Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/05/2013 - 09:15

Panalpina aumenta o faturamento em 4% no 1T13

São Paulo – O Grupo Panalpina [www.panalpina.com] voltou a apresentar resultado positivo no primeiro trimestre de 2013, após uma perda no ano passado. A empresa provedora de soluções para a cadeia de suprimentos registrou um lucro consolidado de CHF 14 milhões para os três primeiros meses do ano. O faturamento aumentou 4%, para CHF 1.602 milhões e lucro bruto foi de CHF 366 milhões, um crescimento de 0,5% em relação ao ano anterior. Enquanto a divisão de fretes aéreos continua a lutar em um mercado em retração, a divisão de fretes marítimos cresceu confortavelmente acima do mercado. A divisão de logística também prosseguiu o seu caminho de crescimento.

“Nossos resultados para o primeiro trimestre de 2013 estão em linha com o que poderíamos esperar dentro de um cenário difícil. O produto marítimo e a logística continuaram com um forte crescimento, enquanto os volumes de frete aéreo continuam relativamente baixo”, disse a CEO Monika Ribar.

Lucro consolidado de CHF 14 milhões -A Panalpina registrou um lucro consolidado de CHF 14 milhões para o primeiro trimestre de 2013. No ano passado, custos não recorrentes no primeiro trimestre levaram a empresa a um prejuízo de CHF 41 milhões. *O faturamento no primeiro trimestre de 2013 subiu 4%, para CHF 1.602 milhões. O lucro bruto foi de CHF 366 milhões, um aumento de 0,5%.

.* As despesas com pessoal e as despesas de imposto de renda em 2012 foram ajustadas em decorrência da aplicação do IAS 19 revisado.

Américas, crescimento a frente de EMEA e Ásia-Pacífico-O forte comércio em todo o Pacífico impactou positivamente o lucro bruto nas Américas, que chegou a CHF 113 milhões no primeiro trimestre de 2013 (+5%). No entanto, as fracas importações europeias impactaram o lucro bruto na região EMEA e Ásia-Pacífico. O lucro bruto na Ásia-Pacífico caiu 8% para CHF 72 milhões. A região EMEA viu um ligeiro aumento do lucro bruto de 2% para CHF 181 milhões. A Europa registrou fortes exportações em frete marítimo, mas as importações globais foram fracas, especialmente da Ásia.

Aumento de market share no produto marítimo-No produto marítimo, os volumes alcançaram um novo nível recorde no primeiro trimestre. A Panalpina transportou um número de TEUs (unidade equivalente a vinte pés) 7% maior que no ano anterior, uma expansão bem à frente do mercado, que cresceu cerca de 2%. O lucro bruto por TEU de frete marítimo ficou abaixo do ano anterior (-4%), mas 3% acima comparando trimestre a trimestre. A rentabilidade menor foi mais do que compensada pelo crescimento dos volumes, o que levou a um aumento do lucro bruto, de 2% para CHF 117 milhões.

No produto aéreo, o cenário foi difícil. Enquanto os volumes dos clientes da Panalpina nos setores de High-tech, Telecom e Produtos Químicos permaneceram fracos, os volumes de Consumo e Varejo, Healthcare e os de clientes de Petróleo e Gás apresentaram um crescimento de dois dígitos. No geral, os volumes caíram 3% no primeiro trimestre (mercado: -2%). O lucro bruto por tonelada de frete aéreo diminuiu 5% ano-a-ano, mas aumentou em 6% trimestre a trimestre. Os menores volumes e rentabilidade da unidade levaram a uma contração de 8% do lucro bruto em relação ao ano anterior, para CHF 147 milhões.

A divisão de logística da Panalpina, que oferece cada vez mais Serviços de Valor Agregado (VAS) aos clientes, registrou um crescimento de um sólido de 13% e atingiu um lucro bruto de CHF 102 milhões.

Ebitda de CHF 30 milhões-O Ebitda ficou em CHF 30 milhões no primeiro trimestre de 2013, um decréscimo de 11% em relação ao valor do ano anterior. A margem de lucro bruto – Ebitda - diminuiu de 9,3% no ano anterior para 8,2%.

Perspectiva:"Olhando para o futuro, estamos otimistas em relação às nossas atividades em frete marítimo e logística. No transporte aéreo, no entanto, as perspectivas permanecem pessimistas", disse Monika Ribar, acrescentando que, "vamos continuar trabalhando para um mix mais equilibrado entre os nossos produtos: frete aéreo, frete marítimo e logística e também para um melhor mix de indústrias que servimos. Ao mesmo tempo, nós estamos mantendo um olhar muito atento sobre os nossos custos", finaliza.

A Panalpina – O Grupo Panalpina é um dos líderes mundiais em soluções para a cadeia de suprimentos. A empresa combina os serviços de frete aéreo, marítimo e logística para apresentar soluções globais customizadas e integradas de ponta a ponta. Utilizando sua expertise e sistemas customizados de TI, a Panalpina gerencia as necessidades da cadeia de suprimentos de seus clientes, não importando o nível de complexidade. O grupo Panalpina opera uma rede global com aproximadamente 500 escritórios próprios em mais de 80 países, e trabalha com empresas parceiras exclusivas em outros 80 países. A Panalpina emprega 15.000 funcionários ao redor do mundo, que prestam serviços nos mais altos padrões de qualidade – a qualquer hora e em qualquer lugar.

No Brasil, a Panalpina possui 36 anos de história, com atuação em todo território nacional. Localizada em São Paulo, desde 1977, a empresa possui, atualmente, 14 escritórios próprios, além de sediar o Centro Regional para o Mercosur.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: