Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

27/11/2012 - 07:50

Para presidente do Crea-RJ, redistribuição dos royalties prejudicaria engenheiros

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ), Agostinho Guerreiro, está participando do ato em defesa dos royalties do Rio, na tarde do dia 26 de novembro (segunda-feira). Para Agostinho, a campanha Veta Dilma é de extrema importância para evitar grandes danos ao estado e à população frente a diversos setores indispensáveis à sociedade, incluindo os profissionais de engenharia.

“O veto, seja ele total ou parcial, é imprescindível para que o Rio de Janeiro não seja prejudicado da forma como prevê o projeto de lei 2565/11. Seria desrespeitoso e extremamente injusto com os profissionais e com os grupos de empresas que dependem direta ou indiretamente da indústria do petróleo, já que a aprovação do projeto desconsideraria investimentos feitos até o momento”, explica Agostinho Guerreiro.

Para o presidente do Crea-RJ, mesmo o veto parcial não seria ruim para o Rio, pois beneficiaria os outros estados sem prejuízo ao nosso, uma vez que a distribuição dos royalties contemplaria apenas novos contratos de partilha. “É uma saída que privilegiaria a todos, sem tirar do Rio mais do que ele precisa para manter o ritmo e não desestimular um mercado crescente”, opina Agostinho, destacando que essa não é uma luta só do Estado, mas de todos os brasileiros.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira