Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

02/09/2010 - 09:30

Tecnologia nacional para o pré-sal na Rio Oil & Gas 2010

Empresas da Incubadora da COPPE/UFRJ participam da feira com inovações para o setor de petróleo e gás.

Cinco empresas da Incubadora da COPPE/UFRJ, entre residentes e graduadas, participam, entre os dias 13 e 16 de setembro, no Riocentro, da 15a edição da Rio Oil & Gas, feira e conferência da indústria do petróleo. Aquamet, Ambidados, Virtualy, Polinova e Pam Membranas vão apresentar inovações tecnológicas voltadas para o setor de petróleo e gás, orientadas, principalmente, pelas descobertas do pré-sal.

O destaque das empresas da Incubadora da COPPE/UFRJ é que os serviços e produtos que serão apresentados na Rio Oil & Gás foram desenvolvidos com tecnologias totalmente nacionais, a partir de pesquisas realizadas nos laboratórios da própria universidade.

As empresas poderão ser visitadas no estande da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ, localizado no anexo do pavilhão 4, números 117 e 118, no Riocentro. Com exceção da empresa Pam Membranas, que estará no estande da FINEP, órgão que apóia a participação da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ na feira.

As tecnologias apresentadas por cada empresa: ,.Virtualy – Simuladores de guindaste offshore- A Virtualy apresenta em público pela primeira vez o Simcrane Offshore, simulador de guindaste para operações em plataformas de exploração de petróleo. O simulador auxilia no treinamento de operações em guindastes, usados na produção, exploração e transporte de petróleo e gás. Os visitantes poderão conhecer e testar o simulador em exposição na Rio Oil & Gás.

O projeto é fruto de pesquisas no Laboratório de Métodos Computacionais em Engenharia - LAMCE/Coppe, que conta com o apoio da Rede Brasileira de Visualização, do Ministério da Ciência e Tecnologia, criada para incentivar a indústria brasileira de tecnologia de visualização e simulação para ser tornar independente e competitiva internacionalmente.

.Aquamet – Antecipando o deslocamento de manchas no mar

Com a tecnologia desenvolvida pela Aquamet, é possível antecipar o deslocamento de manchas de óleo no oceano a partir do monitoramento de condições meteorológicas e oceanográficas em alto mar. O sistema, denominado SARA - Sistema de Informações Ambientais para Resposta a Acidentes de Óleo no Mar, auxilia na tomada de decisão em ações de contenção de óleo disperso no mar provocado, principalmente, por acidentes ambientais no setor off-shore.

Com o diagnóstico antecipado é possível posicionar estrategicamente barreiras de contenção antes que a mancha de óleo se espalhe pelo mar e alcance a costa. A tecnologia pioneira no Brasil pode evitar que desastres ambientais, como o vazamento de petróleo no golfo do México, tomem grandes proporções e provoquem danos ao meio ambiente.

. Ambidados – Bóia meteoceanográfica e Ondaleta, instrumentos para monitoramento ambiental

A Ambidados apresenta dois novos produtos: uma bóia meteoceanográfica para transmissão de dados via satélite, usada no controle operacional em plataformas e portos e no monitoramento de correntes marítimas; e o Ondaleta, instrumento usado na medição da altura da maré e na incidência de ondas, que permite maior segurança em operações nos portos.

A bóia funciona presa a uma plataforma ou porto, que integra e processa dados - altura da onda, intensidade da corrente e vento - coletados por diversos sensores. Esses dados, monitorados 24 horas por dia, podem ser transmitidos via satélite, celular, ou rádio, direto para o comando das operações. A tecnologia é fruto de uma parceria com o Laboratório de Instrumentação Oceanográfica da COPPE.

A Ondaleta é um instrumento usado na medição da altura da maré e na incidência de ondas, que permite maior segurança em operações nos portos e reduz custos com deslocamento de embarcações. Alguns navios enviados a portos, que não conseguem atracar, por exemplo, precisam voltar para o porto de origem ou seguir para outro porto, em conseqüência das condições no nível do mar. O produto é patenteado pelo Cenpes/Petrobras que o licenciou para a empresa explorar comercialmente.

. Polinova – Adesivos, massas e revestimentos para reparos em estruturas offshore

A Polinova, empresa especializada em tipos especiais de adesivos, massas e revestimentos epóxi de alto poder de adesão, vai apresentar as diferentes aplicações de seus produtos no setor offshore. As soluções podem ser empregadas - de forma preventiva ou corretiva - no reparo de desgastes e corrosões de equipamentos industriais e estruturas como plataformas, estaleiros, embarcações e refinarias de petróleo.

. PAM Membranas – Filtração de água de produção de petróleo

Especializada em sistemas de filtração, a Pam Membranas desenvolveu um sistema de filtração a partir de membranas microporosas capazes de fazer o tratamento final de água oleosa proveniente da extração e produção de petróleo. A tecnologia permite a filtragem da água com resíduos - chamada água de produção - com máxima eficiência, sendo possível a reutilização ou descarte da água no mar, sem impacto para o meio ambiente.

Perfil da Incubadora - A Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ foi criada em 1994 para incentivar o empreendedorismo inovador e a transferência de conhecimentos gerados em pesquisas acadêmicas para novos serviços e produtos tecnológicos. Atualmente a Incubadora, localizada na Cidade Universitária, Ilha do Fundão, mantém 18 empresas residentes e mais de 40 empresas graduadas.

.[ Rio Oil & Gas 2010, de 13 a 16 de setembro, Riocentro – Estande da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ, Anexo do pavilhão 4, números 117 e 118, Riocentro, Rio de Janeiro].

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2021 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira