Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

16/05/2012 - 08:30

Fundação Dom Cabral segue entre as 10 melhores escolas de negócios do mundo

Ranking de Educação Executiva 2012 do jornal Financial Times confirma a Fundação Dom Cabral como líder em educação executiva no Brasil e na América Latina.

São Paulo– A Fundação Dom Cabral (FDC) segue entre as dez melhores escolas de negócios do mundo, informa o ranking de educação executiva 2012 do jornal britânico Financial Times, divulgado hoje em Londres. A instituição, fundada em 1976, em Belo Horizonte (MG), ocupa o 8º lugar no ranking geral, que classifica as 50 melhores escolas de negócios de todo o mundo. A FDC é a melhor posicionada da América Latina.

“Há três anos consecutivos figuramos entre as dez melhores escolas de negócios do planeta, o que reforça a qualidade de nossos programas e parcerias, o comprometimento de todo o corpo técnico e administrativo e, ainda, a maturidade do empresariado nacional, sempre em busca de capacitação e da eficiência de suas organizações”, destaca Paulo Resende, Diretor de Desenvolvimento da FDC. Em 2011, 35 mil executivos de 1.500 empresas passaram pelos programas da instituição brasileira.

O ranking de educação executiva do Financial Times é o resultado da avaliação conjunta de dois outros rankings - o de Programas Customizados e o de Programas Abertos. A FDC se destaca também nesses rankings. No de ‘programas customizados’, cursos elaborados em linha com as necessidades específicas das grandes empresas, a instituição aparece na 8ª colocação. No ranking de ‘Programas Abertos’, cursos intensivos destinados ao desenvolvimento de executivos em geral, a FDC está na 17ª posição. Pesquisa encomendada pela FDC à Interbrand, em 2012, com 847 participantes de seus programas, mostra que o nível de satisfação com a instituição é de 9,1 em uma escala de 1 a 10, com um potencial de recompra de 85% pelo valor percebido. “O levantamento aponta que a qualidade do conteúdo e a experiência dos professores são as principais razões que motivam os executivos a se capacitarem na FDC”, comenta Resende.

Os critérios do ranking de educação executiva do Financial Times abrangem a opinião das empresas clientes das escolas no mundo todo, o que corresponde a 80% da avaliação; os 20% restantes são dados enviados pelas próprias instituições de ensino.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira