 970 mil novos vínculos de planos odontológicos no Brasil, o que representa uma alta de 4,5% – baseado no levantamento do Sinog e ultrapassando os 22 milhões de beneficiários.

O cenário positivo indica que as perspectivas devem continuar neste ano, com expectativa de crescimento em torno de 3,9%, fechando o ano com quase 23 milhões de usuários.

O fato de o número de beneficiários de planos odontológicos crescer mesmo diante de um cenário de redução de empregos, de renda e de crédito, demonstra que a receptividade deste serviço é positiva e que a população brasileira vem priorizando este segmento. E, além disso, coloca o Sinog como um fundamental disseminador do acesso à saúde bucal, já que nossa entidade representa a modalidade com o maior número de operadoras com 80% de todos os beneficiários de planos odontológicos.

Recentemente, o Ibope divulgou uma pesquisa encomendada pelo Instituto de Estudos em Saúde Suplementar (IESS), em que identifica que 79% dos beneficiários de planos odontológicos estão satisfeitos ou muito satisfeitos com seus planos e que 81% recomendariam o plano odontológico para um amigo ou parente.

A receptividade favorável do brasileiro aos planos odontológicos não é necessariamente algo recente. Em 2014, desta vez em pesquisa solicitada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) feita pelo Datafolha, indicava uma avaliação positiva ao setor, em que para 94% dos entrevistados assinalavam que o plano odontológico atendia às suas necessidades. Dados como estes são importantes não só pelo embasamento do crescimento econômico do setor, mas também pela sua própria historicidade, pois mostra a força do nosso avanço ao longo do tempo.

Buscando a inovação e o crescimento, o Sinog segue trabalhando pelo incentivo, avanço e desenvolvimento do segmento odontológico para a manutenção da atividade e melhoria da condição da saúde bucal da população brasileira. Atualmente, temos no Sinog empresas de odontologia de grupo de todo o país, responsáveis pelo atendimento de mais de 10,5 milhões de beneficiários, através de uma estrutura de 110 mil cirurgiões-dentistas.

O Sinog é uma entidade que há 21 anos representa as operadoras de odontologia de grupo. Neste período, conquistamos o reconhecimento dos órgãos trabalhistas, regulatórios e das entidades profissionais que atuam no mercado.

. Por: Geraldo Almeida Lima, presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – Sinog.

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2017 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira