Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

01/11/2011 - 09:18

Mercado de seguro-garantia desperta interesse das estrangeiras


Alexandre Malucelli fala sobre o Seminário Técnico da PASA, onde constatou que o Brasil é, hoje, o centro das atenções.

O presidente da Associação Panamericana de Fiança e Garantias (PASA), o brasileiro Alexandre Malucelli, pôde constatar, ao presidir o recém-encerrado 8° Seminário Técnico da entidade, em Cali, na Colômbia, que os players internacionais do segmento de seguro-garantia, estão, a cada dia, mais confortáveis e interessados em vir para Brasil. Ele explica que a participação estrangeira na atividade brasileira de riscos financeiros pode acontecer de forma indireta, provendo capacidade de resseguro ao mercado, ou de forma direta, aportando capital em empresas brasileiras.

“Embora a América Latina esteja em foco, é o Brasil, mais especificamente, que está no centro das atenções na atualidade”, destaca.

Essa percepção de Alexandre Malucelli tem base em uma amostragem bastante significativa, afinal o seminário, em sua 8ª edição, bateu recorde. “Foram 340 participantes, de 21 países diferentes de três continentes”, conta o executivo, explicando que a PASA, hoje, é um centro global de informações e de representação dos interesses do setor, além de um centro importante de estudos para os profissionais que atuam no seguro de garantia. “Ser membro da instituição dá credibilidade à empresa, devido ao rígido e seleto processo de adesão”, diz o executivo, que também preside a J. Malucelli Resseguradora, líder brasileira (36% do mercado) e latino-americana (com 9%) em seguro-garantia.

Tal força é a credencial que indica exatamente, segundo ele, a importância do mercado brasileiro no segmento da garantia neste momento, além de mostrar que o País já tem histórico para representar uma atividade de dimensão global, embora entre nós ela seja relativamente nova, com cerca de 16 anos de experiência.

Agenda de trabalho-Além das reuniões de negócios entre seguradores e resseguradores de diversos países, Alexandre Malucelli relata que a agenda do Seminário Técnico foi bastante cheia e ampla, com palestras e debates abordando assuntos relevantes na atualidade: da Solvência II as contragarantias. Adicionalmente, ele revela que estiveram em pauta também temas específicos do segmento da garantia, como o mercado colombiano, que tem mais de 80 anos e com o qual “temos todos muito que aprender”.

Alexandre Malucelli explica que a PASA trabalha de forma permanente e sob o modelo de Comitês de Trabalho, que, basicamente, são quatro, abrangendo Seguro-Garantia, Seguro de Credito, Estudos e Formação e, finalmente, Difusão e Lobby Institucional. “Tais comitês, apesar de se reunirem nos eventos, possuem agenda permanente de trabalho, com claros objetivos de curto, médio e longo prazos”, assinala. Em estudo, por exemplo, ele adianta que está o projeto de criação da Escola PASA, com um programa de certificação técnica dos profissionais que trabalham do setor do seguro-garantia.|VTN.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira