Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

19/03/2015 - 08:19

PUC-Rio debate a história do Brasil a partir do “Pretuguês” de Lélia Gonzalez

Roda de conversa, exposição e exibição do documentário integram as atividades da nova edição do Projeto Memória da Fundação Banco do Brasil.

A Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) sedia a roda de conversa “O pensamento teórico de Lélia Gonzalez – revelando a História do Brasil em Pretuguês”, no dia 19 de março (quinta-feira), às 16h. A atividade integra o evento de divulgação local do Projeto Memória “Lélia Gonzalez: o feminismo negro no palco da história”, iniciativa da Fundação Banco do Brasil em parceria com Brasilcap e Rede de Desenvolvimento Humano - Redeh.

Lélia Gonzalez denunciou o racismo e o sexismo como formas de violência que subalternizam homens e mulheres. Intelectual de destaque, uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado, ativista do feminismo negro e professora da PUC-Rio durante dezoito anos, sua vida e obra permanecem um grande legado para a militância e a academia.

“O ‘pretuguês’ é uma categoria de análise criada por ela, para explicar o português falado no Brasil, uma mistura de kimbundu com ambundo, ou seja, uma mistura do português de Portugal, com línguas africanas. Lélia atribuiu à mulher negra a responsabilidade de africanizar a nossa língua e a cultura brasileira”, destaca Antônia Ceva, pesquisadora da Redeh e mediadora da roda de conversa.

A mesa contará com as professoras Cláudia Pons Cardoso, da Universidade do Estado da Bahia; Giovana Xavier, da Universidade Federal do Rio de Janeiro; Helena Theodoro, da Universidade Veiga de Almeida; e Vanessa Santos do Canto, do Centro Universitário Geraldo di Biasi.

Também fazem parte da programação a exibição do documentário ( cerca de 20 minutos) e a exposição “Lélia Gonzalez: o feminismo negro no palco da história”, composta por 20 painéis biográficos, doados à PUC-Rio pelo Projeto Memória, que ficarão montados no saguão do Departamento de Administração (IAG). O evento é aberto para a comunidade acadêmica da PUC-Rio, pesquisadores, lideranças e ativistas e haverá entrega de certificado de participação. As peças integrantes da iniciativa estão disponíveis para baixar no [www.projetomemoria.art.br].

Projeto Memória – Realizado pela Fundação Banco do Brasil desde 1997, o Projeto Memória é uma tecnologia social de educação que visa difundir a obra de personalidades que contribuíram significativamente para a transformação social, a formação da identidade brasileira e o desenvolvimento do país. O objetivo é resgatar, difundir e preservar a memória cultural por meio de homenagens a personalidades que contribuíram para a transformação social e construção da cultura nacional.

Em edições anteriores já foram homenageados nomes como o poeta Castro Alves, o escritor Monteiro Lobato, o jurista Rui Barbosa, o navegante Pedro Alvares Cabral, o presidente Juscelino Kubitschek, o sanitarista Oswaldo Cruz, o sociólogo Josué de Castro, o educador Paulo Freire, a feminista Nísia Floresta, o líder da Revolta da Chibata João Cândido, o Marechal Rondon e o poeta Carlos Drummond de Andrade.

Roda de conversa “O pensamento teórico de Lélia Gonzalez - revelando a História do Brasil em Pretuguês”, dia 19 de março de 2015(quinta-feira), das 14h às 18h, no Auditório AMEX do Departamento de Administração (IAG) da PUC-Rio, Rua Marquês de São Vicente, 225, Gávea, Rio de Janeiro (RJ).

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira