Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

24/09/2015 - 07:20

“Comece a carreira sendo um especialista”, apontam profissionais no programa Profissional do Futuro

Evento reuniu 400 estudantes universitários no segundo dia da Rio Pipeline 2015.

Iniciar a carreira encontrando um nicho de interesse e se tornar especialista nele. Esse é a principal recomendação de profissionais do setor de óleo e gás para quem ainda está em busca de espaço. A entrada e crescimento no mercado de trabalho foi um dos principais assuntos do programa Profissional do Futuro no dia 23 de setembro(quarta-feira), na Rio Pipeline, evento do segmento de dutos promovido pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), no Rio de Janeiro.

Ao todo, mais de 400 estudantes de universidades e escolas técnicas acompanharam as duas sessões do Programa, realizada há mais de dez anos pelo IBP. O intuito dessa edição foi ressaltar as oportunidades de carreira no setor energético, mesmo em um cenário de crise.

Participaram do debate o gerente de Qualificação Profissional da Petrobras, Marcelino Guedes; o presidente da Pipeway, Guto Silva; e Alessandra Simões, sócia da UpHill, empresa de atração e seleção de executivos.

“O mercado tem mais oportunidades do que se imagina. O importante é ter boas histórias para contar. Às vezes é mais interessante começar em uma empresa menor, na qual é possível participar mais ativamente do dia a dia”, avalia Alessandra.

Outro ponto levantado foi como o profissional pode se diferenciar em um ambiente de trabalho desafiador, em que as evoluções logísticas e tecnológicas são uma demanda constante das empresas. “O foco deve ser sempre gerar soluções para um problema existente. O profissional precisa trabalhar em três pilares: conhecimento, habilidade e atitude. É necessário saber, saber fazer e querer fazer. Só assim uma carreira se mantém de pé”, avalia Guto Silva.

Investir na qualificação e definição de uma área de interesse para concentrar esforços é uma necessidade. “Pense desde o início em ser especialista, gerar lembranças. Escolha um segmento e faça cursos que se adequem a esse projeto. Fale bem inglês. O que faz a empresa contratar um profissional é a capacidade que ele demonstra de dar retorno ao investimento feito”, concluiu Marcelino Guedes.

Na segunda sessão do dia, participaram dos debates o vice-presidente Comercial e Marketing da Subsea7, Felix Rachid; o gerente do Centro Nacional de Controle Operacional de Gasodutos da Transpetro, Eduardo Merçon; e a coordenadora de RH da Radix, Claudia Pittioni.

. Rio Pipeline Conference & Exposition, de 22 a 24 de setembro(terça a quinta-feira), das 10h às 19h, no Centro de Convenções SulAmérica, Av. Paulo de Frontin, 1 - Cidade Nova, Rio de Janeiro (RJ). Site: www.riopipeline.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2019 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: