Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

29/01/2011 - 07:44

Helicópteros chegam ao Aeroporto de Cabo Frio embarcados em Boeing 747


Dois aviões cargueiros de grande porte pousam no dia 29 de janeiro (sábado), no Aeroporto Internacional de Cabo Frio, com cargas destinadas à indústria petrolífera do Norte Fluminense. As operações de um Boeing 747 (Jumbo cargo), proveniente de Brunei, com escalas no Alasca e na Flórida, e de um Ilyushin 76, proveniente de Luxemburgo, somam-se aos voos regulares e charters, de cargas, que este ano devem totalizar 170 pousos.

Operado pela Atlas, o Jumbo trará a bordo três helicópteros Sikorsky modelo S-76, a serem usados no transporte de pessoal e de equipamentos entre o próprio Aeroporto de Cabo Frio e as plataformas da Bacia de Campos.

Empresas especializadas em transporte aéreo por helicóptero, como BHS e Aeróleo, montaram bases no aeroporto para o transporte de equipamentos e pessoal de companhias petrolíferas como Petrobras, OGX, Maersk Oil e Sanangol. Juntas realizam mais de 40 voos diários de helicópteros para as plataformas em alto mar.

O outro cargueiro charter esperado em Cabo Frio para o mesmo dia, [o Ilyushin 76], operado pela companhia Volga, trará a bordo equipamentos pesados para empresas baseadas em Macaé. Cerca de 80 empresas do segmento oil & gás utilizam o Aeroporto de Cabo Frio como base de importação de equipamentos.

Histórico - O Aeroporto de Cabo Frio tornou-se uma importante base de importação para a indústria petrolífera de Campos, graças à sua localização estratégica, a sua capacidade de receber aeronaves de grande porte e às suas extensas áreas de alfândega e armazenamento. É o único aeroporto público brasileiro administrado pela iniciativa privada com voos internacionais regulares de carga e de passageiros.

Companhias especializadas em carga, como Absa, Volga Dnepr e Kalitta Air, operam voos regulares e/ou charters para Cabo Frio. Todos os grandes aviões cargueiros em atividade no mundo, como o Antonov 124, o Ilyushin 76, o Boeing 747 “nose door” (Jumbo cargo), os Boeings 777 e 767, o MD-11, o DC-10 e o DC-8, têm pousado com segurança no Aeroporto de Cabo Frio.

No segmento de passageiros, TAM, Trip e Pantanal mantêm um total de sete voos semanais regulares ligando Cabo Frio ao Rio de Janeiro, a São Paulo, a Belo Horizonte e a Juiz de Fora.

Além disso, companhias internacionais, como Pluna e Lan, oferecem voos sazonais para Cabo Frio. Nesta alta temporada, que começou em final de novembro e vai até o Carnaval, mais de 40 mil passageiros passarão pelo aeroporto .

Infraestrutura - O Aeroporto Internacional de Cabo Frio conta com um pátio para aeronaves de 30.400 metros quadrados, além de 60 mil metros quadrados de área alfandegada (qualificada para atender todos os regimes aduaneiros), um galpão de 16 mil metros quadrados e câmara frigorífica. Sua pista tem 2.560 metros de comprimento por 45 metros de largura e é maior do que a do Santos Dumont e a de Congonhas. Como está ao nível do mar, se equivale à pista de Viracopos, em Campinas. O Aeroporto está estrategicamente localizado a apenas 60 Km de Macaé, onde se concentra a indústria do petróleo; e a 140 Km do Rio, 550 Km de São Paulo, 530 Km de Belo Horizonte e 400 Km de Vitória. | www.aeroportocabofrio.com.br

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira