Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

15/09/2010 - 08:49

Petrobras prevê autossuficiência em derivados até 2014


O Brasil deve alcançar a autossuficiência em derivados de petróleo até 2014. Isso é o que prevê o diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que apresentou nesta terça-feira palestra na sessão plenária “Crescimento Econômico X Demanda de Combustível: o desafio da próxima década”. O executivo da Petrobras mostrou o Plano de Investimentos da companhia para o período de 2010 a 2014 e um panorama do mercado brasileiro de derivados de petróleo.

Costa explicou que atualmente a capacidade instalada de refino da Petrobras no Brasil é de cerca de 2 milhões de barris por dia e que, até 2014, deve ser ampliada em mais de 700 mil barris. “Somos autossuficientes em petróleo. Em derivados ainda não”, disse o executivo.

A ampliação do refino, segundo Costa, deve superar a expansão da demanda brasileira por combustíveis, que tem sido forte, puxada pelo crescimento econômico. Somente no primeiro semestre deste ano, o diretor da Petrobras contou que o consumo brasileiro de combustíveis aumentou em 12%. “O crescimento foi em diversos combustíveis, mas entre os principais estão diesel, gasolina e combustível de aviação”, acrescentou.

Para 2020, a previsão é de que a capacidade instalada de refino da Petrobras chegue a 3,2 milhões de barris por dia, com a conclusão dos cinco grandes projetos previstos pela companhia. São eles: as refinarias Premium I e II, no Maranhão e no Ceará, respectivamente, a Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e Refinaria Clara Camarão, no Rio Grande do Norte.

O crescimento dos carros bicombustíveis - que são a grande maioria dos veículos vendidos atualmente - é outro desafio para a Petrobras. Segundo Costa, de acordo com a variação do preço do álcool, o consumo da gasolina varia muito e a companhia tem de estar preparada para responder a isso. ”Hoje, o consumidor é quem decide o que vai usar no carro de acordo com o preço na bomba”.

A área de abastecimento da Petrobras receberá 33% do total de investimento de US$ 224 bilhões previsto para o período de 2010 a 2014. A maior fatia desse orçamento vai para a área de exploração e produção, que fica com 53% dos recursos.

Costa apresentou também as previsões para o aumento da produção de petróleo da companhia, que deve passar dos 2,7 milhões de barris por dia, em 2010, para 3,4 milhões de barris por dia, em 2014. Para 2010, a previsão é de alcançar produção diária de petróleo de 5,3 milhões de barris por dia.

Após a palestra de Costa, na mesma sessão plenária, o diretor de Petróleo e Estratégia de Processamento da Chevron, Richard Zalesky, apresentou um panorama da companhia americana no mundo. A companhia, a segunda maior empresa de energia dos Estados Unidos, tem um porte semelhante ao da Petrobras. A produção global de petróleo da empresa está em 2,75 milhões de barris por dia e a capacidade de processamento do óleo foi de 1,9 milhão de barris por dia em 2009.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira