Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

30/06/2011 - 10:42

MWM INTERNATIONAL espera crescimento de 17% nas exportações de motores para 2011

Empresa mantém forte atuação no mercado externo e se destaca com aumento de 200% na exportação dos blocos Big Bore para os Estados Unidos.

São Paulo– A MWM INTERNATIONAL, fabricante independente de motores diesel líder no Mercosul, estima crescimento de 17% nas exportações de motores este ano. Em 2010 foram exportados 30 mil propulsores, para 2011 a expectativa é de 35 mil unidades. A empresa também aumentou a exportação de blocos Big Bore MaxxForce de 11 e 13 litros para os Estados Unidos e atualmente envia 25 mil unidades/ano com expectativa de crescimento para 2012, quando finalizará a implementação da nova fase de ampliação da linha de usinagem.

A empresa investirá no total cerca de US$ 45 milhões desde a inauguração da linha de usinagem dos blocos em ferro grafite compactados (CGI) dos motores Big Bore, para a implementação da terceira fase serão cerca de US$ 5,2 milhões. Em 2008, a companhia venceu uma concorrência mundial para fornecer os blocos usinados para a fábrica de motores da Navistar, em Hutsville, Alabama, nos Estados Unidos.

A terceira fase do projeto compreende produção de 36 mil blocos por ano a partir de 2012, com a linha operando em turno contínuo, ou seja, 24 horas por dia nos sete dias da semana. De acordo com o presidente da MWM INTERNATIONAL, José Eduardo Luzzi, estes motores diesel equipam os caminhões pesados da Navistar nos Estados Unidos das linhas WorkStar, TranStar e ProStar. “Em 2011, a MWM INTERNATIONAL espera exportar 25 mil blocos, um crescimento de mais de 200% em relação ao ano de 2010, quando foram enviados 9.500 unidades. Os motores que utilizam esse blocos são comercializados nos Estados Unidos atendendo a norma de emissão EPA 10”, afirma Luzzi

A linha de usinagem dos blocos é totalmente automatizada e pode ser considerada uma das mais modernas do mundo. Os blocos são fundidos em CGI, um material de alta resistência sem peso extra. O CGI é 70% mais resistente e 40% mais rígido, seu limite de fadiga é o dobro em relação ao ferro fundido cinzento.

Ampliação dos negócios de exportações- Neste ano a MWM INTERNATIONAL lançou seus motores MaxxForce P, para grupos geradores, durante a Middle East Electricity, em Dubai, nos Emirados Árabes. A apresentação dos novos modelos teve como objetivo fomentar as exportações da companhia.

Em 2010, a empresa exportou cerca de 4 mil motores para aplicações especiais, incluindo os segmentos de geradores, repower e industriais. A previsão para 2011 é de um crescimento de cerca de 50% no volume, com a produção de 6 mil motores, chegando até 7.500 em 2012. Os países em destaques para os negócios são: Indonésia, Egito, Equador, Colômbia, Suriname, e Espanha. “O sucesso e a tradição dos nossos motores no Brasil são as principais vantagens para a venda no mercado externo. Além disso, para aumentarmos nossa competitividade utilizamos intensivamente o Global Sourcing”, comenta Luzzi.

No ano passado, a MWM INTERNATIONAL fechou o seu contrato internacional mais recente. A empresa vai fornecer motores diesel MaxxForce para a Otokar, da Turquia. Os propulsores vão equipar ônibus que serão comercializados na Turquia, Europa, Norte da África e Oriente Médio. O contrato de seis anos prevê o fornecimento de dois modelos de motores de quatro cilindros. A produção dos modelos que serão exportados deve ter início em julho de 2011.

A empresa também iniciará em 2012 a produção de motores MaxxForce 3.2 que serão exportados para a Daewoo Bus, na Coreia do Sul. O modelo vai equipar dois ônibus da empresa que serão comercializados na Coreia e em mercados globais. O negócio foi consolidado em 2009 e deve atingir o patamar de 25 mil motores por ano em 2014. Ainda no mesmo ano, a companhia conquistou mais um acordo de exportação com os modelos MaxxForce 7.2H e MaxxForce 9.3H. A estimativa de volume é de cerca de um mil propulsores que irão equipar ônibus urbanos e rodoviários com a tecnologia de emissões Euro V.

Na América, a empresa exporta para a fábrica da Navistar, em Escobedo, no México, os motores MaxxForce 9, de 9.3 litros, e o MaxxForce 7, de 7.6 litros, que atendem as normas de emissões requeridas pelo mercado mexicano, EPA 04. Além disso, a companhia fornece os propulsores MaxxForce 4.8H e 7.2H, com a tecnologia EGR que atendem a norma Euro IV de emissão de poluentes que também é adotada naquele país. Os modelos são aplicados em caminhões e ônibus da Navistar.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira