Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/04/2014 - 07:31

Intermodal 2014: No primeiro dia de evento, destaque para os desafios do setor

A 20ª edição da feira reúne, até quinta [03/04], os principais players do mercado nacional e internacional no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP).

Com início no dia 1º de abril (terça-feira),em São Paulo (SP), a 20ª edição da Intermodal South America - Feira Internacional de Logística, Transporte de Cargas e Comércio Exterior, o 2º maior evento do mundo para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior. Até quinta, os principais players do mercado nacional e internacional estarão reunidos no Transamerica Expo Center em um ambiente de negócios, lançamentos, reforço de marca, joint-ventures, vendas e networking.

Durante a solenidade de abertura, Joris van Wijk, o diretor da UBM Brazil, organizadora do evento, ressaltou o papel estratégico exercido pela Intermodal nos últimos 20 anos: “O mercado está mudando sempre e apresenta desafios. A busca pela superação é o que impulsiona o crescimento da Feira, que é hoje um grande encontro onde se apresentam soluções e se firmam negócios. Completamos 20 anos de avanços e a nossa equipe já está trabalhando para o sucesso das próximas 20 edições”.

O secretário substituto de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Maurício Lucena, destacou o caráter integrador da Intermodal South America. "É um evento que oferece uma oportunidade única para visualizarmos a evolução da cadeia logística no País, tanto no aumento da infraestrutura como no crescimento dos investimentos. A união entre as empresas e os órgãos governamentais, como se vê neste encontro, é o caminho para o desenvolvimento da nossa cadeia logística e do comércio exterior", disse.

Para o diretor interino da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Mario Povia, a Feira é um fórum fundamental para discutir os rumos dos segmentos envolvidos nas cadeias de logística, transporte de cargas e comércio exterior. "Estamos envolvidos na consolidação do novo marco regulatório e aumento dos investimentos nos portos brasileiros. A Intermodal é o local ideal para discutir estes temas com as empresas e entidades representativas do setor e sentir como está o cenário".

O superintendente Executivo da Caixa Econômica Federal, Gustavo Portela, frisou que a Intermodal tem uma função estratégica para o banco: "É importante para a Caixa participar dessa edição da feira. Queremos consolidar nossa participação no fomento da cadeia de infraestrutura e crescimento sustentável e a Intermodal é a melhor oportunidade de mostrar isso"

O diretor da Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), Carlos Nascimento, aproveitou a presença de empresários e lideranças setoriais na solenidade de abertura para deixar um recado: "A ANTT passa por um período importante com muitas obras de infraestrutura em andamento no País. Sabemos que há desafios, como o avanço necessário no modelo de concessão das ferrovias. Estamos nos esforçando para atender as necessidades, ouvindo sempre a opinião de todos os atores envolvidos".

Entidades As entidades representativas das empresas também destacaram a importância da Intermodal South America. Caso, por exemplo, do presidente da Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA), Antônio Carlos Duarte Sepúlveda. "Estamos comemorando os 25 anos da Abtra aqui na Intermodal. Muita coisa boa aconteceu e a feira é testemunha deste desenvolvimento do País. Há muita coisa a ser feita e a Intermodal é o fórum ideal para discutir os rumos do setor e fazer negócios", afirmou.

O diretor-executivo da Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários (ANTF), Rodrigo Vilaça, frisou que e a Intermodal é fundamental porque permite uma discussão ampla sobre a intermodalidade. O presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), Vicente Abate, concordou: "A feira promove a interação dos principais agentes dos segmentos envolvidos e é o lugar ideal para unir autoridades e empresários em torno de discussões técnicas".

Conferência Outro destaque do primeiro dia da Intermodal South America foi a realização da Conferência Intermodal Ports & Maritime Summit, que abordou os temas “Infraestrutura - Avanços e Perspectivas”, “Desafios Estruturais dos Portos Brasileiros” e “Porto Indústria e Acesso aos Portos”. Apesar de apostarem em um futuro promissor, lideranças e empresários aproveitaram a conferência para apresentar queixas sobre as mudanças que os setores logísticos, de transporte de cargas e de comércio exterior vêm passando.

"O andamento e a velocidade dos investimentos em infraestrutura estão desconectados das necessidades do País. É preciso rever, também, o papel de cada órgão. Como falar em gestão dos portos se as autoridades portuárias não têm autonomia?", desabafou o presidente do Centronave (Centro Nacional de Navegação), Cláudio Loureiro.

O presidente da Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP), Willen Mantelli, foi pelo mesmo caminho: "Temos que discutir a centralização. O enfraquecimento da autoridade portuária é ruim para o País. Viraram meros administradores de condomínio. É preciso autonomia para ter continuidade e previsibilidade". Quem opinou sobre o tema, também, foi o presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço. "Temos no Brasil uma falta de planejamento e um centralismo muito grande no Governo Federal", defendeu.

A programação de conferências da Intermodal South America continua nesta quarta (2). A partir das 9h, o painel “Novo Código Comercial Marítimo”, realizado em parceria com o Centronave, destaca mudanças de direitos e obrigações de embarcadores, companhias marítimas e prestadores de serviços no âmbito portuário. Os temas vão do risco marítimo à navegação aquaviária, passando por garantia patrimonial e apuração formal dos acidentes.

Notas do Pavilhão: MRS apresenta o CBTC -A MRS Logística trouxe para esta edição da Intermodal South America o CBTC (Comunication- basead Train Control), o sistema automatizado de controle dos trens que proporciona uma margem de segurança maior. “O sistema é utilizado nos trens de passageiros nos EUA e Europa e, no Brasil, aplicaremos de forma inédita no transporte de cargas”, disse o gerente-geral da área comercial da empresa, Marcio Aramy. Além disso, a empresa confirmou que o início das operações dos vagões Double Stack da empresa será em outubro no Porto de Santos.

Cone Aratu começa a ser entregue este ano -A Intermodal South America tem um papel estratégico para a Cone Condomínio de Negócios. “Na edição do ano passado nós apresentamos o projeto Cone Aratu, uma plataforma de multiempreendimentos e logística industrial próxima ao Complexo Industrial Portuário de Aratu (BA). Voltamos agora com o cronograma das obras e o anúncio da previsão da entrega das primeiras áreas do empreendimento para o final do ano. Vamos construir cerca de 800 mil metros quadrados com espaços para empresas de logística, serviços e indústria”, explicou o diretor de Negócios da Cone, Fernando Perez.

Ampliar relacionamento é a meta do Porto de Antuérpia:“O Brasil tem uma importância estratégica para nós por apresentar um potencial de crescimento promissor e ser a porta de entrada para grande parte dos países da América Latina. Sempre participamos da Intermodal por reunir os principais players do segmento e permitir contatos de qualidade que sempre rendem ótimas parcerias”, disse a coordenadora de Marketing do Porto de Antuérpia para a América Latina, Stefanie D´Herde.

Executivos do modal ferroviário discutem o futuro do setor -Um bate-papo sobre ferrovias reuniu, no primeiro dia de feira, executivos do setor para expor o panorama do mercado ferroviário nacional. Rodrigo Vilaça, da Agência Nacional de Transporte Ferroviário - ANTF, Alan Fuchs, da Brado Logística e Vicente Abate, da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária - Abifer participaram da mesa-redonda.

O ponto alto da discussão foi a necessidade de investimentos para eliminar os gargalos logísticos e, consequentemente, aumentar as oportunidades e a produtividade do transporte ferroviário de cargas. Segundo Vilaça, somente em 2013 o modal movimentou cerca de 2 milhões de toneladas.

De acordo com os três executivos, a ferrovia tem potencial e vantagens competitivas para a atender à demanda, mas para isso é preciso desenvolver um novo planejamento que contribua com as malhas e, a partir daí, dar continuidade ao processo para não atrasar o desenvolvimento do País neste setor.

Santos Brasil e Basf fecham parceria -Durante a 20ª edição da Intermodal South America, a Santos Brasil anunciou um novo modelo logístico, criado em parceria com a Basf. A operação é realizada dentro do sistema intermodal e integra um pacote de serviços portuários e ferroviários com o objetivo de reduzir os custos, aumentar a competitividade do transporte de contêineres por ferrovia e concentrar as atividades no porto.

A Santos Brasil faz toda a gestão do transporte de cargas da Basf, desde o recebimento de importação e desembaraço, feito no Tecon Santos, até a armazenagem e distribuição da mercadoria. A exportação também está no escopo dos serviços, adotando o sentido inverso da mesma operação, onde é feito o embarque no Terminal Ferroviário com destino ao Porto de Santos.

Intermodal South America 2014 [www.intermodal.com.br] Com 20 anos de história, a Intermodal South America é o 2º maior evento do mundo para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior. O evento reúne, em três dias, os principais players do mercado nacional e internacional, impulsionando negócios e parcerias, servindo de plataforma para lançamentos, reforço de marca, joint-ventures, vendas e networking. Em sua última edição, reuniu mais de 600 empresas, representando 26 países e atraiu 48.500 visitantes. Em 2014, a Intermodal acontece entre os dias 1 e 3 de abril, das 13 às 21 horas, no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP).

UBM Brazil [www.ubmbrazil.com.br] No Brasil desde 1994, sendo a primeira multinacional a entrar no mercado brasileiro de feiras, a UBM Brazil é uma das 50 subsidiárias da UBM Internacional. Com escritório na cidade de Barueri, em São Paulo, a UBM Brazil conta com a colaboração de mais de 60 funcionários e realiza atualmente mais de 12 feiras no Brasil.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira