Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/02/2016 - 08:16

UPS registra picos de lucro

Gera EPS (ganho por ação) mais alto da história para o quarto trimestre de US$ 1,57, um aumento de 26%. Crescimento de dois dígitos do lucro operacional para o quarto trimestre e aumento das margens operacionais em todos os três segmentos. Receita do 4º trimestre atenuada por mudanças em combustíveis e câmbio. EPS (ganho por ação) de 2015 aumenta 14%, e atinge alta histórica de US$ 5,43. Lucro operacional internacional recorde de US $ 2,2 bilhões em 2015, liderado pela Região Europa. Anúncio da orientação de EPS (ganho por ação) para o ano inteiro de 2016 de US$ 5,70 a US$ 5,90.

Atlanta — A UPS (NYSE:UPS) anunciou os lucros diluídos ajustados por ação no quarto trimestre de 2015 de US$ 1,57, um aumento de 26% em relação aos resultados ajustados do quarto trimestre de 2014. Todos os três segmentos de negócios aumentaram as margens operacionais e geraram crescimento de lucro operacional de dois dígitos.

Para o ano inteiro, a UPS registrou lucro diluído por ação ajustado de US$ 5,43, um aumento de 14% em relação aos resultados ajustados de 2014. Foram incluídos nestes resultados vários créditos fiscais que aumentaram os lucros por ação em cerca de US$ 0,07 para o trimestre e um total de US$ 0,10 para 2015.

De acordo com o comunicado da empresa, areceita total no quarto trimestre aumentou ligeiramente para US$ 16,1 bilhões. O crescimento da receita foi retardado por conversões de moeda e sobretaxas de combustível mais baixas. Em uma base de moeda neutra, a receita cresceu 2,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Iniciativas de gerenciamento de receitas continuam as melhorar as tarifas base em todos os segmentos.

“Nossa rede integrada flexível, uma estreita colaboração com os clientes e os esforços extraordinários dos UPSers nos permitiram alcançar um ótimo desempenho de serviço e desempenho financeiro recorde neste trimestre ", disse David Abney, CEO da UPS. "Os resultados deste ano aproveitaram a nossa estratégia plurianual para oferecer melhor valor para os acionistas."

Sobre os dados publicados, o lucro diluído por ação para 2015 foi de US$ 5,35 comparado com US$ 3,28 em 2014. No quarto trimestre, o lucro diluído GAAP por ação foi de US$ 1,48 em comparação com o lucro diluído por ação para o quarto trimestre de 2014 de US$ 0,49. Os resultados do quarto trimestre de 2015 incluem US$ 79 milhões de encargo non-cash, a valor de mercado após impostos, para reconhecer os retornos dos ativos mais baixos do que o previsto que foram um pouco compensados por uma taxa de desconto superior. No período do ano anterior, a empresa informou encargos non-cash, após os impostos, de US$ 692 milhões, relativos a encargos de pensão a valor de mercado e a transferência de certas responsabilidades de cuidados de saúde.

—A UPS entregou 1,3 bilhão de pacotes durante o quarto trimestre, um aumento de 1,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Para o ano civil de 2015, a empresa entregou 4,7 bilhões de pacotes, um aumento de 2,1% sobre 2014. Durante a alta temporada de 2015, a UPS entregou 612 milhões de pacotes— destacou a empresa.

Fluxo de caixa — Para o exercício encerrado em 31 de dezembro, a UPS gerou US $ 5,0 bilhões em fluxo de caixa livre. A empresa pagou dividendos de US $ 2,5 bilhões, um aumento de 9,0% por ação em relação ao ano anterior. A UPS também recomprou 27 milhões de ações por aproximadamente US$ 2,7 bilhões.

Remessas domésticas nos EUA — A receita doméstica nos EUA aumentou 2,6%, para US$ 10,3 bilhões. Taxas de sobretaxa de combustível mais baixas reduziram o crescimento da receita em cerca de 250 pontos base. A receita por pacote aumentou ligeiramente para US$ 8,89. Tarifas base impulsionadas por ações da empresa continuam fortes enquanto que as mudanças em sobretaxas de combustível e mix de clientes reduziram o crescimento da receita por pacote.

A forte demanda por parte dos expedidores de comércio eletrônico contribuiu para um aumento de 2,4% na média diária de embarques. Produtos de Deferred Air subiram 15% e Next Day Air aumentou 10% em relação ao mesmo período do ano passado. A UPS concluiu entregas para mais de 1,9 milhão de novos endereços no mês de dezembro, o que demonstra a crescente influência do varejo on-line.

Ainda de acordo com a líder mundial em logística UPS, o lucro operacional ajustado aumentou US$ 209 milhões, ou mais de 18% em relação aos resultados ajustados para o quarto trimestre de 2014. A margem operacional expandiu 170 pontos base, para 13,1%, em uma base ajustada. O foco da empresa na qualidade de receitas, combinado com melhor desempenho de rede, resultou na melhoria da alavancagem operacional neste trimestre.

Nos dados reportados, o lucro operacional aumentou US$ 840 milhões, ou 189% com margem operacional de 12,5%, como resultado das entradas de pensão a valor mercado, mencionadas acima.

Remessas internacionais — O lucro operacional ajustado internacional aumentou 16%, para US$ 624 milhões, no quarto trimestre, liderado pelo forte desempenho na Europa. Preços disciplinados, mix de clientes e produtos favoráveis, combinados com a melhoria do desempenho operacional, estimularam o aumento da lucratividade. Pela primeira vez, o segmento internacional ultrapassou US $ 2 bilhões em lucro operacional anual ajustado.

— O foco da UPS sobre as contas mais rentáveis resultou em tarifas base melhores em todas as regiões. Em uma base de moeda neutra, a receita por pacote caiu 0,9% em relação ao quarto trimestre de 2014. Sobretaxas de combustível mais baixas mascaram o crescimento da receita por pacote, em aproximadamente de 350 pontos base e compensaram o forte crescimento das taxas de base—informou.

Remessas de exportação aumentaram ligeiramente, lideradas pelo crescimento de um dígito médio nas regiões da Europa e Américas. Crescimento em produtos transfronteiriços europeus e nas exportações para os EUA compensaram a queda nas exportações dos EUA e Ásia.

Em uma base reportada, o lucro operacional aumentou US$ 245 milhões, ou 73%, como resultado das entradas de pensão de valor mercado, mencionadas acima.

Cadeia de suprimentos e carga — O lucro operacional ajustado de Cadeia de Suprimentos e Carga aumentou 11%, para US$ 199 milhões em relação aos resultados ajustados do quarto trimestre de 2014. A receita total do segmento aumentou 6,0% para US $ 2,6 bilhões. A inclusão das receitas da Coyote Logistics para o trimestre completo mais do que compensaram o impacto dos mercados desaquecidos, sobretaxas de combustível mais baixas e ações para melhorar a qualidade da receita nas outras unidades de negócio.

Freight Forwarding gerou um aumento de lucro operacional e expansão de margens, apesar de quedas em tonelagem. International Air Freight beneficiou-se de iniciativas de qualidade de receita, que quando combinadas com uma queda nas taxas de aquisição, resultaram em melhores spreads de preços em vários anos.

A receita de UPS Freight LTL por quintal (hundredweight) aumentou 2,1%. As sobretaxas de combustível mais baixas resultaram em uma taxa de crescimento inferior em cerca de 550 pontos base. Esta melhoria foi compensada por um declínio de tonelagem de 12% que reduziu a receita. A UPS continua a se concentrar nas receitas rentáveis em um ambiente de mercado desafiador.

Nos dados reportados, o lucro operacional para o segmento aumentou US$ 212 milhões, como resultado das entradas de pensão a valor de mercado, mencionadas acima.

Previsão: "Este foi o quarto trimestre consecutivo em que a UPS excedeu as nossas expectativas financeiras", disse Richard Peretz, diretor financeiro da UPS. "Nosso negócio gerou fortes resultados em 2015. Embora nós tenhamos enfrentado condições macroeconômicas incertas, nós continuamos a investir no crescimento lucrativo", continuou Peretz. "Nossa orientação para o lucro diluído por ação para o ano inteiro de 2016 é de US$ 5,70 a US$ 5,90 um aumento de 5% a 9% em relação aos resultados ajustados de 2015. Excluindo-se os créditos fiscais de 2015, a taxa de crescimento é de 7% para 11%. "

O CEO, David Abney, e o diretor financeiro, Richard Peretz, da UPS, discutiram os resultados para o quarto trimestre com investidores e analistas durante uma teleconferência que aconteceu na manhã do dia 02 de fevereiro de 2016(terça-feira).

A UPS (NYSE: UPS) é líder mundial em logística, oferecendo uma ampla gama de soluções, incluindo transporte de pacotes e frete, a facilitação de comércio internacional e implementação de tecnologia avançada para gerenciar o mundo dos negócios de forma mais eficiente.Com sede em Atlanta, a UPS opera em mais de 220 países e territórios no mundo. | ups.com.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: