Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

12/09/2013 - 10:48

Rio de Janeiro receberá R$ 2,6 bilhões para obras de Mobilidade Urbana


Nova linha do metrô, que ligará Niterói e São Gonçalo, terá 14 estações e transportará 350 mil pessoas por dia.

A presidenta da República, Dilma Rousseff, anunciou no dia 11 de setembro (quarta-feira), recursos da ordem de R$ 2,635 bilhões para investimentos em obras de mobilidade urbana no Rio de Janeiro. O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, esteve com a presidenta no Clube Mauá, em São Gonçalo (RJ), para anunciar os investimentos. Entre eles, a obra do monotrilho para o trecho Niterói-São Gonçalo-Itaboraí no valor de R$ 2,570 bilhões. Os R$ 65 milhões restantes serão para a produção de projetos e estudos de obras nos municípios do Rio de Janeiro, São Gonçalo, Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

Os recursos fazem parte dos R$ 50 bilhões, anunciados pela presidenta Dilma Rousseff, em junho, para novos investimentos em mobilidade urbana no país. Após avaliação técnica do Ministério das Cidades e do Ministério do Planejamento, a presidenta aceitou a proposta do governo do Rio de Janeiro para substituir o projeto inicial de construção do metrô no trecho de Niterói-São Gonçalo-Itaboraí por um monotrilho.

Os recursos serão do Orçamento Geral da União (R$ 1,057 bilhão), com financiamento de R$ 1,053 bilhão e R$ 460 milhões de contrapartida do governo do estado, que prevê iniciar a obra em março de 2014. O trecho é a Linha 3 do Sistema de Transporte Metropolitano do Rio de Janeiro.

A prefeitura do Rio de Janeiro receberá R$ 50 milhões do Governo Federal para a produção de projetos. Com o recurso, os técnicos do município vão fazer o planejamento das obras da fase dois do BRT Transbrasil para o trecho Deodoro-Santa Cruz. Esta obra completará a primeira fase do BRT Transbrasil que liga o Centro à Deodoro pela Avenida Brasil. Outro projeto será para construção de 17 quilômetros de BRT Ligação B até o BRT Transoeste em Guaratiba.

Para a prefeitura de São Gonçalo haverá um aporte de R$ 9 milhões também para produção de projetos. Um deles será para o sistema viário e ciclovia que serão construídas em paralelo ao monotrilho Niterói-São Gonçalo-Itaboraí. O outro para a construção de 20 quilômetros de corredor de ônibus.

A presidenta também anunciará investimento de R$ 1,5 milhão para a prefeitura de Duque de Caxias fazer o estudo de viabilidade técnica e econômica das obras de VLT e BRT. O VLT fará o trecho de 22 quilômetros entre o Centro e Santa Cruz da Serra . O BRT ligará os 20 quilômetros entre Gramacho a Imbarié.

A prefeitura de Nova Iguaçu será beneficiada com recursos da ordem de R$ 4,5 milhões para a produção de projetos. Um deles será para construção de 20 quilômetros de corredor de ônibus que fará a continuidade da Via Light executada pelo governo do estado. O outro projeto será para a construção de mais oito quilômetros de corredor de ônibus para o trecho Centro-Dutra-Eixão Leste/Oeste.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: