Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL
Busca: OK
CANAIS

27/08/2014 - 09:41

Bons exemplos de outros países de gestão de água

Levantamento feito pela consultoria Keyassociados aponta que boas medidas estão presentes de países pobres a ricos.

Outras regiões do planeta já tiveram que lidar com a falta de água. São lições valiosas que os gestores brasileiros podem se espelhar. A Keyassociados, consultoria especializada em sustentabilidade, fez um levantamento de alguns desses bons exemplos. “É possível encontrar boas ideias em países de todos os continentes, dos mais ricos aos mais pobres”, afirma Luiz Serrano, consultor sênior da Keyassociados e um dos responsáveis pelo levantamento.

O especialista ressalta, entretanto, que a maioria das ideias requer planejamento e longo prazo, por isso, destaca a necessidade de adoção de medidas de economia por parte de governantes e população. “É necessário que haja redução do consumo e do desperdício desde já”, afirma Gabriel Mariano Picca, consultor da Keyassociados e outro autor do estudo.

Veja alguns desses exemplos internacionais: Califórnia (EUA): A preocupação foi com a água contaminada e os lenções subterrâneos. O estado tratou o esgoto e, após purificar a água, a injetou nos lençóis freáticos. “Isso evita que o aquífero seja contaminado pela água do mar e ajuda a fonte a permanecer sempre com uma quantidade de água”, explica Serrano.

Namíbia: O país africano investiu em tratamento do esgoto e no reuso dessa água como potável.

Cingapura: O esquema adotado foi parecido com o da Namíbia, com investimentos em tratamento de esgoto e no reuso dessa água como potável. Porém, a diferença é que grande parte dessa água reciclada foi direcionada para o uso em indústrias.

Israel: Situado em uma região de pouca água, a solução foi mais ampla. Foram desenvolvidas técnicas de irrigação mais eficientes, como o gotejamento, que direciona a irrigação diretamente às raízes das plantas. O saneamento é uma grande preocupação, sendo que os índices de tratamento chegam de 80% a 90% do esgoto, que, após tratado, é reutilizado. Há também usinas de dessalinização e um programa de educação ambiental para conscientização sobre o uso da água para todas as crianças nas escolas.

Londres (Inglaterra): Há um sistema que transporta a água da área norte para a sul (onde faltam opções de recursos hídricos). Também investem em usinas de dessalinização.

Austrália: Eles também investem em dessalinização, reciclagem da água e reuso.

Japão: Nesse país as indústrias só utilizam água de reuso; há utilização de sistema de encanamento duplo: um com água de reuso e outro com água potável; e, em Tóquio, nos prédios maiores de 10 mil m2 é obrigatória a existência de um sistema de tratamento e reuso da água.

Enviar Imprimir

© Copyright 2006 - 2017 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira