Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/04/2013 - 08:48

Tang une reciclagem e música em projeto que engajará mais de cinquenta mil crianças

O programa envolverá cento e uma escolas em sete estados brasileiros e culminará com um show no Auditório do Ibirapuera regido pelo maestro João Carlos Martins.

São Paulo - Após três anos empoderando crianças em projetos de sustentabilidade com foco na reciclagem, Tang - marca de refrescos em pó da Mondel?z Brasil – decidiu unir o tema à música. A marca acaba de lançar o “Reciclar é show”, iniciativa que envolverá 101 escolas públicas e mais de cinquenta mil estudantes de todo o Brasil. Durante sete meses, eles aprenderão, por meio da reciclagem, a criar e tocar seus próprios instrumentos e, ao final, os alunos da instituição vencedora terão a chance de participar do evento de encerramento: um show no Auditório do Ibirapuera conduzido pelo maestro João Carlos Martins.

O objetivo do projeto é colocar as crianças como protagonistas de iniciativas que possam contribuir para a educação no país e para a formação de cidadãos. Além disso, mostrar de forma concreta a evolução das crianças no decorrer do projeto, que conta com duas frentes: uma liderada pelo músico e artista plástico Fernando Sardo, que envolverá workshops de música, nos quais as crianças irão desenvolver habilidades motoras, a criatividade, a sensibilidade e integração; e a outra frente que irá incentivar a doação de materiais recicláveis para uma instituição que os transformará em instrumentos musicais.

“Acreditamos que as crianças são capazes de transformar o mundo de diversas maneiras. Por isso, desde 2011, Tang vem apostando em projetos que estimulem o protagonismo infantil, que chamamos de ‘kids empowerment’. Para isso, a cada ano aumentamos o alcance dos nossos projetos e estimulamos o poder de liderança delas em nossas iniciativas”, diz Carlos Cortez, diretor de marketing da marca Tang. “Desta vez, vamos apresentar ao Brasil o programa de maior abrangência feito até hoje pela marca”, completa ele.

“Mesmo já tendo feito concertos no Palácio do Planalto, ter sido coautor da cantata da Rio +20 e me apresentado por todo o mundo, me senti pequeno quando fui apresentado ao projeto Reciclar é show”, diz o maestro João Carlos Martins. “Decidi entrar de corpo e alma nessa iniciativa e, hoje, o Reciclar é Show faz parte do nosso futuro tanto quanto os projetos sociais e a orquestra Bachiana SESI-SP", completa ele.

As 101 escolas participantes foram selecionadas a partir de reuniões com as secretarias de ensino das dez cidades integrantes do “Reciclar é show”. São elas: São Bernardo do Campo e Piracicaba (SP); Betim (MG), Chapecó (SC); Porto Alegre (RS); Recife e Vitória de Santo Antão (PE); Salvador e Feira de Santana (BA) e Fortaleza (CE).

A grande maioria das escolas escolhidas não conta com projetos de música instituídos na grade de atividades dos alunos, e o projeto deverá iniciá-las e estimulá-las nesta frente.

A Composição-Para tornarem-se vencedores do projeto “Reciclar é Show”, os grupos de cada escola deverão seguir um passo a passo dividido em dois pilares.: Música: Cada um dos 101 grupos será comandado por representantes apelidados de ‘oficineiros’ - profissionais especializados em educação e artes, responsáveis por incentivar os alunos de sua instituição e treinados pelo próprio Fernando Sardo. Eles terão como missão fundamental fazer com que as crianças participantes estejam presentes nas oficinas de música organizadas em cada uma das escolas. Desta forma, durante os workshops, todas elas aprenderão a produzir instrumentos musicais a partir de materiais recicláveis, manusear e confeccionar simples instrumentos musicais, além de aprender noções básicas de regência, arranjo e leitura musical. Após as oficinas, cada grupo gravará um videoclipe mostrando as suas habilidades ao som do hino do projeto.

Reciclagem: Paralelamente aos exercícios de música, as crianças serão motivadas a realizar um trabalho contínuo para arrecadar embalagens laminadas, como de refrescos em pó, de barras de cereal, sopas, entre outros. Esses materiais serão reciclados e transformados em uma resina plástica pela Wise Waste, empresa parceira do projeto. Em seguida, esta resina será utilizada na produção de cerca de 40 mil flautas dentre outros instrumentos musicais, que serão utilizados pelas crianças participantes do programa.

Escolas que não fazem parte do grupo “Reciclar é show” também poderão ter acesso a todo o conteúdo das oficinas. Vídeo-aulas e materiais didáticos estarão disponíveis no Esquadrão Verde – plataforma digital de reciclagem de Tang que conta com mais de 500 mil crianças/agentes recicladores [www.esquadraoverdetang.com.br].

Os Vencedores -Ao final das oficinas, no mês de agosto, uma comissão formada pelos envolvidos no projeto escolherá os cinco melhores vídeos e cada uma dessas escolas receberá R$15 mil para serem usados na criação de uma sala de música nas instituições. Na sequência, as ganhadoras irão para votação pública no portal do Esquadrão Verde [www.esquadraoverdetang.com.br], e cada uma contará com o apoio da população regional para conquistar votos.

A equipe que ficar em 1° lugar terá ainda a oportunidade de participar do evento de encerramento em outubro: um show no Auditório do Ibirapuera conduzido por João Carlos Martins, para um público de centenas de pessoas. Além disso, todo o grupo participará de um projeto do maestro que levará aulas de formação musical para crianças na escola campeã, cinco dias por semana, durante um ano.

A segunda instituição mais votada receberá o projeto do luthier Fernando Sardo, que ensinará como as crianças podem transformar materiais reciclados em instrumentos musicais.

Parceiros do projeto -Evoluir: Empresa de educação e sustentabilidade que tem como missão promover a mudança de comportamento em direção a uma sociedade sustentável. É reconhecida pela UNESCO, Ministério da Cultura e por Secretarias Estaduais e Municipais de Educação e Cultura em todo o país.

WiseWaste: É uma empresa de desenvolvimento de aplicações de resíduos em matéria prima de valor, tem knowhow tecnológico para reciclar qualquer tipo de produto e realiza pesquisas para a criação de novos métodos de reaproveitamento de materiais que ainda não tem o seu processo de reciclagem conhecidos.

Flávia Maia: Arte-educadora, especializada em musicalizac?a?o infantil, musicista e compositora. Integra desde 2002 o Nu?cleo Barbatuques, participando de espeta?culos e ministrando cursos e oficinas de percussa?o corporal. Participa de apresentac?o?es do grupo Palavra Cantada e é professora de musicalizac?a?o para crianc?as ha? 12 anos.

Hub Brasil: Há 10 anos é uma das mais diferenciadas agências de Below the Line (BTL) do país. Especializada em brand experience, une planejamento e criação a uma execução considerada outstanding no Mercado.

Ogilvy Brasil: Faz parte da Ogilvy Worldwide, uma empresa do WPP, maior grupo de comunicação do mundo. Atua em diferentes áreas da comunicação: publicidade, marketing direto, relações públicas, promoção, eventos e outros serviços.

Mondel?z Brasil -Mondel?z International é líder mundial em chocolates, biscoitos, balas e bebidas em pó. A companhia engloba as marcas de snacks da antiga Kraft Foods, após a cisão da operação norte-americana de alimentos em outubro de 2012. No Brasil, possui seis fábricas, nos estados de São Paulo, Paraná e Pernambuco e emprega cerca de 13 mil pessoas. A empresa tem em seu portfólio marcas valiosas, como Trident, Chiclets e Halls, os chocolates Lacta, Bis e Sonho de Valsa, os biscoitos Club Social e Trakinas, os refrescos em pó Tang, Clight e Fresh, as sobremesas e o fermento em pó Royal e o cream cheese Philadelphia. A Mondel?z International tem uma receita anual de aproximadamente U$ 36 bilhões e opera em mais de 80 países. [www.mondelezinternational.com/br].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira