Portal Fator Brasil 
Página Inicial
PORTAL MÍDIA KIT BOLETIM TV FATOR BRASIL PageRank
Busca: OK
CANAIS

11/08/2010 - 09:36

Marcopolo cresce mais de 40% no 1S10 e revê previsão de receita líquida para R$ 2,8 bilhões

Produção global aumentou 43,8% e atingiu 13.007 unidades.

Caxias do Sul (RS) - A Marcopolo registrou crescimento em suas operações no primeiro semestre deste ano. A produção em suas fábricas no Brasil e exterior atingiu 13.007 unidades, com aumento de 43,8% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita líquida superou R$ 1,4 bilhão e o lucro líquido alcançou R$ 148,1 milhões.

O desempenho obtido no semestre fez a empresa rever suas expectativas (guidance) para R$ 2,8 bilhões de receita líquida em 2010. A previsão de produção geral das fábricas passa a ser de 26.500 ônibus.

Como ocorreu no primeiro trimestre deste ano, as operações no exterior apresentaram aumento no semestre de 56,9%, que contribuiu para melhorar o lucro líquido consolidado da Marcopolo.

Fora do Brasil, as unidades operacionais apresentaram significativos aumentos de produção no primeiro semestre 2010. Na Índia, 145,9%. Na África do Sul, 77,2%. Na Argentina, 20,2%. Na Colômbia, 13,8%. A mais nova fábrica, no Egito registrou a produção de 192 ônibus. No México, o volume produzido em 2010 foi 50,1% inferior ao período anterior, mas o mercado já mostra atualmente sinais de recuperação.

Geração 7 puxa crescimento no Brasil - O aumento de produção nas unidades brasileiras tem como principal destaque o fornecimento para o segmento rodoviário. A renovação de frota iniciada no segundo semestre do ano passado – impulsionada pelos programas de financiamento do BNDES – continuou e os empresários investiram na aquisição de novos veículos. Destaque-se o modelo Marcopolo Geração 7 – recém lançado – que obteve ampla aceitação do mercado, comercializando mais de 2000 ônibus no período de seis meses.

As projeções de crescimento da Marcopolo baseiam-se no cenário positivo para o setor de ônibus no Brasil. A despeito do baixo volume de exportações, a produção brasileira deve voltar a superar as 30 mil unidades neste ano, voltadas principalmente para atender a forte demanda interna.

Os projetos de infraestrutura visando atender a Copa do Mundo de 2014, as Olimpíadas de 2016, os investimentos na melhoria do transporte urbano no país, a consequente renovação e ampliação da frota de ônibus, o leilão das concessões das linhas interestaduais e internacionais, programado para 2011, e a demanda por ônibus escolares proveniente do projeto “Caminho da Escola” seguem sendo os principais drivers de crescimento do setor nos próximos anos no Brasil. No exterior, negócios pontuais de exportação já confirmados sinalizam a recuperação também do mercado externo.

Lucro líquido atinge R$ 148,1 milhões - No primeiro semestre, a Marcopolo obteve lucro líquido de R$ 148,1 milhões, estimulada pelo desempenho na comercialização de ônibus para a Copa do Mundo realizada recentemente na África do Sul e os movimentos de atualização da frota brasileira, além de resultado financeiro e contabilização de receitas extraordinárias.

Enviar Imprimir


© Copyright 2006 - 2020 Fator Brasil. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Tribeira