Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

03/06/2014 - 10:04

Dobra o número de fusões e aquisições no setor de seguros no Brasil, aponta KPMG

Indústria global também apresenta tendência de crescimento.

Com oito operações realizadas no primeiro trimestre deste ano, dobrou o número de fusões e aquisições no setor de seguros se comparado com o mesmo período de 2013. Os dados constam numa pesquisa feita trimestralmente pela KPMG e que envolve 43 segmentos da economia.

Dentre as transações fechadas nos três primeiros meses deste ano, cinco foram domésticas (envolvendo apenas empresas brasileiras) e três foram realizadas por estrangeiros comprando companhias brasileiras estabelecidas no país.

“Além de, neste primeiro trimestre, dobrar o número de operações em relação ao mesmo período de 2013, o setor de seguros registrou em apenas três meses 40% de todas as negociações realizadas ao longo do ano passado. Ou seja, o segmento começou 2014 bem aquecido e podemos chegar próximo dos números de transações dos anos mais movimentados”, afirma o sócio da KPMG e responsável pela pesquisa, Luís Motta.

Perspectiva global positiva para o setor -Segundo uma análise feita pela KPMG sobre as operações do segmento de seguros nos próximos anos, a tendência é de crescimento com expansão permanente. O levantamento ainda apontou os dez pontos principais que devem nortear essa expansão: oportunidades criadas pelo uso da tecnologia; aumento da atividade de private equity na área; novas demandas oriundas da Ásia; crescimento esperado na América Latina; mercados da África, Turquia e Oriente Médio começam a chamar a atenção; mudanças regulatórias continuam a impulsionar os negócios; aumento de fusões e aquisições em economias em desenvolvimento; seguradoras tradicionais devem focar no seu core business,gerando negociações de setores secundários; criação de infraestrutura básica em países de alto crescimento; e utilização de base de dados.

“Muitas seguradoras estão repensando seu modelo de negócio, devido à mudanças econômicas e regulatórias. O objetivo é garantir o crescimento rentável, entrar em novos mercados e racionalizar as operações que não são centrais. Por isso, transações de fusões e aquisições são cada vez mais importantes e devem se intensificar em nível global”, analisa a sócia da área de seguros da KPMG, Luciene Magalhães.

Perfil - A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 155 países, com mais de 155.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. As firmas-membro da rede KPMG são independentes entre si e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça. Cada firma-membro é uma entidade legal independente e separada e descreve-se como tal.??

No Brasil, a organização conta com 4.000 profissionais distribuídos em 13 Estados e Distrito Federal, 22 cidades e escritórios situados em São Paulo (sede), Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Joinville, Londrina, Manaus, Osasco, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São Carlos, São José dos Campos e Uberlândia.? | Site: kpmg.com/BR.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira