Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

08/02/2014 - 07:24

Investidores estrangeiros lideraram o setor de T&L pela primeira vez, aponta PwC


O ano 2013 voltou a apresentar crescimento no número de transações no setor de T&L, revertendo a tendência de queda observada desde 2012. Investidores estrangeiros lideraram as movimentações pela primeira vez.

Número de transações no ano de 2013 foram anunciadas 30 transações no setor de Transportes e Logística (T&L) no Brasil, aumento de 20% em relação a 2012.

. Transações:

De acordo com a PricewaterhouseCoopers Brasil ( PwC), em seu relatório de Fusões e Aquisições, continua representativo o número de transações relacionadas ao setor de infraestrutura (portos, aeroportos, rodovias e ferrovias), que representou 30% do número total de transações no ano, sem incluir os leilões dos aeroportos do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro/Galeão-Antonio Carlos Jobim e Confins e cinco concessões rodoviárias, que não são consideradas transações para fins das estatísticas apresentadas. Outras transações do segmento envolveram também a VLI, empresa que incorporou ativos logísticos da Vale e aquisição da Prumo (ex-LLX) pela EIG Management Company LLC.

Investidores nacionais e estrangeiros: “continuamos observando uma clara tendência de aumento na participação de investidores estrangeiros, que atingiu um novo recorde em 2013, de 57%. Atribuímos este aumento aos seguintes aspectos: . forte demanda por investimentos em infraestrutura, a existência de segmentos em consolidação, altamente fragmentados, ainda dominados por grupos nacionais, e interesses estratégicos em segmentos específicos”, destaca a Pwc.

. Participação dos investidores nacionais e estrangeiros:

“Entre as transações lideradas por estrangeiros, destacamos a compra das operações de McLane no Brasil pela francesa FM Logistics, a aquisição da empresa de cargas fracionadas Expresso Jundiaí pela mexicana Femsa Logística, e a participação na VLI adquirida pelo Grupo Mitsui”, informa a PwC.

Investidores financeiros e estratégicos - “Observamos que os investidores estratégicos continuam dominando as transações no mercado de T&L, com uma participação de 67% do total de transações em 2013”, frisa a consultora.

. Participação dos investidores estratégicos e financeiros:

“Os investidores financeiros, que participaram de cinco transações em 2012, contribuíram com dez transações em 2013. Entre as transações conduzidas por compradores financeiros estão: a compra de uma participação na operadora Brado Logística pelo Fundo de investimento FIFGTS da Caixa Econômica Federal e a aquisição de participação na VLI, empresa de logística integrada da Vale, pelo fundo Brookfield Asset Management Llc.”, continua o relatório.

Outros destaques do ano -A norte-americana de serviços de transporte aéreo Erickson Air-Crane comprou o braço de logística aérea da HRT, a Air Amazônia, a brasileira EBX Holding e a norteamericana BP Products North America formaram a Joint Venture Marine Fuel EX (MFX) que irá lidar com logística de combustíveis marítimos no Superporto do Açu, no Rio de Janeiro.

“A Joint Venture formada pelas companhias Cosan e Shell Raízen comprou a participação restante de 33,3% no Terminal Exportador de Álcool de Santos (Teas): Mitsui e FI-FGTS adquiriram participações na VLI, e compra e venda de participações minoritárias na Gol Linhas aéreas pelo Bank of America e investidores privados”, concluiu a PwC.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: