Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

21/12/2013 - 06:59

Iveco Daily movido a gás natural será testado pelo Martins, maior atacadista do Brasil

Belo Horizonte-Com redução de 84% da emissão do NOx, 25% menos CO2 e 96% menos material particulado, se comparado com um veiculo diesel Euro 3, o Iveco Daily movido 100% a Gás Natural Veicular (GNV) será testado pelo grupo Martins a partir deste mês. O acordo firmado entre a montadora e o maior atacadista do Brasil foi oficializado hoje, 18 de dezembro, durante evento de comemoração dos 60 anos do Martins, em Uberlândia, quando também foi entregue um Hi-Way usado para tracionar a carreta-escola itinerante da Universidade Martins de Varejo e celebrada a marca de 1.000 caminhões Iveco na frota da empresa.

O modelo Daily Furgão GNV 35S14G é um protótipo desenvolvido pela Iveco e que foi testado em parceria com a BHTrans (empresa de transporte e trânsito de Belo Horizonte), Fetcemg/Setcemg (Sindicato das Empresas de Transporte de Carga do Estado de Minas Gerais) e a Gasmig (Companhia de Gás de Minas Gerais).

“O Daily GNV é ideal para serviços de distribuição e logística urbana e ainda traz vantagens que vão além das significativas reduções de emissão de gases de efeito estufa. Entre elas, está a diminuição de ruídos em 6 decibéis em relação ao mesmo motor diesel”, explica o gestor de Inovação da Iveco, Fabio Nicora.

Durante seis meses, o veículo será utilizado em Belo Horizonte no segmento de entregas rápidas de produtos leves. A expectativa é realizar aproximadamente 20 entregas, num total de 100 quilômetros por dia. “Em um cenário de competitividade, atualizar e desenvolver é uma questão de sobrevivência, por isso temos uma área atuante de projetos e desenvolvimento”, afirma o diretor-geral do atacadista distribuidor Martins, Walter Faria.

Com uma frota de 1.200 veículos, sendo 66% deles da Iveco, o protótipo movido a GNV corresponde ao projeto de diminuição na emissão de gases de efeito estufa do Martins. “Mudamos o perfil da frota e implantamos a Gestão On Line, onde está prevista uma redução de 8% na emissão de CO2. Optamos por testar o Daily GNV, principalmente, por questões ambientais e custo. Esperamos que esta parceria com a Iveco seja um diferencial na busca de solução para melhoria do meio ambiente”, comenta Walter.

Testes - A tecnologia de combustível alternativo continua sendo testada em cidades brasileiras. Além do Martins, a partir de janeiro de 2014 seis empresas de São Paulo, selecionadas pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (SETCESP), poderão conferir o desempenho de uma Daily Chassi Cabine. Serão seis meses de rodagem no Estado, um mês em cada empresa, numa parceria com a Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) e a Truckvan.

Estas não são as primeiras avaliações e parcerias realizadas com o Daily GNV. Entre julho de 2012 e novembro de 2013, o veículo foi testado pela Patrus Transportes, conseguindo atingir até 36 entregas por dia, registrando uma média de 20 entregas/dia no período. Ao todo, foram rodados 29.000 quilômetros na região metropolitana de Belo Horizonte.

Para o gerente de Manutenção da Patrus, Julio Delfim, o furgão Iveco movido a GNV atendeu bem às expectativas e gerou uma economia de 12,7 % nas despesas com combustível, se comparado com veículos de mesma capacidade com motor a diesel, numa situação similar de operação durante os 17 meses de teste. “Com esta economia, conseguimos ainda transportar 17,5% a mais em peso no período, mantendo o mesmo desempenho em veículos semelhantes movidos a diesel”, afirma.

Na ocasião, o acordo entre a Iveco e a Patrus integrava o projeto LOG/BH, da BHTrans, com a finalidade de avaliar melhorias da mobilidade e da qualidade do trânsito da capital mineira,especialmente em relação às entregas urbanas.As medições do desempenho, consumo de combustível, resistência e performance do Iveco Daily GNV foram feitas pelo Núcleo de Transporte da Escola de Engenharia (Nucletrans) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Há quatro anos, o Iveco Daily versão furgão movido a gás natural veicular (GNV) foi premiado como a “Van Verde 2009” por ser capaz de reduzir em até 62% as emissões de CO2 quando comparado a um motor a diesel normal.Além disso, o Iveco Daily GNV tornou-se o primeiro veículo comercial europeu a alcançar restritas metas estipuladas pela norma Euro 6. O prêmio foi concedido pela revista inglesa Fleet Van, uma das maiores do mundo no gênero.

Mercado - Embora esteja em testes no Brasil, o Daily movido a GNV é um veículo com grande êxito comercial na Europa, atestando a excelência da Iveco no desenvolvimento de soluções movidas a energias alternativas. “No ano passado, as vendas no mercado europeu superaram 900 veículos, quase o dobro do volume comercializado em 2011. Além disso, de 2008 a 2012, já somamos 3.397 Dailys vendidos somente na Europa, um número bastante expressivo para o segmento”, comenta Karina Esteves, gerente de Portfólio de Produto da Iveco.

Atualmente, a América Latina é foco na introdução dessa tecnologia. Somente na Venezuela, mais de 130 veículos modelo Daily (importados da Europa) e 100 veículos modelo Eurocargo (produzidos na Argentina) estão rodando pelo país em serviços para transporte de passageiros.

A Iveco é a maior fabricante mundial de veículos comerciais movidos a GNV. Até hoje, mais de 12 mil unidades a gás natural, de diferentes modelos, já foram comercializadas em diversos países. São milhares de veículos em vários tipos de aplicações. Boa parte da frota de caminhões para coleta de lixo em Madri (Espanha), por exemplo, é formada por veículos IvecoStralis movidos por este tipo de combustível.

Demais projetos - Paralelamente, a Iveco coordena outros projetos dedicados à tecnologia de combustível alternativo. Um deles é o teste com o Tector GNV, em parceria com a Sulgas, Revita/Solví, DLMU Porto Alegre e PUC-RS. “Os testes terminaram em março deste ano e tiveram duração de seis meses. O veículo rodou 18.000 km na aplicação de coleta de resíduos em Porto Alegre”, escalarece ogestor de Inovação da Iveco, Fábio Nicora.

Para aplicação no setor canavieiro, um protótipo do Trakker Bi-Fuel, primeiro caminhão diesel-etanol do mundo, rodou a safra 2011, em parceria com a empresa Raízen, e conseguiu reduzir o custo operacional do veículo em 6%, comparado com mesmo veículo movido a diesel, ao operar com a mistura de 40% do diesel com etanol. Segundo Nicora, o objetivo agora é aumentar a taxa de substituição etanol X diesel para reduzir ainda mais o custo operacional relacionado com o diesel.

Ainda no campo da motorização alternativa, a Iveco desenvolve o projeto Minibus Elétrico, apresentado na feira Transpúblico 2013, em julho deste ano. O projeto tem seis linhas de pesquisa, sendo que uma delas é específica para estudar o impacto dos veículos elétricos na rede de distribuição de energia elétrica da Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais). Os testes durarão 12 meses.

“Ainda temos outros testes em andamento em São Bernardo do Campo (SP), Curitiba (PR) e São Paulo (SP) e outras empresas já demonstraram interesse nos veículos da Iveco movidos a GNV”, finaliza.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: