Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

03/04/2014 - 07:10

Nova linha do metrô vai atender 300 mil passageiros por dia no Rio de Janeiro


A presidenta Dilma Rousseff visitou as obras da linha 4 do metrô do Rio de Janeiro, no dia 02 de abril (quarta-feira). Serão construídos 16 quilômetros de túneis, ligando os bairros de Ipanema e Barra da Tijuca. A expectativa é que cerca de 300 mil passageiros sejam atendidos diariamente pela nova linha, que terá seis novas estações, além da ampliação de uma estação já existente.

Segundo o subsecretário da Casa Civil do governo do estado do Rio de Janeiro, Rodrigo Vieira, os 16 quilômetros da linha 4 correspondem ao que foi construído em metrô subterrâneo no estado em toda a sua história e fará uma importante ligação entre as zonas sul e oeste da cidade, até então desassistida de transporte público de massa. Rodrigo Vieira salienta os desafios que uma obra dessa importância para a cidade trouxe para que pudesse sair do papel.

“Em termos de engenharia, é o maior túnel entre estações – entre Barra e São Conrado – do metrô mundial. Em termos de engenharia também nós vamos usar a maior máquina de escavação da América Latina. O “tatuzão”, que escava o trecho Ipanema-Gávea, tem 12 metros de diâmetro e vai escavar por baixo das ruas de Ipanema e Leblon. Em termos financeiros, para construir essa linha, o governo tem o apoio do BNDES, do Banco do Brasil, do Tesouro Estadual, do Fecan e da Agência Francesa de Desenvolvimento. Só o BNDES aportou R$ 4,5 bilhões nessa obra, é o maior financiamento do Banco de Desenvolvimento para um ente subnacional”.

Com um investimento total de R$ 8,6 bilhões, a nova linha 4 do metrô deve entrar em operação em 2016. Além dos passageiros poderem contar com um novo sistema de transporte sem custo a mais na tarifa, a previsão é retirar das ruas cerca de dois mil veículos/hora nos momentos de pico. Com o início da operação do metrô, o tempo de deslocamento entre a região também sofrerá redução: o trajeto Barra–General Osório, em Ipanema, será feito em 15 minutos, e o trajeto Barra–Centro, em 34 minutos.

A presidenta Dilma estava acompanhada do governador Sérgio Cabral, do vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, do prefeito Eduardo Paes, do secretário de Transportes, Julio Lopes, e de outras autoridades. O grupo fez a travessia dos cinco quilômetros do túnel escavado na rocha.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: