Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL
Busca: OK
CANAIS

25/05/2016 - 07:55

Agência nova/sb cria Programa de Integridade Corporativa e submete ao Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle

Primeira do setor de publicidade a criar código de conduta totalmente de acordo com a Lei Anticorrupção, a nova/sb é também a única a consultar a CGU sobre suas regras corporativas.

Especialista em Comunicação de Interesse Público (CIP), a nova/sb é a única agência 100% brasileira a ser convidada a participar de concorrências de publicidade de organismos internacionais. O reconhecimento estrangeiro e nacional, no entanto, não bastou para seus sócios. Há dois anos foi iniciado o processo de criação do Programa de Integridade Corporativa, rígido sistema de Compliance agora completo e implementado na agência; integralmente de acordo com as regras da Lei Anticorrupção. Desta forma, a nova/sb passa a ser também a única do setor a ter seu código de conduta submetido à Controladoria Geral da União (CGU), órgão do recém-criado Ministério da Transparência, Fiscalização e Controle.

“Essa nossa atitude é uma consequência natural da preocupação constante com a transparência e delimitação das diretrizes que constituem a ética da agência. Não adianta parecer que é correto, tem que ser correto sempre, agir da forma coerente e íntegra. É um processo intenso que exige mudanças internas, que estejam de acordo com a ética”, explica Bob Vieira da Costa, sócio-fundador da nova/sb

O texto do código de conduta foi desenvolvido pelo escritório Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados e pela jurista Silvia Urquiza - especialistas no tema. Passou também pela avaliação dos dirigentes da nova/sb, do gerente de Integridade Corporativa e dos demais membros constituintes do Comitê de Ética interno.

“Trata-se de um conjunto de rigorosas medidas que permite prevenir ou minimizar os riscos às leis decorrentes da atividade ou detectá-los e solucioná-los mais rapidamente, caso se concretizem. A medida é uma proteção que garante à sociedade, à Justiça e à empresa uma maneira de evitar qualquer tipo de corrupção” – destaca o sócio Antonio Calil Cury.

O código já foi divulgado para os funcionários, que leram e passaram por treinamentos; estando também disponível na intranet da agência. Uma cartilha, com linguagem mais didática, também está disponível no site da nova/sb.

A implementação do Programa de Integridade Corporativa e treinamento das equipes de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro está a cargo da Gerência de Integridade Corporativa, criada para tocar este processo. Bruno Jorge Fagali é o responsável e, para isso, tem estabilidade no cargo de 24 meses.

Especialista em Direito Administrativo pela FGV e pela PUC, Fagali é mestrando em Direito do Estado pela USP e sua vida profissional é voltada ao direito administrativo com foco na área de controle da Administração Pública (notadamente na prevenção de atos de improbidade administrativa).

“Precisamos ter todos os cuidados porque a nossa expertise, a comunicação pública, gera desconfiança, sobretudo nos dias atuais. E nós não queremos dar margem para que a nossa imagem esteja associada à corrupção. Por este motivo, estamos ingressando na CGU para referendar nosso programa de integridade. E temos de comprovar que estamos fazendo isso de verdade: o treinamento dos funcionários foi filmado e os e-mails encaminhados aos funcionários estão anexados ao projeto”, reforça Bob Vieira da Costa. | www.novasb.com.br.

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2017 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira