Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT RSS BOLETIM TV FATOR BRASIL LINKS PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/04/2012 - 09:03

BID Exporta projeto social do Walmart Brasil para América Latina

Com investimento de US$ 10 milhões da rede varejista, o projeto irá beneficiar cerca de 1 milhão de jovens na América Latina e Caribe.

São Paulo - A Escola Social do Varejo, projeto de formação profissional que o Instituto Walmart Brasil oferece a jovens de baixa renda, será o modelo adotado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), no projeto NEO (New Employment Opportunities), que visa dar treinamento e criar oportunidades de emprego para jovens na America Latina e Caribe. A parceria foi anunciada hoje em Cartagena, na Colômbia, pelo presidente do BID, Luis Alberto Moreno, pelo presidente global do Walmart, Mike Duke, durante a Cúpula das Américas. O investimento do Walmart no NEO será de US$ 10 milhões e o projeto deve beneficiar cerca de um milhão de jovens.

“Essa iniciativa é real, local e significa mudança de vida. Se essa parceria criar os impactos positivos que esperamos que crie, fará uma diferença inacreditável para milhares de jovens nas Americas”, avalia Mike Duke, CEO global do Walmart. O NEO é liderado pelo Fundo de Investimentos Multilateral (MIF) do BID e pela International Youth Foundation (IYF- Fundação Internacional pela Juventude), junto com o suporte de outras organizações além do Walmart. “Por meio da NEO, empresas, governos e instituições de desenvolvimento trabalharão juntos para lidar com dois dos problemas mais urgentes que afetam nossa região: desemprego de jovens e demanda não atendida por trabalhadores qualificados. O anúncio que estamos fazendo hoje é apenas o começo. Convidamos governos e outras empresas e organizações a unir-se à NEO e ajudar-nos a fazer uma diferença na vida de centenas de milhares de jovens”, disse o presidente do BID, Luis Alberto Moreno

Como parte do compromisso com a NEO, o Walmart vai adaptar e disponibilizar a metodologia e ajudar no processo de expansão do conteúdo da Escola Social do Varejo. O projeto do BID inclui comunidades da America Latina e Caribe mas, além disso, o Walmart planeja multiplicar o número de jovens atendidos nos países onde a empresa está presente em todo o mundo. “A Escola Social do Varejo é um projeto transformador, pois oferece educação profissional de qualidade para jovens em situação de vulnerabilidade social e oportunidades reais no mercado de trabalho. É muito gratificante poder exportar esse conhecimento para outros países”, destaca Marcos Samaha, presidente do Walmart Brasil.

No Brasil, quase 2.000 jovens já passaram pelos cursos da Escola Social do Varejo e 83% deles estão empregados no mercado formal. Desse total, 45% fazem parte do quadro de funcionários do Walmart. Nos próximos cinco anos, a Escola tem como meta formar mais de 10 mil jovens. Com cerca de 500 horas-aula e duração de oito meses de aulas teóricas e práticas, o curso é destinado a jovens de 16 a 29 anos anos, todos cursando o ensino médio em escolas da rede pública de ensino. Atualmente, a Escola funciona nos estados do Ceará, Pernambuco, Salvador, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul, em parceria com o Instituto Aliança e com as secretarias estaduais de educação.

CASE - Adriana Rezende, formada pela Escola de Varejo Social em São Paulo, se sente mais forte depois da formação que recebeu. "Sem o curso, seria muito difícil conseguir um emprego formal", disse ela. "O trabalho existe, mas sem qualificação é muito difícil." Logo após sua formatura, Adriana foi contratada pelo TodoDia (rede de lojas de vizinhaça do Walmart Brasil). Agora, ela espera obter um diploma em administração de empresas para garantir um futuro ainda mais brilhante.

Enviar Imprimir
© Copyright 2006 - 2014 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira