Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

12/08/2016 - 08:16

Movimento Mulher 360 reúne CEOs para discutir "vieses inconscientes" e promover a equidade de gêneros

CEOs da Johnson & Johnson, Walmart, Nestlé, Unilever, Natura, Duratex, Cargill, Microsoft, Whirpool e DelRio se reuniram para debater barreiras invisíveis que impedem a mulher de avançar no mercado de trabalho

São Paulo — Na manhã do dia 4 de agosto(quinta-feira), a Johnson & Johnson abriu as portas de sua nova sede em São Paulo para a primeira edição do Café da Manhã com CEOs. O evento é promovido pelo Movimento Mulher 360 para tratar das diversas iniciativas e práticas realizadas pelas empresas para promover a equidade de gênero e debater os "vieses inconscientes", barreiras invisíveis que impedem as mulheres de avançar para cargos de liderança no mercado de trabalho.

O Movimento Mulher 360 apontou alguns dados que ilustram o cenário feminino no mundo corporativo, mostrando que menos de uma em 10 empresas são lideradas por mulheres; dos 95 países independentes do mundo apenas 16 têm mulheres na liderança; apenas 4% dos Top 500 CEOs da Fortune são mulheres e se o cenário atual não mudar, apenas em 2095 a mulher alcançará a igualdade empregatícia e salarial.

"A equidade de gênero é um compromisso que deve ser assumido pela alta liderança para que ocorram mudanças estruturais na corporação. É a liderança máxima da empresa que deve definir este tema como prioridade estratégica e acompanhar o desdobramento em metas, objetivos e indicadores. Este encontro com CEOs das empresas associadas ao Movimento Mulher 360 demonstra o engajamento delas com a criação de ambientes com igualdade de oportunidades e equidade como valor compartilhado por todos e todas", afirma Tatiana Trevisan, diretora Movimento Mulher 360.

Durante o evento, os CEOs discutiram os principais "vieses inconscientes" presentes no dia-a-dia das empresas e que são, em sua maioria, invisíveis, impedindo as mulheres de avançar em suas trajetórias profissionais. Dentre os “vieses” mais debatidos estão: a crença de que a cultura corporativa é masculina, principalmente nas áreas de tecnologia e suply chain; e preconceito de gênero inerente no processo de recrutamento e promoção.

“A primeira grande mudança que deve ocorrer nas empresas é ter a consciência de que essas barreiras inconscientes existem e depois enxergar o impacto que elas têm dentro das organizações”, comentou Duda Kertész, Presidente da Johnson & Johnson Consumo no Brasil. A empresa mantém no Brasil um programa de treinamento para identificar e combater questões relacionadas ao viés de gênero. “A equidade entre os gêneros traz resultados positivos para o nosso negócio, assegurando equipes mais diversas e colaborativas. Nosso objetivo é retirar os obstáculos para haver oportunidades iguais e, de fato, a meritocracia”, finaliza Duda.

Para completar, os executivos deram exemplos pessoais e de vivência para exemplificarem como agem para combater esses vieses. Roberto Lima, CEO da Natura, chamou atenção para a diversidade de gênero: “Hoje temos 36% de mulheres em cargos de alta liderança, nossa meta é termos 50% até 2020”.

Para Fernando Fernandez, CEO da Unilever Brasil, cabe às empresas investirem em um ambiente propício para o desenvolvimento da equidade de gênero. “A Unilever prepara as mulheres para assumirem cargos de liderança, inclusive nas áreas consideradas mais masculinas, como vendas e suply chain. Hoje temos mais de 50% de mulheres em cargos de gerência na empresa”, concluiu o executivo.

Johnson & Johnson Consumo [www.jnjbrasil.com.br] oferece produtos inovadores, serviços e informações voltados ao consumidor final em cuidados com o bebê; cuidados com a pele; saúde da mulher; medicamentos isentos de prescrição; e saúde bucal. Seus produtos, como Sundown®, Band-Aid®, Johnson’s®, Listerine® E Tylenol®, fazem parte do dia-a-dia dos consumidores há mais de 125 anos.

Movimento Mulher 360—A Associação Movimento Mulher 360 é uma entidade sem fins lucrativos, uma iniciativa empresarial em prol da equidade de gênero nas corporações. Seu objetivo é contribuir com o empoderamento econômico da mulher brasileira em uma visão 360 graus. Sua atuação está embasada nos sete Princípios de Empoderamento da ONU Mulheres e visa estimular a equidade de gênero, abordar maneiras de incorporar a questão na estratégia do negócio, identificar boas práticas que possam ser replicadas e fornecer ferramentas para mensurar avanços.

Hoje, fazem parte da Associação Movimento Mulher 360: Avon, Cargill, Coca-Cola, DelRio, Diageo, Duratex, Femsa, Grupo Boticário, Grupo Pão de Açucar, Itaú, Johnson & Johnson, Microsoft, Natura, Nestlé, PepsiCo, Sanofi, Santander, Unilever, Walmart e Whirlpool. | www.movimentomulher360.com.br.

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira