Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

17/01/2015 - 07:05

Ano marcou o recorde de produção da Repsol Sinopec Brasil


Com a entrada em produção da FPSO Cidade de Ilhabela na parte norte do campo de Sapinhoá, no bloco BM-S-9, no pré-sal da Bacia de Santos, e a chegada ao platô de produção da FPSO Cidade de São Paulo, instalada na parte sul do mesmo campo, a Repsol Sinopec Brasil atingiu uma marca muito importante e encerrou o ano passado com mais de 48 mil barris de óleo equivalente (boe) produzidos por dia, um recorde para a companhia. Este resultado também se deve à produção no campo de Albacora Leste.

A primeira das duas plataformas mencionadas entrou em operação em novembro, sendo ancorada em profundidade d'água de 2.140 metros, a cerca de 310 km da costa de São Paulo. A unidade tem capacidade para produzir até 150 mil barris de petróleo por dia (bpd), comprimir até 6 milhões de m³/dia de gás natural e armazenar 1,6 milhão de barris de petróleo. O poço 3-SPS-69, o primeiro em operação, tem potencial de produção de 32 mil bpd. Nove poços produtores e sete poços injetores serão conectados à Cidade de Ilhabela. A previsão é que o pico de produção seja atingido no segundo semestre de 2015.

A FPSO Cidade de São Paulo, por sua vez, atingiu sua capacidade máxima de produção graças à conexão de três novos poços produtores ao longo do ano e, atualmente, produz cerca de 132 mil boe/dia.

No bloco BM-C-33, no pré-sal da Bacia de Campos, a Repsol Sinopec deu prosseguimento ao Plano de Avaliação da área, perfurando os poços Seat 2 e Pão de Açúcar 2, com o objetivo de confirmar o grande potencial do bloco. Situado a cerca de 200 km da costa do Rio de Janeiro, no bloco BM-C-33 foram feitas as descobertas de Pão de Açúcar, Seat e Gávea, que juntas apresentam estimativas de recursos de mais de 700 milhões de barris de óleo leve e mais de 3 trilhões de pés cúbicos de gás.

O ano de 2014 também abriu novas expectativas e confirmou a descoberta de Sagitário, no bloco BM-S-50, no pré-sal da Bacia de Santos. Após a realização do teste de formação do poço, verificou-se que os reservatórios apresentam boa produtividade e permeabilidade.

Os investimentos da companhia, que em agosto recebeu seu novo CEO, Tomás García Blanco, ao longo do ano foram superiores a US$ 1 bilhão. E o mais importante de tudo, todas as operações da Repsol Sinopec transcorreram sem nenhum incidente de segurança e meio ambiente.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira