Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

09/05/2012 - 08:18

Randon apresenta retração no 1T12


Depois de um ano recorde de vendas de veículos comerciais, neste primeiro semestre de 2012, o setor enfrenta uma ressaca na demanda. Em 2011, as vendas foram favorecidas pela mudança na regulação de motores nos caminhões e ônibus, conhecida na indústria automotiva como EURO V (Proconve 7) - compulsório desde janeiro de 2012 - que promoveram reforços nas vendas e produção dos modelos anteriores, denominados EURO III. O primeiro trimestre, sazonalmente menor em vendas, também sofre, neste exercício, os efeitos da antecipação ocorrida em 2011.

Neste cenário, a Randon S.A. Implementos e Participações encerrou o primeiro trimestre de 2012 com receita bruta total, incluindo as vendas entre empresas, de R$ 1,1 bilhão no primeiro trimestre de 2011 ou 22,4% de queda em relação ao mesmo período de 2011. Já a receita líquida consolidada somou R$ 734,7 milhões no trimestre, 23,0% menor que aquela do primeiro trimestre de 2011. O Ebitda consolidado atingiu R$ 66,9 milhões no primeiro trimestre de 2012 e margem Ebitda de 9,1%, representando uma queda de 6,2 pontos percentuais em relação ao primeiro trimestre de 2011. A Companhia obteve um lucro líquido consolidado de R$ 18,8 milhões ou 71,9% menor se comparado ao mesmo período de 2011.

“As vendas no primeiro trimestre são historicamente menores. Este ano a produção foi afetada por eventos recorrentes, como férias de verão e feriados prolongados e ainda, pelas férias dos trabalhadores dos fabricantes de caminhões concentradas totalmente em janeiro, o que não acontecia há algum tempo”, explicou o diretor corporativo e de relações com investidores, Astor Milton Schmitt. ”Além das razões de mercado, a Randon registrou diminuição no ritmo do processo produtivo e comercial por conta de adaptação da empresa e de algumas de suas controladas à transferência de sistema (ERP), realizada no início de janeiro de 2012”, complementou.

Veículos e Implementos - O mercado de veículos rebocados retraiu 8,9% (13.268 unidades no 1T2011 para 12.088 no 1T12). A participação de mercado da Randon foi 28,9% (2,5 p.p menor que o 1T2011). O market share no encerramento do ano foi 32,5% e a expectativa é encerrar este exercício em níveis superiores. Alguns mercados, como grãos, no sul, e cana-de-açucar, no sudeste, também apresentam retrações significativas, impactando as vendas de veículos comerciais neste segmento.

Vagões Ferroviários - Em fevereiro de 2012, a Companhia anunciou venda expressiva de 540 vagões modelos “hopper” e plataforma, para transporte de grãos e fertilizantes, e para carga geral, respectivamente. Os mesmos serão locados à Vale S.A. e circularão pelas Ferrovias Norte-Sul e Centro-Atlântica.O fornecimento do primeiro lote de 265 vagões já está contabilizado nos resultados do 1T2012. O restante do pedido tem entrega prevista para os próximos trimestres de 2012, aguardando a finalização dos trâmites de praxe.

Veículos Especiais - Em março, a Randon assinou contrato de fornecimento, com o Ministério e Desenvolvimento Agrário (MDA), com a Companhia Riograndense de Mineração (CRM) e com a Usiminas, negócios que ultrapassam o valor de R$ 100 milhões. Para o MDA serão fornecidas 413 máquinas para utilização nos canteiros de obras do governo federal espalhados pelas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste e que integram o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Com a CRM foi assinado contrato de fornecimento de três caminhões modelo RDP 470 e para a Usiminas a Randon fornecerá 14 caminhões modelo RDP 490, que serão utilizados nas minas Central/Oeste em Itatiaiaçu/MG para o transporte de minério de ferro. Os produtos serão entregues até o final de julho deste ano.

Autopeças - Os efeitos da nova legislação de motores EURO V impactaram a performance de produção e vendas de veículos comerciais afetando também o desempenho da divisão de autopeças da Companhia. A produção de caminhões caiu 32,5% (46.397 unidades no 1T11 para 31.316 no 1T12). Já o licenciamento de caminhões, alimentado por estoques da geração antiga, teve performance melhor, declinando 6,3% no período (38.620 unidades no 1T11 e 36.170 no 1T12). Também neste trimestre, a controlada Fras-le assumiu as operações da Freios Controil Ltda., anunciada em 02/12/11.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira