Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

14/09/2010 - 09:34

Rio Oil & Gás 2010 tem a maior edição da história


Principal evento de petróleo e gás da América Latina chega a sua 15ª edição

O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) está realizando entre os dias 13 e 16 de setembro, no Riocentro, a 15a e maior edição da Rio Oil & Gás Expo and Conference, considerada o principal evento do setor de petróleo e gás no hemisfério sul e um dos maiores do mundo. A Rio Oil & Gás é também um dos mais importantes fóruns de discussão do mercado de petróleo e gás.

A edição ocupa uma área de 36 mil metros quadrados de exposição, totalizando quatro pavilhões do centro de convenções e duas áreas adicionais. "A Rio Oil & Gás já se consolidou no calendário da indústria mundial como um evento que atrai as principais empresas, o melhor da tecnologia e as discussões de maior interesse do setor," explica João Carlos de Luca, presidente do IBP e do comité organizador do evento.

A escolha do tema da Rio Oil & Gás 2010 - "Do petróleo ao biocombustível -integrando conhecimento e ampliando os limites" - se deve a uma questão posta hoje para toda a indústria no mundo. "As empresas que atuarem com a antiga visão segmentada dos negócios vão desaparecer", afirma Carlos Eugênio Ressurreição, presidente do comité técnico do evento. Carlos Eugênio cita o exemplo da descoberta do pré-sal, que se tornou possível com a união dos conhecimentos de engenheiros, geólogos e profissionais de reservatórios, mas também de administradores, médicos e outros profissionais liberais.

Todos os números da edição anterior foram superados, fazendo desta edição a maior desde que o evento foi criado, em 1982. Serão 1.300 expositores, de 26 países, entre eles. Reino Unido, Noruega, França, Estados Unidos, Holanda, Dinamarca, China, Argentina, Bélgica, Alemanha, Canadá e Itália. Mais de mil trabalhos técnicos inscritos também marcam um recorde. A expectativa é que 40 mil pessoas circulem pelo Riocentro nos quatro dias de evento.

Realizada a cada dois anos, a Rio Oil & Gás tem atraído cada vez mais empresas nacionais e estrangeiras dispostas a apresentar seus produtos e serviços. Também atrai acadêmicos e representantes da iniciativa privada e órgãos públicos interessados em debater os avanços tecnológicos obtidos em suas áreas de atuação e os temas de interesse do setor.

O encontro se divide em dois grandes eventos simultâneos: a conferência e a feira. Na conferência serão abordados, entre outros assuntos, as descobertas na camada pré-sal, a regulação do mercado de gás natural no Brasil e os biocombustíveis, além de temas relativos ao desenvolvimento da indústria nacional e à inovação tecnológica. A feira, aberta aos profissionais do setor, é uma oportunidade para os fornecedores nacionais e internacionais apresentarem seus produtos e serviços aos grandes players do setor energético mundial.


Rio Oil & Gas em números.............2008............2010
Expositores......................................1.200...........1.300
Países participantes..........................23...............26
Visitantes.........................................39 mil..........40 mil
Trabalhos técnicos apresentados.....705..............800

Consolidação do pré-sal muda expectativa em relação ao evento - O mundo olha hoje para o Brasil com uma visão diferente de dois anos atrás, quando foi realizada a última edição da Rio Oil & Gás e o país iniciava a descoberta do pré-sal. Naquela época, o Brasil ainda estava a caminho de uma nova fronteira que modificaria a indústria do petróleo nacional. Hoje, o país já vive o pré-sal como uma realidade e é neste novo contexto que a Rio Oil & Gás 2010 será realizada. A grande mudança de 2008 para hoje é que o Brasil transformou o pré-sal, que era apenas uma expectativa, em uma realidade, inclusive com produção efetiva do pré-sal, novas descobertas e consolidação de descobertas anteriores.

Para o presidente do comité técnico, a grande mudança está na avaliação da indústria do petróleo para o Brasil. O país é visto hoje como grande "alavancador" da indústria mundial porque o aprendizado das companhias no pré-sal passa por aqui. Na opinião dele, o crescimento do Brasil provoca crescimento também da indústria de petróleo no mundo.

Conferência - A Rio Oil & Gás deste ano será marcada pelo reforço que o congresso ganhará no evento como um todo. Além do aumentar em 50% o número de painéis em relação à edição passada, a conferência também cresceu em número de sessões técnicas e sessões pôsteres. O objetivo é dar maior ênfase ao congresso, mantendo o sucesso da feira.

O comité técnico recebeu 1.096 sinopses de trabalhos de 28 países, dos quais 800 foram selecionados para apresentação na conferência, que será divida em seis blocos temáticos: Exploração e Produção, Abastecimento, Gás, Responsabilidade Socioambiental, Perspectivas Jurídicas e Econômicas e Biocombustíveis.

Exposição - Mais de 1.300 expositores participam da Rio Oil & Gás 2010, que terá 12 pavilhões representando Reino Unido, Noruega, França, Estados Unidos, Holanda, Dinamarca, China, Argentina, Bélgica, Alemanha, Canadá e Itália. Entre os expositores individuais, destacam-se petroleiras como a Petrobras, a Repsol e a Chevron; fornecedores, como a Halliburton e o Estaleiro Mauá; além de órgãos representativos do setor e dos diversos segmentos ligados à atividade de petróleo, gás e biocombustíveis.

Rodada de Negócios - Como nas edições anteriores, a Rio Oil & Gás 2010 tem uma Rodada de Negócios, reunindo os grandes compradores do mercado de petróleo, gás e biocombustíveis e as pequenas e médias empresas fornecedoras de bens e serviços para o setor. A Rodada deste ano cresceu em relação à edição anterior. Serão 28 grandes empresas compradoras - as âncoras - que vão sentar à mesa de negociação com as pequenas e médias empresas, entre elas a Petrobras, Chevron, El Paso, Shell, Camargo Corrêa, Estaleiro Mauá e Transocean.

Cerca 225 pequenos e médios fornecedores da indústria de petróleo já se inscreveram para apresentar seus produtos e serviços às grandes empresas do setor. NO ano passado, foram 24 âncoras e 197 fornecedores. Organizada pelo Sebrae e a ONIP (Organização Nacional da Indústria do Petróleo), a Rodada tem despertado interesse crescente da indústria, acompanhando o aumento do conteúdo nacional nas compras do setor. "Mais uma vez estamos levando para a Rio Oil & Gás um espaço voltado para promoção direta de negócios. As Rodadas têm se mostrado uma excelente ferramenta em apoio ao desenvolvimento da indústria brasileira de petróleo", diz Eloi Fernandez y Fernandez, presidente da ONIP.

Profissional do Futuro - Com o objetivo de suprir a crescente demanda por profissionais especializados no setor de petróleo e gás no Brasil, além de estimular o interesse dos estudantes por este universo, o programa "Descobrindo o Profissional do Futuro" vai levar 1.750 universitários de 20 instituições de ensino do país para participar da programação especial com palestras e mesas-redondas, além de visitas a estandes das mais importantes empresas de petróleo do mundo. O programa é promovido pelo IBP desde 2002, em parceria com o Centro de Empreendorismo Universitário (CÉU), e as universidades são convidadas a participar com seus alunos em um espaço próprio.

O número de jovens participantes tem aumentado a cada ano. Em 2004, inscrevera m-se 150 alunos de seis universidades; na edição seguinte, participaram 500 estudantes e 13 instituições de ensino; já em 2008, este número saltou para 1.500 alunos e 20 universidades. Ao contrário das edições anteriores, este ano o convite se estendeu a estudantes de áreas não-tecnológicas, como Direito, Administração e Economia. [www.riooilgas.com.br]

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira