Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT RSS BLOGS BOLETIM TV FATOR BRASIL LINKS
Busca: OK
CANAIS

17/05/2012 - 09:37

Relatório de Sustentabilidade da Duratex obtém nível A+ de aplicação das diretrizes GRI

Empresa divulga publicação com dados referentes a 2011.

O Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011 da Duratex alcançou o nível A+ de aplicação das diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), entidade internacional referência mundial para relatórios de sustentabilidade, cuja metodologia determina um padrão mínimo de reporte alinhado às melhores práticas de governança econômica e socioambiental. Este é o mais elevado nível de reconhecimento e transparência, concedido às empresas que, além de cumprirem as premissas definidas pelas diretrizes, têm suas informações auditadas por empresa independente. O conteúdo do Relatório 2011 foi auditado pela Pricewaterhouse Coopers (PwC).

O documento, que apresenta os principais resultados econômico-financeiros, socioambientais e de governança do período, segue pelo quinto ano consecutivo as diretrizes GRI. Em 2009, o relatório de sustentabilidade da organização foi nível C e, em 2010, nível A.

Em 2011, a Duratex registrou receita líquida de R$ 2,97 bilhões, Ebitda de R$ 839,4 milhões, equivalente a uma margem de 28,3%, e lucro líquido de R$ 374,9 milhões. O valor de mercado da empresa totalizou R$ 4,9 bilhões.

No relatório, a companhia ressaltou seu compromisso com a expansão de suas atividades via investimentos voltados ao crescimento orgânico, ao lançamento de novos produtos e por meio de aquisições. Entre 2008 e 2012, estão sendo investidos aproximadamente R$ 3,1 bilhões, dos quais R$ 635 milhões foram aportados em 2011 e outros R$ 650 milhões estão previstos para 2012.

Governança em destaque -O avanço na governança foi outro destaque apresentado no documento. Para atender às demandas do mercado, aperfeiçoar a gestão e valer-se da sinergia dos negócios, a Duratex criou um novo Comitê e nove Comissões para auxiliar o Conselho de Administração e a Diretoria Executiva, respectivamente. Foram instituídos o Comitê para Avaliação de Transações com Partes Relacionadas, formado apenas por Conselheiros Independentes, e as seguintes comissões multidisciplinares de apoio ao corpo executivo: Assuntos Societários e Tributários, Inovação, Investimentos, Investimentos Sociais, Marketing, Novos Negócios, Pessoas, Riscos e Sustentabilidade.

Pela primeira vez, o Inventário de Emissões dos Gases de Efeito Estufa (GEE) foi auditado por uma empresa independente, trabalho realizado pela certificadora BSI. No levantamento de 2011, foram incluídas as emissões de todas as unidades da empresa.

Durante 2011, a Duratex investiu R$ 26,7 milhões em proteção ambiental. Destacam-se os seguintes aportes: R$ 8,8 milhões no tratamento de efluentes, R$ 11 milhões na coleta de resíduos, R$ 2 milhões em preservação florestal, R$ 1,8 milhão em ações ambientais, R$ 227 mil em tratamento de água e R$ 1,6 milhão em sistemas de exaustão.

Os conteúdos do relatório foram definidos a partir do levantamento feito durante o 1º Encontro de Stakeholders, realizado em 2010, com a participação de acionistas, clientes, fornecedores, imprensa, colaboradores, comunidade, governo e entidades civis.

Os 14 temas considerados de maior relevância pelos participantes no teste de materialidade serviram de base para o Relatório Anual 2010 e também como critérios para a melhoria na gestão da Duratex. O Relatório Anual 2011 detalha os avanços referentes aos seguintes assuntos: estratégia de gestão, desempenho econômico-financeiro, desempenho das ações, investimentos no negócio, política ambiental, recursos hídricos e reúso, impacto ambiental do uso dos produtos, definição de metas, combate à corrupção, código de conduta, saúde e segurança dos clientes no uso dos produtos, informações sobre o produto (acesso e qualidade da informação), qualidade dos produtos, e atendimento ao cliente (pré e pós venda). [www.duratex.com.br/ri].

A Duratex S.A. é uma empresa brasileira, privada e de capital aberto, com controle compartilhado pela Itaúsa - Investimentos Itaú S.A e Companhia Ligna de Investimentos.Maior produtora de painéis de madeira industrializada, louças e metais sanitários do Hemisfério Sul, é líder no mercado brasileiro com as marcas Durafloor, Deca e Hydra. A empresa tem sede em São Paulo e conta com 10,5 mil colaboradores, que atuam em 14 unidades industriais estrategicamente localizadas nos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba e Rio de Janeiro, além de uma unidade na Argentina. A Duratex possui 230 mil hectares com florestas cultivadas e áreas de conservação nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2014 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira