Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/05/2013 - 08:59

Pacific Rubiales faz atualização sobre descoberta de petróleo no poço de exploração Bilby-1

Dos blocos da Karoon na Bacia de Santos, na costa do Brasil.

Toronto -Pacific Rubiales Energy Corp. (TSX: PRE; BVC: PREC; Bovespa: PREB) fez no dia 13 de maio (segunda-feira), uma atualização sobre a descoberta de petróleo no poço de exploração Bilby-1, que realiza sondagens no bloco S-M-1166 da Bacia de Santos na costa do Brasil.

O poço Bilby-1 foi aberto como parte de um contrato anunciado pela Companhia em 18 de setembro de 2012, como um compromisso mínimo de trabalho de cinco blocos offshore (S-M-1101, S-M-1102, S-M-1037, S-M-1165 e S-M-1166), onde a Companhia detém uma participação de 35% (sujeito à aprovação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis ("ANP") do Brasil).

Como anunciado numa atualização feita pela operadora dos blocos, Karoon Gas Australia Ltd. (ASX: KAR) [www.karoongas.com.au], o tamanho potencial da descoberta de petróleo anunciada previamente no poço Bilby-1 foi ampliada, com uma coluna provada de petróleo de 320 metros (1.050 pés), confirmada por dados de pressão transmitidos a cabo e por amostragem de petróleo do intervalo do depósito identificado. Uma das sete amostras de petróleo recolhidas indica a presença de petróleo de qualidade API 33° no depósito.

O depósito (líquido) de petróleo, com base em perfilagens petrofísicas, foi estimado em 70 metros (230 pés), com porosidade de até 23%. A extensão estratigráfica confirmada dos depósitos de petróleo incluem agora areais em camadas intercaladas de rochas dos períodos Eoceno, Paleoceno e Maastrichtiano (Final do Cretáceo).

O poço Bilby-1 está posicionado a aproximadamente 150 metros (492 pés) mergulho-abaixo a partir da crista da trapa, conforme indicado pelos dados sísmicos, criando o potencial de prospectividade adicional em ponto mais alto da estrutura.

Ronald Pantin, Diretor Executivo da Pacific Rubiales, comentou: "Apesar de estarmos ainda nos estágios iniciais de exploração no Brasil, estamos animados com os resultados até o momento e com a nossa parceria com a Karoon. Serão necessários ainda mais poços de avaliação, mas é bastante encorajador ter descoberto petróleo preso em duas estruturas separadas, ou seja, no poço Kangaroo-1 perfurado anteriormente e, agora, no poço de exploração Bilby-1."

Agora que o teste a cabo da descoberta já foi concluído, o poço continuará a ser perfurado conforme planejado até uma profundidade prevista e medida de 4.573 metros (aproximadamente 15.000 pés), para testar alvos adicionais no intervalo Santoniano (Cretáceo) mais profundo.

Pacific Rubiales, companhia canadense produtora de gás natural e petróleo bruto, é proprietária de 100% da Meta Petroleum Corp., que opera os poços de petróleo pesado de Rubiales, Piriri e Quifa na Bacia Llanos, e de 100% da Pacific Stratus Energy Colombia Corp., que opera o campo de gás natural La Creciente na região noroeste da Colômbia. A Pacific Rubiales adquiriu também 100% da PetroMagdalena Energy Corp., proprietária de ativos de petróleo leve na Colômbia, e 100% da C&C Energia Ltd., proprietária de ativos de petróleo leve na Bacia Llanos. Além disso, a Companhia tem um portfólio diversificado de ativos fora da Colômbia, que inclui ativos de produção e exploração no Peru, Guatemala, Bra sil, Guiana e Papua-Nova Guiné. |PR Newswire.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira