Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

04/06/2015 - 08:12

Prumo e BG Brasil assinam contrato para transbordo de petróleo no Porto do Açu


Movimentação de 200 mil barris por dia está prevista para agosto de 2016.

Rio de Janeiro— A Prumo Logística e a BG Brasil assinaram no dia 03 de junho(quarta-feira), contrato para transbordo de petróleo no Porto do Açu, em São João da Barra (RJ). O contrato prevê que a BG irá utilizar o TOIL [terminal de petróleo] do porto por 20 anos, movimentando um volume médio de até 200 mil barris por dia. Os navios sairão do Porto do Açu e seguirão para clientes da BG em todo o mundo.

Inicialmente, na operação ship to ship será transferido petróleo de navios aliviadores com posicionamento dinâmico para navios Suezmax convencionais. A primeira operação está prevista para agosto de 2016.

“Com operação de minério de ferro e de clientes no Terminal 2 desde o ano passado, nós agora iniciamos uma nova linha de negócios com nosso primeiro cliente no transbordo de petróleo. Este é mais um relevante marco para o Porto do Açu, além de ser um reconhecimento ao nosso trabalho e um selo de classe mundial para o empreendimento”, disse Eduardo Parente, CEO da Prumo.

"Acreditamos que as instalações do Porto do Açu oferecem uma infraestrutura logística segura e responsável, que prioriza a proteção ambiental marinha. O terminal é extremamente importante para nós, considerando que nossa produção de petróleo da Bacia de Santos continua a crescer de forma significativa”, disse Nelson Silva, CEO da BG América do Sul.

A infraestrutura do TOIL possibilita uma operação segura e rápida, com eficiência e redução de custos para os clientes, aumentando a competitividade do petróleo brasileiro. Além disso, a operação no Porto do Açu reúne características de alto nível para oferecer atendimento de qualidade para toda a indústria de óleo e gás, contribuindo para o avanço da indústria no norte do Estado.

Operação —A Operação de transbordo da BG será realizada no TOIL, instalado no Terminal 1 do Porto do Açu. Com três berços disponíveis ao longo de 1,4 km de quebra-mar, sendo que dois deles serão capacitados para receber navios exportadores tipo VLCC ou SuezMax e um deles apenas SuezMax.

No TOIL, a operação de transbordo será realizada em área abrigada por um quebra-mar. Os navios estarão atracados e cercados por barreiras de contenção. Este tipo de operação permite maior segurança no transbordo durante todo o ano.

Atualmente o canal do TOIL possui 20,5 m de profundidade, e poderá receber inicialmente navios Suezmax. Até o final de 2017, a Prumo irá aumentar a largura e profundidade do canal, permitindo a operação com navios VLCC.

O Terminal, que está licenciado para movimentar até 1,2 milhão de barris de petróleo por dia, também inclui uma área licenciada para armazenamento e tratamento do óleo cru [especificações e blending]. A futura construção da unidade de tratamento de petróleo com tanques de armazenamento irá contribuir na atração de outros clientes, que também necessitam deste tipo de serviço para consolidar os seus produtos antes da venda.

O Porto do Açu —Com 17 km de píeres, o Porto do Açu está localizado em São João da Barra, no norte fluminense. Com área de 90 km², o empreendimento é formado pelo Terminal 1 [T1 — offshore] e pelo Terminal 2 [T2—onshore].

O T1 é dedicado a movimentação de minério de ferro e petróleo. Operacional desde outubro de 2014, o T1 já recebeu 20 navios. O terminal pode receber navios do tipo Panamax e Capesize, e está se preparando para receber navios maiores do tipo Very Large Crude Carrier —VLCC.

O T2 está instalado no entorno de um canal para navegação, que conta com 6,5 km de extensão, 300 metros de largura e profundidade de, pelo menos, dez metros em toda a sua extensão, chegando a 14,5 metros na sua maior profundidade. O T2 irá movimentar carga de projetos, contêineres, rochas, bauxita, grãos agrícolas, veículos, granéis líquidos e sólidos, carga geral e petróleo. O terminal também abriga uma área dedicada à indústria de suporte às operações de E&P de óleo e gás. A primeira operação do T2 aconteceu em novembro de 2014. Desde então, o terminal já recebeu 5 navios.

Perfil— A BG Brasil é parte do BG Group, que atua nas áreas de exploração e produção de óleo e gás e de gás natural liquefeito em mais de 20 países. No pré-sal da Bacia de Santos, a BG Brasil tem participação em quatro blocos e é operadora de 10 blocos da Bacia Barreirinhas, na Margem Equatorial do Maranhão. Presente no Brasil desde 1994, a BG Brasil já investiu mais de US$ 9,5 bilhões no país.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: