Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/06/2014 - 09:15

Estado do Rio reúne R$ 34 bilhões de investimentos em logística

Descentralização econômica e obras de infraestrutura contribuíram para crescimento industrial em território fluminense.

O Estado do Rio de Janeiro está se consolidando como um importante polo do setor de logística. A descentralização econômica, com instalação de unidades fabris no interior fluminense, aumentou a necessidade de empreendimentos logísticos que integrassem os municípios às principais vias de escoamento de produção. O setor já soma investimentos de R$ 34 bilhões, entre obras anunciadas e em andamento.

O Médio Paraíba receberá um terminal multimodal integrado com um complexo logístico e industrial. Fruto da parceria entre o Pátria Investimentos e o Grupo Multiterminais, foi lançada a pedra fundamental do empreendimento que integrará, por via modais ferroviários e rodoviários, o Porto do Rio com a região do Vale do Paraíba, na divisa entre Rio e São Paulo. O investimento atenderá a demanda logística do polo automotivo existente na região. O complexo, composto por um condomínio de armazéns e pelo terminal, demandará R$ 250 milhões em investimentos em Itatiaia, além de gerar 200 empregos diretos e 500 indiretos.

Na mesma região, a Nissan inaugurou seu novo Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças, no dia 11 de junho (quinta-feira), em Resende(RJ). O centro ampliou a capacidade de estoque de peças da empresa no Brasil: 681 mil peças, quantidade que supriria o equivalente a seis meses de demanda do mercado. O investimento de R$ 70 milhões soma-se aos R$ 2,6 bilhões já investidos na construção da unidade fabril da montadora, inaugurada em abril deste ano.

A melhoria na infraestrutura, com a construção do Arco Metropolitano, e a construção de novos portos no Estado são apontados pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Julio Bueno, como fatores de atração de investimento. “Há uma evidente vocação logística no Estado. Temos uma posição geográfica privilegiada para a instalação desses empreendimentos”, destaca. Bueno acredita que a descentralização das empresas de logística beneficiará ainda mais o desenvolvimento industrial do interior. “Em Cabo Frio, por exemplo, um distrito logístico já atraiu o Grupo Libra, e outras doze empresas demonstraram interesse em se instalar no terreno ao lado do aeroporto local. As atividades poderão se integrar ao aeroporto, ao porto e às operações do pré-sal”, exemplifica.

Em Queimados, a MRS Logística instala um Polo Intermodal Ferroviário, com investimento de R$ 240 milhões. O empreendimento será interligado a outro terminal em Mogi das Cruzes, em São Paulo, e terá capacidade de transportar dois milhões de toneladas de cargas de alto valor agregado por ano no maior centro consumidor do País: o eixo Rio-São Paulo.

O Arco Metropolitano é a principal obra logística realizada pelo Estado, e ligará os municípios de Itaguaí à Itaboraí, com acesso ao Porto do Sudeste e ao Comperj. Ao redor do Arco já foram atraídos mais de R$ 60 bilhões, com destaque para o Comperj, em Itaboraí. Pelo menos 40 mil empregos serão gerados a partir desses investimentos.

O Estado ainda tem em carteira na área de logística, empreendimentos de empresas como Usiminas e CSN, que investirão plataformas logísticas em Itaguaí. Em Maricá, a construção de um porto demandará investimento de R$ 6 bilhões.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira