Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

22/12/2012 - 05:55

Grupo Protege ingressa no mercado nacional de transporte de cargas valiosas

Meta é investir R$ 10 milhões até 2015.

São Paulo – O Grupo Protege, especializado em serviços e soluções em segurança, aposta no segmento de transporte de cargas valiosas e lança o Carga Segura, serviço criado para assegurar a integridade no transporte de insumos, eletroeletrônicos, artigos de luxo, entre outros. O Carga Segura diferencia-se por sua capacidade de carregar aproximadamente R$ 10 milhões em produtos em um caminhão blindado, evitando o espaço ocioso recorrente em caminhões com escolta. Além disso, proporciona limites maiores de seguro e menores custos do que as transportadoras tradicionais.

Todos os caminhões são tripulados por uma equipe de quatro vigilantes armados e treinados, dispensando a necessidade de um veículo de escolta. Apresentam também um sistema de abertura e travamento das portas e rastreamento do caminhão, comandado pela central de monitoramento da Protege.

Mário Baptista de Oliveira, diretor-geral do Grupo Protege, conta que a companhia transporta dinheiro há mais de 40 anos, com excelência em soluções de segurança. Essa expertise é de fundamental importância no lançamento. “Se transportamos dinheiro de forma segura, podemos carregar qualquer produto com a mesma sublimidade. Transportar valores faz parte da nossa história”, analisa o executivo. Segundo ele, o grupo estima investir R$ 10 milhões para ter frota de 25 caminhões em dois anos.

O ingresso do Protege nesse segmento nasceu de uma negociação com um dos atuais clientes da companhia, que transporta insumos nas redondezas de Campinas. “O transporte com o Carga Segura significa a garantia contra problemas diversos para os nossos clientes. No caso do transporte de insumos, por exemplo, evita a linha de produção parada por falta de material, pois temos processos absolutamente amadurecidos de segurança, que garantem uma exposição mínima da carga transportada”, afirma Baptista de Oliveira.

Mercado - De acordo com a pesquisa do Instituto de Logística e Supply Chain (ILOS), o mercado de transporte de cargas de alto valor agregado está em expansão. Uma das principais consequências é o volume de ocorrências de roubos e furtos de cargas no Brasil, que registrou um aumento de cerca de 23% entre 1999 e 2010. Desse montante, 80% são de ocorrências oriundas da região Sudeste (56% registradas em São Paulo e 20% no Rio de Janeiro). Um prejuízo de aproximadamente R$ 8,1 bilhões à indústria no período.

Levantamento da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) revela que, no primeiro semestre de 2012, o Estado registrou avanço de 17% nos roubos em relação ao mesmo período do ano passado. Ainda segundo a SSP-SP, cerca de 75% dos roubos no Estado de São Paulo ocorrem a 150 km da capital, em cidades como Campinas, Jaguariúna, Sumaré e Jundiaí.

Em alguns desses casos, o risco de transportar determinados produtos é tão alto que algumas seguradoras se negam a cobri-lo. “Nossa expectativa é oferecer ao mercado um novo modelo de transporte que, de forma segura, possibilite carregamentos de cargas visadas, com amplo limite de cobertura securitária”, conclui Baptista.

Perfil do Carga Segura – é um serviço do Grupo Protege criado para garantir a segurança do transporte de bens de alto valor. Produtos de alta tecnologia e insumos para linha de produção de equipamentos eletrônicos são exemplos deste tipo de carga. Seus principais diferenciais são: amplo limite de carregamento, seguro total sobre o valor da carga, melhor custo de seguro, rastreamento e monitoramento em tempo real, e caminhão tripulado por uma equipe de vigilantes armados e treinados para o serviço.

Perfil do Grupo Protege - Com mais de 40 anos de experiência e presente em 21 estados, o Grupo Protege é uma das maiores empresas de soluções em segurança do Brasil. O Grupo oferece serviços de transporte, processamento e custódia de valores, segurança aeroportuária, patrimonial e eletrônica, além de formação de profissionais e terceirização de mão de obra para as atividades relacionadas à segurança. Um dos principais diferenciais da companhia é o investimento no treinamento e na reciclagem de seus profissionais. Atualmente, o Grupo Protege conta com mais de 21.000 funcionários, 73 mil m² de infraestrutura de segurança construída para custódia de valores e caixa forte, 1.700 veículos, 44 bases operacionais e está presente em 28 aeroportos do Brasil. O Grupo é formado por sete empresas: Protege, Protege Segurança Eletrônica, Provig, Proair, Protege Serviços, Transeguro, e Proforte. Mais informações no site: www.protege.com.br.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira

 Consulta inválida: