Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

06/08/2013 - 08:40

Rede Formare chega a 80 unidades

Mizu, Iveco, Tupy, Siemens e DHL inauguram centros educacionais em suas instalações para capacitar jovens de baixa renda; Cummins abre nova escola em 6 de agosto (terça-feira).

O Formare, projeto social desenvolvido pela Fundação Iochpe para capacitar e qualificar jovens de baixa renda em parceria com a iniciativa privada, está chegando a 80 escolas. Desde agosto de 2012, as empresas Mizu, Iveco, Siemens, Tupy e DHL inauguraram centros educacionais em suas instalações. A Cummins, fabricante de motores, abre sua nova escola em 6 de agosto.

“Saltamos de 75 para 80 escolas em um ano. Isso significa que cerca de 120 jovens de baixa renda terão a oportunidade de estudar em alguma dessas empresas e sair de lá qualificados profissionalmente. Queremos, em breve, chegar a 100 escolas para podermos ampliar o acesso de jovens ao mundo do trabalho", explica Beth Callia, coordenadora do Formare.

O Formare é um projeto social de educação profissional com metodologia e características que geram benefícios para os alunos e, consequentemente, à comunidade onde está inserido. A empresa, por sua vez, melhora o clima organizacional ao promover o voluntariado. Os colaboradores se envolvem com o projeto de responsabilidade social, atuando como educadores voluntários, e desenvolvem competências e habilidades de gestão a partir desta experiência.

Para ter uma escola Formare a empresa deve oferecer instalações com cerca de 60 m² para a sala de aula, definir a equipe de profissionais que atuarão na coordenação e contribuir mensalmente para o Fundo de Desenvolvimento da Metodologia Formare.

“As empresas, quando decidem investir em educação tornando-se parceiras da Fundação Iochpe e implantando o Formare em suas unidades, passam a capacitar jovens em condições para assumirem, ao final do curso, funções em diversas áreas. Trata-se de um projeto social cuja contribuição vai além da formação dos jovens; os alunos capacitados pelo Formare tornam-se profissionais desejados por diversos ambientes empresariais, contribuindo para o desenvolvimento da região”, discorre a coordenadora.

Os cursos oferecidos pelo Projeto Formare, cuja duração mínima é de 800 horas/aula e que também oferece período de práticas profissionais, têm um eixo de disciplinas comuns às empresas parceiras da rede, tais como Fundamentação Numérica, Informática, Comunicação e Relacionamento, e Higiene, Saúde e Segurança. São disciplinas de conteúdo e interesse universal, cuja transmissão independe do perfil e das necessidades da empresa. “Os cursos desenvolvem habilidades e conhecimentos básicos para que o aluno possa trabalhar tanto em sua área de formação como em outros ambientes de trabalho”, conta Beth.

Ao concluir o curso, o jovem recebe um certificado emitido pela Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR). A orientação pedagógica baseia-se nas recomendações do Ministério da Educação (MEC) e desenvolve as competências e habilidades com a associação de teoria e prática.

Formare-Escolas: 80 | Empresas parceiras: 48| Alunos em formação: 1.600 Educadores voluntários atuando: 3.200 | Cobertura nacional: 55 municípios em 10 Estados do Brasil | Uma escola na Argentina.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira