Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

07/08/2007 - 08:55

Petrobras assina convênios com a Pemex


A Petrobras assinou dia 6 de agosto, na Cidade do México, dois convênios com a estatal Petróleos Mexicanos (Pemex). Os convênios prevêem a realização de estudos conjuntos visando o desenvolvimento de processos de produção de óleos pesados em águas profundas e a produção de petróleo em reservatórios de carbonatos fraturados (tipo de estrutura onde se encontra o petróleo, no qual a Pemex tem tecnologia desenvolvida). O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, que integra a comitiva oficial do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, manteve ainda encontro de trabalho com o diretor-geral da Pemex, Jesús Reyes Heroles, e executivos das duas companhias.

Biocombustíveis - Pela manhã, o presidente Gabrielli participou da VII Reunião Plenária México–Brasil, organizada pelo Comce (Conselho Empresarial Mexicano de Comércio Exterior, Investimentos e Tecnologia). O evento foi aberto pelos presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do México, Felipe Calderón, e estavam presentes ministros e empresários dos dois países. A Reunião Plenária tem como objetivo avaliar novas oportunidades comerciais, além de analisar os temas mais atuais e controvérsias na relação econômica bilateral, visando contribuir para o crescimento do comércio e dos investimentos entre os dois países.

Durante a Reunião, Gabrielli fez uma apresentação sobre as estratégias da Petrobras na área de biocombustíveis. O presidente da companhia destacou a experiência brasileira na produção e exportação de etanol e o grande potencial de aumento da participação da América Latina neste mercado. Gabrielli citou dados da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) que indicam que a América Latina usa apenas 13,9% de sua área agricultável, contra 61,4% da Ásia, 55,6% da Europa e 48,6% da América do Norte. Além disso, acrescentou, a região possui grande disponibilidade de água e de mão-de-obra, fatores que tornariam competitiva a produção de etanol na América Latina.

A agenda do presidente da Petrobras no México incluiu ainda uma apresentação para investidores na Bolsa Mexicana de Valores, onde falou, na tarde do dia 6, sobre as perspectivas futuras da Petrobras e sobre o Plano de Negócios da Companhia até 2011, para analistas e investidores mexicanos.

A Petrobras no México - A Petrobras lidera atualmente, no México, o consórcio PTD, que presta diversos serviços na Bacia de Burgos, no norte daquele país. O consórcio é formado pela Petrobras (45%), pela empresa japonesa Teikoku Oil (40%) e pela mexicana Diavaz (15%). A PTD mantém dois contratos com a Pemex Exploração e Produção para a prestação de serviços nos Campos produtores de gás de Cuervito e Fronterizo. Os contratos têm duração prevista de 15 anos e valores de aproximadamente US$ 260 milhões cada.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira