Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

28/11/2014 - 07:26

Log-In -Logística Intermodal avisa da retomada da construção de navios

E assinatura de termo aditivo ao contrato de construção sob encomenda com o Estaleiro Ilha S/A "EISA".

Rio de Janeiro - “A Log-In - Logística Intermodal S/A ("Log-In" - BM&FBovespa: LOGN3), vem a público informar que celebrou termo aditivo aos contratos de construção de navios sob encomenda junto ao Estaleiro Ilha S/A "EISA", de modo que: EISA possui em suas instalações quatro embarcações em fase de construção de propriedade da Log-In, sendo um navio graneleiro (casco 510) e três navios porta-contêineres (cascos 506, 507 e 508), em graus diferentes de avanço físico; . Novo cronograma de construção estipula as seguintes datas de entregas das embarcações pelo EISA, casco 510 para outubro de 2015, casco 506 para agosto de 2016, casco 507 para abril de 2017 e casco 508 para outubro de 2017;

. Investimentos adicionais envolvendo gastos com serviços, equipamentos e materiais nacionais totalizando R$ 74,5 milhões, sendo R$ 20,8 milhões para o casco 510, R$ 29,0 milhões para o casco 506, R$ 16,9 milhões para o casco 507 e R$ 7,8 milhões para o casco 508. Estes valores serão desembolsados conforme avanço físico das obras e serão objeto de pedido de suplementação de financiamento através dos recursos do FMM, tendo o BNDES como agente financeiro;

. A Log-In, dado o aceite do novo cronograma de construção, por meio de instrumentos jurídicos, manteve o seu direito às multas contratuais, por parte do EISA, que poderão ser exigidas em razão de descumprimento das obrigações de entrega das embarcações, nos novos prazos, pelo estaleiro.

Posicionamento Estratégico da operação para a Log-In: "A Log-In entende que a efetivação do aditivo com o estaleiro EISA proporcionará retomada do ritmo contratual do projeto de construção, com horizonte realista e factível de conclusão. Os aumentos de investimentos no montante de R$ 74,5 milhões para o término da construção dos navios representarão uma variação inferior a 5% quando comparados ao orçamento original para os navios porta-contêineres e graneleiros, em um período de cerca de 8 anos do início da construção.

A partir da data da assinatura do aditivo daremos continuidade às tratativas técnicas junto ao BNDES, ao FMM - Fundo da Marinha Mercando e a Receita Federal do Brasil, visando obtenção de recursos junto ao FMM através do repasse do BNDES, da extensão dos prazos de amortização dos financiamentos contratados e de maior celeridade das liberações de AFRMM.

Os atuais serviços de cabotagem da Log-In, com o novo cronograma de construção, mantêm-se inalterados. Reafirmamos nosso propósito no crescimento da Log-In, colocando a navegação costeira com um vetor de geração de lucratividade, pois esta se destaca cada vez mais como provedora de otimização de custos e aumento de eficiência para as indústrias brasileiras.

Os recordes de volumes de cabotagem nos últimos trimestres, solidificam a crença da empresa no potencial da cabotagem no Brasil e a confiança na estratégia de conversão do rodoviário de longa distância para o modal.", comentou Vital Jorge Lopes, diretor -presidente da Log-In”, concluiuVital Jorge Lopes, diretor-presidente e de relações com investidores.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: