Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/08/2011 - 09:49

Incubaseg nasce com o apoio de Seguradoras brasileiras

Bradesco, Porto Seguro, Metlife, RSA e Unimed são as novas mantenedoras da Incubadora, que será lançada em setembro.

Com o lançamento previsto para setembro, a Incubadora de Negócios de Seguros (Incubaseg) já conta com apoio de algumas das principais Seguradoras brasileiras. Bradesco, Porto Seguro, Metlife, RSA Seguros e Unimed entram para a lista das primeiras mantenedoras do projeto que, com esse time, bem como a adesão de outras empresas, pretende arrecadar no primeiro ano de funcionamento cerca de R$ 1,5 milhão.

A atuação da Incubadora será na forma de uma espécie de Laboratório de ideias, que vai apoiar e estimular a geração e o desenvolvimento de produtos, negócios e serviços de Seguros que incorporem inovação e diversificação no tecido empresarial que já existe, ajudando a desenvolver ainda mais o mercado de Seguros. Todos os corretores empreendedores do Brasil que desejem buscar um diferencial competitivo serão bem recebidos pelo projeto, o que beneficiará também, direta ou indiretamente, a atuação das Seguradoras.

Segundo o coordenador do projeto, o economista Carlos Alberto Oliveira, o apoio das Seguradoras mantenedoras é essencial para dar continuidade à ação da Incubadora. “Essas empresas vão dialogar ainda mais com os corretores de seguros, demonstrando assim total interesse no desenvolvimento de novos negócios e produtos. Elas também irão levar a cultura empreendedora e inovadora aos profissionais do setor, fator decisivo na hora de alavancá-lo. É fundamental que, para crescer, elas apoiem a nova geração de corretores, assim todos podem caminhar juntos”, comentou.

Além do apoio das mantenedoras, a Incubaseg vai receber o aporte financeiro de investidores anjos, profissionais experientes que têm capital disponível para investir em novos empreendimentos. Em troca, eles faturam um percentual da empresa investida – ou seja, se ganha um sócio. A estimativa é que a injeção de capital chegue a R$ 12 milhões.|VTN

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira