Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/05/2017 - 07:29

UERJ e Prill Tecnologia se unem em acordo de cooperação

Para aplicações práticas de tecnologia de última geração. Primeiro projeto conjunto entre profissionais da Prill e pesquisadores da instituição é sobre a IoT (Internet das Coisas).

O distanciamento das aplicações reais das novas tecnologias e o mundo acadêmico sempre foi uma grande preocupação de Eduardo Prillwitz, sócio fundador da Prill Tecnologia, empresa há 15 anos no mercado atuando com plataformas de última geração. O objetivo da Prill como uma empresa de integração de sistemas é ajudar as mais variadas indústrias a se adaptarem às novas tecnologias o mais rápido possível. “Porém, a velocidade da evolução da tecnologia é tão grande, que ao buscarmos profissionais e estagiários para nossos times, percebemos como o cenário acadêmico também precisa se adaptar mais rapidamente”, diz Eduardo.

Pensando em encurtar a distância entre a universidade e as novas tecnologias que surgem a cada dia no mundo, a Prill anunciou um acordo de cooperação técnica e científica com a UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A parceria vai desde o desenvolvimento de projetos científicos e tecnológicos com pesquisadores da instituição até projetos com os próprios alunos – sempre voltados para a construção de soluções com aplicações reais.

As primeiras reuniões já estão ocorrendo e são referentes a trabalhos relacionados à internet das coisas (IoT). Depois de projetos com os pesquisadores e com os alunos, outros formatos também estão sendo discutidos, como palestras realizadas por profissionais da Prill Tecnologia para alunos da UERJ, apresentando questões práticas do dia a dia no mercado.

“Queremos transformar o conhecimento acadêmico em resultado para a sociedade, criando um ciclo que possa retroalimentar a instituição”, diz Eduardo Prillwitz. “Pretendemos levar para a academia nossa experiência, as demandas que percebemos na sociedade e buscar aplicações práticas das inovações tecnológicas desenvolvidas lá”, diz.

A parceria foi oficialmente formalizada com a publicação no Diário Oficial RJ. Para a Diretora do Departamento de Inovação da UERJ, Professora Dra. Marinilza Bruno de Carvalho, a cooperação vai trazer benefícios como aumentar o nível de especificidade e conhecimento prático dos alunos, permitir levar mais rapidamente à sociedade os produtos desenvolvidos pela academia e principalmente preparar e conscientizar alunos, pesquisadores e profissionais para as mudanças que a tecnologiae suas aplicações podem e devem trazer ao mundo sempre em consonância com o caráter ético e moral.

A Prill Tecnologia, desde 2002 no mercado, cresce 40% ao ano com integração de sistemas, facilitando a readaptação das empresas às novas tecnologias. Com a Prill Tecnologia, empresas do mercado financeiro, de seguros e da indústria de Telecom, reduzem drasticamente custos e rodam com as melhores tecnologias disponíveis no mundo. A Prill Tecnologia traz propostas inovadoras de implementação de arquiteturas sistêmicas, que permitem a seus clientes melhorarem a eficiência e principalmente enfrentarem os novos desafios de um mundo cada vez mais conectado. A sede da empresa é no Rio de Janeiro.| www.prill.com.br

UERJ — A Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) foi criada em 4 de dezembro de 1950, então com o nome de Universidade do Distrito Federal (UDF). Em 1961, com a transferência do Distrito Federal para a recém-inaugurada Brasília, passou a se chamar Universidade do Estado da Guanabara (UEG) e, em 1975, ganhou o nome definitivo.

Sua importância no espaço acadêmico brasileiro pode ser atestada pela qualidade da formação superior que oferece, pelo valor da sua produção científica, pelas centenas de projetos de extensão em desenvolvimento, pela promoção da cultura e pelos inúmeros serviços prestados à população. Hoje, a universidade conta com cerca de 35 mil alunos e além do campus Francisco Negrão de Lima, o Hospital Universitário e a Policlínica Piquet Carneiro, no bairro do Maracanã e Vila Isabel, a Esdi – Escola de Desenho Industrial no Centro do Rio de janeiro, o Colégio de Aplicação no Rio Cumprido e os Laboratórios do Prédio da Fonseca Teles em São Cristóvão, todos no município do Rio de Janeiro, está presente em mais seis municípios: em Duque de Caxias, em Nova Friburgo, em Resende, em São Gonçalo, na Ilha Grande, no município de Angra dos Reis, e em Teresópolis.

Com relação ao ensino ., pos graduação e pesquisa são 80 cursos de graduação, 38 de Doutorado, 55 de mestrado, 52 de especialização e 39 programas de extensão. A Uerj pesquisa e ensina com 349 laboratórios sendo 171 em Desenvolvimento de Inovação Tecnológica, 5 Incubadoras e 15 empresas Juniores. Sua Missão promover desenvolvimento cidadão, construir conhecimento e articular a Academia e Sociedade.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira