Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/05/2013 - 09:35

Confiança Seguros lança produto empresarial para pequenas e médias empresas

Com o CONFI Vida Empresarial – PME, a seguradora pretende crescer em 30% neste segmento dentro do faturamento da companhia.

Impulsionada pelos ótimos resultados advindos da reestruturação iniciada no segundo semestre de 2012, a Confiança Seguros lança mais uma novidade no mercado segurador: o CONFI Vida Empresarial - PME. O produto visa atingir as pequenas e médias empresas a partir de duas vidas (pessoas), com um diferencial inédito: possibilita a todos os segurados a realização de um check up médico anual.

Segundo o superintendente comercial de Vida da seguradora, Cláudio Ramos, o check up médico faz todo o sentido neste produto. “Atua na prevenção de enfermidades e assim ajudaremos nossos clientes a manter um clima organizacional sadio. Isso garante alta produtividade e atua na diminuição dos afastamentos por doença e no aumento da longevidade dos segurados”, frisa.

A empresa começou a ter foco no ramo Vida a partir da metade de 2012, quando deu inicio a uma profunda reestruturação no setor. “Como a carteira de deste segmento representa historicamente 20% do faturamento da Confiança Seguros, o planejamento de negócios prevê um crescimento significativo para os próximos três anos. Em 2013, cresceremos, no mínimo, 30% dentro desta porcentagem”, projeta Ramos.

O CONFI Vida Empresarial - PME coloca a companhia definitivamente como grande opção para o corretor no mercado de seguro de pessoas. “A competitividade do produto somada à simplicidade da ferramenta de cotação e flexibilidade de contratação, possibilitará que o corretor faça o estudo e o fechamento do negócio frente ao cliente através de um tablet ou laptop, por exemplo. O produto dispensa preenchimento de cartão proposta e declaração pessoal de saúde até R$ 50 mil de importância segurada e 65 anos de idade”, salienta o superintendente comercial.

Foco nas pequenas e médias empresas-As chamadas PME’s já representam hoje aproximadamente 20% do PIB brasileiro com mais de 25 milhões de pessoas envolvidas no seu próprio negócio. Compreendem mais de 90% das empresas no país. “Trata-se de um mercado latente e que precisa de proteção. Além disso, a característica varejista da Confiança e a sua grande capilaridade nacional nos dão grande diferencial na busca deste nicho”, reforça Ramos.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira