Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/08/2015 - 07:44

WorldSkills Competition com 6 catarinenses premiados


Em homenagem a alunos e professores, Côrte destaca excelência do ensino técnico.

Florianópolis (SC) —A excelência da educação profissional brasileira foi exaltada pelo presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Glauco José Côrte, em homenagem a estudantes, professores, instituições de ensino e empresas, realizada no dia 21 de agosto(sexta-feira), na reunião de diretoria da entidade. Côrte ressaltou a urgência de se valorizar o ensino técnico no Brasil, que tem sido exemplo para o mundo. O País conquistou o maior número de medalhas no torneio mundial de profissões, a WorldSkills, realizado em São Paulo de 11 a 16 de agosto. Seis catarinenses integraram a delegação brasileira e conquistaram uma medalha de prata e três de excelência.

“Todos nós que acompanhamos a questão da educação sabemos que o Brasil ocupa as últimas posições em rankings como o PISA. Mais de 500 mil zeraram a redação do ENEM. Como pode o ensino básico não ter a qualidade que precisamos, e o ensino profissional nos colocar entre os primeiros do mundo?”, indagou Côrte. “Estamos numa grande cruzada para valorizar o ensino profissional. É isso o que a indústria quer. Preparar os alunos, não só para ganhar o WorldSkills, mas para termos bons profissionais, e acima de tudo, bons cidadãos, virou uma obsessão”, complementou.

O estudante Eduardo Kruczkievicz, do SENAI de São Bento do Sul, foi prata na ocupação tornearia a CNC e falou em nome dos competidores do WorldSkills. “Foi um esforço muito grande dos competidores e dos docentes para chegar a este resultado. Para mim, é a realização de um sonho. Quando comecei a treinar para a etapa estadual me espelhava em um colega que treinava para o mundial realizado na Alemanha, em 2013. Queria, assim como ele, subir no pódio e eu consegui”, falou o jovem emocionado. Além de Kruczkievcz, foram homenageados os estudantes Alef Sholze (excelência em fresagem a CNC), Rafael Oening (excelência em administração de redes de computadores), Jonatas Walter (sistema de drywall e gesso) e Rodrigo Campos (manutenção de aeronaves). Professores treinadores e equipe técnica também foram homenageados.

A FIESC também reconheceu empresas e instituições de ensino que venceram o Prêmio IEL de Melhores Práticas de Estágio. Côrte destacou a importância do estagiário para a indústria. “O estágio é uma forma de atrair os jovens para trabalhar na indústria, onde ele encontra ótimas oportunidades de carreira e boa remuneração. Por isso tratamos com tanta seriedade esse processo de estágio”, afirmou o presidente da FIESC.

O gerente de recursos humanos da Coteminas, Celso Gonzaga, ressaltou a importância do investimento na qualificação do trabalhador para melhorar o desenvolvimento social. “Estamos ajudando a contruir uma sociedade melhor, resgatando valores”, afirmou Gonzaga que falou em nome das empresas reconhecidas no Prêmio promovido pelo IEL. Saiba mais sobre o prêmio.

Além dos participantes da WorldSkills e dos vencedores do Prêmio IEL Melhores Práticas de Estágio, a FIESC homenageou o professor Ari Friederichs, do SENAI de São Miguel do Oeste, reconhecido por seu trabalho, pelo envolvimento com a Olimpíada Brasileira de Matemática e com o ensino desta disciplina; a estudante do SENAI de Jaraguá do Sul, Heloisa Dias, de 16 anos, vencedora do concurso histórico-literário Caminhos do Mercosul – Brasil 2015; a estudante Sabrina Bublitz, que esteve entre os nove participantes do projeto nacional SENAI Brasil Fashion (veja matéria completa); e a estudante Raíssa Marcon, do SENAI de Florianópolis, que foi a primeira mulher a vencer a etapa da América Latina e do Caribe do Cisco Netriders, competição mundial de redes de computadores promovida pela Cisco. |www.fiesc.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2022 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira