Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/07/2015 - 07:58

Cuidado! Trabalhar muitas horas em pé pode ocasionar lesões na coluna

Ortopedista e coordenador do Grupo de Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva dá dicas preciosas para a prevenção de doenças de coluna.

São inúmeras as profissões que exigem de seus benfeitores permanecerem por muitas horas em pé, o comércio, por exemplo, está no topo da lista! Se você se enquadra nessa descrição fique atendo aos cuidados que o ortopedista Pil Sun Choi, coordenador do Grupo de Cirurgia Minimamente Invasiva do Hospital São José da Beneficência Portuguesa – SP indica para que se tenha uma coluna saudável, a primeira dica: “A prática regular de atividade física e cuidados com a postura devem ser prioridade. O sedentarismo, consequência da vida urbana moderna, interfere no metabolismo do disco invertebral, que precisa de movimento para manter o equilíbrio vital das células” ressalta.

. A coluna saudável exige que as posturas devam ser alternadas entre as posições sentada e de pé. Ficar muito tempo em pé aumenta a chance de desenvolver varizes, e se ficar parado por longos períodos, a tendência é forçar a coluna lombar e provocar dores;

. Desenvolva a consciência da postura correta, quando não se tem uma postura adequada há uma sobrecarga das estruturas vertebrais, o que provoca dores, e ao longo do tempo determina retrações musculares;

. Enquanto estiver em pé por muito tempo, recomenda-se alternar o apoio dos pés, isto é: manter um pé esticado e outro ligeiramente dobrado, ora no pé direito e ora no esquerdo. Essa postura irá retificar a lordose lombar e diminuir a sobrecarga nas estruturas da coluna.

. E se além de ficar de pé seja necessário o uso do salto alto, há uma frequência e tipo de salto menos prejudicial à coluna. No dia a dia, o ideal é três a cinco centímetros. Saltos maiores devem ser reservados aos eventos especiais e, mesmo assim, a mulher deve estar preparada para ter dores nas costas e nos pés. A dor ocorre por que os saltos altos deslocam o centro de gravidade para frente, causando um desequilíbrio. Para compensar a desproporção, as mulheres tendem a naturalmente sobrecarregar as estruturas das vértebras, causando lordose lombar, uma curvatura excessiva da coluna para dentro.

Em longo prazo, o descuido com a postura pode ser decisivo. “Além de facilitar o aparecimento de deformidades pela sobrecarga que causa nas estruturas vertebrais, os vícios posturais podem antecipar lesões discais e até artrose da coluna num prazo mais distante”, afirma. Aquela dorzinha no pescoço, por exemplo, pode indicar problemas na coluna. Mas também pode ser apenas uma tensão, um sinal de distúrbios na tireoide, na ATM (que liga o maxilar ao crânio), as dores constantes nas pernas podem indicar varizes, entre outros. Motivo pelo qual a indicação primordial é a prevenção!

Sobre o Grupo de Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva do Hospital São José da Beneficência Portuguesa de São Paulo (GCCMI do HSJ/BP/SP): liderado pelo médico ortopedista Dr. Pil Sun Choi, o Grupo é referência em Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva no Brasil. A equipe cirúrgica atende no Hospital S. José, um dos poucos hospitais do Brasil a ter acreditação internacional (JCI). Multidisciplinar, o Grupo conta com ortopedistas, neurocirurgiões, especialistas em dor, anestesistas, fisioterapeutas e especialidades afins. Os procedimentos realizados envolvem técnicas percutâneas com ou sem assistência de vídeo-cirurgia que são realizadas com anestesia local, o que propicia menos dor no pós-operatório e rápido retorno às atividades. O Grupo é composto pelos médicos Dr. Pil Sun Choi, Dr. Wilson Dratcu, Dr. Marcelo Perocco, Dr. David Del Curto, Dr. Pedro Pierro, Dr. Atuzi Mizi Junior e Dr. Luiz Meirelles.

Calendário científico.: XII Siminco – Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna, dia 28 de agosto de 2015, das 7h30 às 17h, no Hospital São José - Beneficência Portuguesa SP (Auditório), Rua Martiniano de Carvalho, 965 – Bela Vista - São Paulo(SP).

A cidade de São Paulo será sede do XII Siminco – Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna evento integrante do calendário científico do país, que acontecerá em São Paulo, na sexta-feira, dia 28 de agosto, no Hospital São José da Beneficência Portuguesa – SP. Um evento dedicado a discutir e apresentar novidades em termos de cirurgias minimamente invasivas da coluna vertebral. O XII Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva (Siminco) transmitirá ao vivo algumas das técnicas que serão debatidas por autoridades médicas nacionais e internacionais confirmadas para o evento.

Sobre o XII Siminco – Simpósio Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva da Coluna —Esta é a 12ª segunda edição do simpósio internacional que tem como propósito disseminar e levar a conhecimento público os avanços e tecnologias que envolvem a cirurgia minimamente invasiva da coluna, através de um evento dinâmico e de alta credibilidade, que hoje faz parte do calendário científico do país, idealizado pelos doutores Wilson Dratcu e Pil Sun Choi.

Os médicos: Dr. Pil Sun Choi —ortopedista, fundador e atual presidente da Associação Brasileira de Desenvolvimento de Cirurgia Minimamente Invasiva de Coluna (www.abcmic.com). É pioneiro na introdução e propagação das técnicas de Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva (CCMI) no Brasil.

Dr. Wilson Dratcu, ortopedista, presidente da Sociedade Brasileira de Coluna Minimamente Invasiva (www.sbc-miss.com.br). | Dr. Marcelo Perocco, Neurocirurgião, diretor da Sociedade Brasileira de Coluna Minimamente Invasiva | Dr. David Del Curto, ortopedista. | Dr. Pedro Pierro, neurocirurgião, especialista em neurocirurgia funcional. | Dr. Atuzi Mizi Junior, anestesista | Dr. Luiz Meirelles, clínico geral e infectologista.

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2018 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira