Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL
Busca: OK
CANAIS

15/10/2014 - 09:16

Brasil na ponta da tecnologia do petróleo abre edição de 2014 da SPEtro

PPSA anuncia abertura de concurso público.

A IX Semana de Petróleo e Gás - SPEtro -, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), abriu a sua edição 2014 com a presença do presidente da Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA), Oswaldo Pedrosa, estatal criada recentemente par gerenciar contratos do Pré-Sal. “O Brasil está na ponta da tecnologia do petróleo. Vamos precisar de mão de obra qualificada para gerir a produção nacional, hoje à frente de outros países”, declarou Pedrosa, informando aos alunos da Escola Politécnica que a PPSA abrirá concurso público para engenheiros a partir de 2015. Na cerimônia de abertura, o presidente da PPSA foi agraciado com o 3º Prêmio Personalidade do Ano.

O diretor da Poli/UFRJ, professor João Carlos Basílio, ressaltou a qualidade do ensino das engenharias da UFRJ comparando-as com as universidades de ponta de outros países e apontou para um futuro de sucesso para os alunos da Escola. O professor de Engenharia de Petróleo, Paulo Couto, e o Professor da Escola de Química, Alexandre Leiras, destacaram a união dos conhecimentos das engenharias da Politécnica, Coppe, e Escola de Química na qualificação dos alunos da UFRJ.

O presidente da PPSA, Oswald Pedrosa, explicou sobre o potencial do Pré-Sal brasileiro, as novas tecnologias para identificação das camadas, com a relevância de projetos de alunos da UFRJ, envolvidos no desenvolvimento de equipamentos, que auxiliam na análise da profundidade de poços. O vice-diretor da Coppe, Edson Watanabe, observou o crescimento dos novos cursos de engenharia, lembrando a existência do mais recente, o de Energia Nuclear, e o foco das tecnologias desenvolvidas no campus com vistas ao melhor desempenho energético do país.

A despeito da recente crise na imagem da Petrobrás, o presidente da SPE – Seção Brasil - Brasil Bruno Moczydlower, lembrou aos alunos que o mercado de petróleo no Brasil já está consolidade, e que eventos como a SPEtro apontam para o caminho correto a ser trilhado por futuros líderes das áreas de petróleo e gás do país. O Decano do CT/UFRJ, Paulo Bastos, lembrou que é preciso ter atenção e cuidado na análise de fatos sobre o mercado de petróleo brasileiro, cuja trajetória e historicidade são de credibilidade. | Monica Coronel/Cequal.

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2017 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira