Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

05/04/2016 - 08:48

Amendoim é o novo “queridinho” do brasileiro

De acordo com pesquisa inédita realizada pelo Datafolha para a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), 88% da população consome o alimento, para 63% ele pode ser incluído em dieta e para 71% faz muito bem à saúde.

São Paulo —– Foi-se o tempo em que o amendoim era sinônimo apenas de festa junina e afrodisíaco. De acordo com pesquisa inédita encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), realizada pelo Datafolha em setembro de 2015, cerca de 88% da população consome o alimento, para 63% ele pode ser incluído em dieta, 71% acredita que ele faz muito bem à saúde e para 80%, o consumo aconteceu nos últimos 30 dias. Os números indicam a entrada definitiva do alimento para a rotina do brasileiro e por motivos novos, como manter-se saudável e em forma.

A ideia de que o amendoim é estimulante sexual ainda persiste para 56% e 50% dos homens e mulheres, respectivamente, mas vem atrás da sua imagem funcional e fitness. Para 75% dos homens e para 67% das mulheres entrevistados, o amendoim é ótimo para a saúde, e para 66% deles e 60% delas, o alimento seria adequado em uma dieta alimentar. “O consumidor está cada vez mais preocupado com a saúde e bem-estar e também mais consciente das propriedades do amendoim, que se consolidou como um alimento para o dia a dia”, resume André Guedes, vice-presidente do setor de Amendoim da ABICAB.

O amendoim salgado sem pele é consumido por 42% dos adultos e a versão salgada com pele, por 35%. Os dois tipos perdem apenas para os campeões do ranking, a paçoca prensada e o pé de moleque, consumidos por 57% e 48% dos adultos, respectivamente. “Temos uma forte tradição de festa de São João em todo o país, então é natural que quitutes tão saborosos e que fazem parte da nossa história há tanto tempo permaneçam entre os campeões de consumo”, observa Guedes. O “efeito festa junina” também acontece na faixa etária de 4 a 15 anos: a paçoca prensada é a preferida de 60% de crianças e adolescente, seguida pelo pé de moleque (46%), amendoim com cobertura doce (29%) e amendoim com cobertura de chocolate (28%).

Sabor e saúde —O estudo do Datafolha para a ABICAB ouviu 2.095 pessoas, de diferentes faixas etárias, classes sociais e regiões do país, e identificou hábitos de consumo relacionados à paçoca prensada, pé de moleque, amendoim salgado (com e sem pele), ovinho de amendoim, amendoim japonês, pasta de amendoim doce, entre outras categorias. As entrevistas foram realizadas em capitais e cidades do interior, cobrindo o total de 132 municípios brasileiros.

Sabor, qualidade e saúde estão entre os principais aspectos positivos associados ao amendoim, mas essa associação evoluiu ao longo do tempo. Em 2010, sabor e qualidade eram citados como pontos positivos do amendoim por 63% dos entrevistados (pesquisa Ibope) – em 2015, esse número mudou para 43%. Em contrapartida, em 2010, a saudabilidade do alimento era um ponto positivo para 29% das pessoas e saltou para 37% em 2015. “Vemos que os benefícios nutricionais da semente se tornaram mais conhecidos e valorizados pelo consumidor, que hoje busca aliar sabor a uma dieta alimentar equilibrada”, observa Guedes.

No que se refere à escolha do produto, a grande influência na hora da compra é a qualidade (sabor) do produto: 38% dos entrevistados tomam a decisão usando esse critério. Variedade, marca e preço estão todos no mesmo nível, em um segundo patamar, com percentuais abaixo de 20%. A satisfação com o produto brasileiro, por sua vez, é bastante alta: quando perguntadas sobre como avaliam a qualidade do amendoim nacional, 77% das pessoas ouvidas responderam que é excelente.

Benefícios —O selo “Qualidade Certificada Pró-Amendoim-ABICAB” é conhecido por 55% dos consumidores. A certificação é dada pelo Programa Pró-Amendoim às empresas que atendem aos requisitos da legislação e fabricam produtos à base de amendoim totalmente seguros. “O amendoim é comprovadamente saudável e por isso é muito importante que também seja reconhecido por compor produtos seguros e de alta qualidade. Nossa meta é levar a informação do selo a um número cada vez maior de pessoas”, afirma o vice-presidente do setor de Amendoim da ABICAB, André Guedes.

A indústria brasileira do amendoim apresenta excelente desempenho também no exterior. Segundo análise feita pela ABICAB a partir de dados da Mintel – renomada fornecedora global de dados de mercado –, o Brasil é o quinto país que mais lançou produtos alimentícios com amendoim em todo o mundo. Em 2014, de todos os lançamentos de produtos alimentícios com amendoim, 15% foram dos Estados Unidos, 12% da China, 10% do Canadá, 6% da Índia e 4% do Brasil.

“Dentro e fora do País, o amendoim brasileiro está muito bem posicionado, levando saúde, sabor e segurança para o cardápio dos consumidores seja em momentos de confraternização, dieta, atividades físicas ou na hora do lanche”, conclui o vice-presidente do setor de Amendoim da ABICAB, André Guedes.

Os benefícios do amendoim —“O amendoim é grande aliado da nutrição humana”, afirma Vanderli Marchiori, consultora em nutrição da ABICAB, ressaltando que pesquisadores renomados recomendam seu consumo diário. Quando consumido na quantidade certa (30 gramas por dia) e em lanches intermediários, o amendoim garante a saciedade por mais de duas horas – o que inibe a ingestão de lanches mais calóricos, ou seja, não engorda e ajuda no processo de reeducação alimentar.

Rico em proteínas, fibras, antioxidantes e fitoquímicos, ele proporciona diferentes benefícios ao organismo: . auxilia no controle do peso, da gordura abdominal e dos níveis de açúcar no sangue;

. segundo pesquisa recente, os fitosteróis presentes em sua composição diminuíram o desenvolvimento de tumor de próstata em até 40% e inibiram a metástase em até 50% dos animais estudados;

. devido à alta concentração de vitamina E, tem papel antioxidante que pode diminuir a incidência de Mal de Alzheimer.[www.abicab.org.br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira